NUNCA MAIS PASSE RAIVA POR NÃO CONSEGUIR RESOLVER UM PROBLEMA COM O EXCEL - GARANTIDO!

UNIVERSIDADE DO VBA - Domine o VBA no Excel Criando Sistemas Completos - Passo a Passo - CLIQUE AQUI

Você está em: PrincipalTutoriaisRodrigosfreitas : Conhecendocontabilidade061
Quer receber novidades e e-books gratuitos?

FILTRO DE TUTORIAIS:


Devoluções de Compras de Mercadorias – 2.ª Parte

 

Vamos corrigir o exercício que deixamos no tutorial passado?

 

Correção do Exercício:

 

No tutorial passado ficou dois exercícios de fixação, o primeiro era o seguinte:

 

1.º - Continuando o exercício acima faça os lançamento necessários para a elaboração do balanço patrimonial.

 

Tínhamos terminado aquele exercício com o registro da devolução da compra da mercadorias, e os nossos razonetes estavam da seguinte forma:

 

 

Para elaborarmos o balanço patrimonial, a partir desses razonetes, o primeiro passo a ser feito é o zeramento das contas de resultado, certo?

 

Não !!!!

 

Primeiro temos que efetuar aquele acerto de contas com o ICMS, lembram-se? Depois disso, ai sim, faremos o zeramento das contas de resultados.

 

Apuração do saldo a pagar do ICMS:

 

 

Vejam que fizemos um crédito na conta de ICMS a Recuperar e debitamos a conta de ICMS a Pagar, dessa forma reduzimos o saldo das duas contas ao mesmo tempo, na conta de ICMS a Recuperar ficamos com um saldo de R$ 0,00. E na conta de ICMS a Pagar tínhamos um saldo de R$ 95,00 credor, com o debito no valor de R$ 40,00 que acabamos de efetuar, o saldo nessa conta agora passar a ser de R$ 55,00.

 

Agora sim podemos elaborar o zeramento das contas de resultado e elaborar o nosso balanço patrimonial.

 

O zeramento das contas de resultados ficariam da seguinte forma:

 

 

E o nosso balanço patrimonial ficaria da seguinte forma:

 

 

Ok?

 

Vamos agora ao segundo exercício que era o seguinte:

 

2.º - Partindo do balanço patrimonial do exercício 1, faça a contabilização das operações abaixo:

 

Dia 01/03 – Compra de 5 unidades de mercadorias, pelo valor total de R$ 600,00 (ICMS de 15%), com pagamento a prazo.

 

Dia 02/03 – Compra de 4 unidades de mercadorias, pelo valor total de R$ 600,00 (ICMS de 19%), com pagamento a vista.

 

Dia 10/03 – Venda de 4 unidades de mercadorias pelo valor total de R$ 800,00, sendo metade a vista.

 

Dia 12/03 – Devolução de 2 unidades, referente a venda efetuada em 10/03, o valor da devolução será abatido do próximo pagamento.

 

Dia 15/03 – Compra de 3 unidades de mercadorias por R$ 270,00, a prazo (SEM ICMS).

 

Dia 18/03 – Devolução de 1 unidade da compra efetuada em 02/03, o fornecedor devolveu o dinheiro no ato.

 

Dia 20/03 – Devolução de 2 unidades da compra realizada no dia 15/03.

 

A alíquota do ICMS a ser utilizada no calculo da venda de mercadoria é de R$ 18%, ao final do exercício deve ser feito o calculo e o registro (provisão) dos demais impostos PIS e COFINS, pelas alíquotas de 1% e 3%.

 

Elaborar um balanço patrimonial e uma DRE.

 

Vamos inicialmente elaborar o registro em nossa planilha de controles de estoques, que ficaria da seguinte forma:

 

 

Feito isso temos a nossa planilha de controle de estoque finalizada, vejam que o estoque inicial, é composto de 1 unidade de mercadoria avaliada pelo valor de R$ 90,00, pois como dito no enunciado estamos partindo do balanço patrimonial efetuado no exercício número 1, e neste balanço patrimonial consta 1 unidade de mercadoria a R$ 90,00 (de acordo com a planilha de controle de estoques que foi efetuada, durante o decorrer daquele exercício, feito no tutorial passado).

 

A operação do dia 01/03 e do dia 02/03 foram de compras de mercadorias, e ambas com crédito de ICMS a aproveitar. A operação do dia 10/03, foi a venda de 4 unidades de mercadorias, a operação do dia 12/03 foi a devolução de 2 unidades referentes a venda efetuada no dia 10/03. A operação do dia 15/03 foi uma compra de 3 unidades, porém nessa operação não tivemos créditos de ICMS a apropriar. A operação do dia 18/03 foi uma devolução de compra de mercadoria referente a compra efetuada em 01/03 e a operação do dia 20/03 foi a devolução de uma compra também, porém da compra efetuada em 15/03.

 

Vamos agora ao registro no razonetes:

 

 

Vamos fazer alguns comentários antes de elaborarmos o balanço patrimonial:

 

A primeira operação que registramos foi a compra de 5 unidades de mercadorias pelo valor total de R$ 600,00, sendo que desse valor 15% era de ICMS e portanto proporcionava a empresa um crédito desse imposto, logo calculamos 15% sobre R$ 600,00, que totaliza R$ 90,00. Feito os cálculos o registro da operação foi efetuado com um debito na conta de mercadorias pelo valor de R$ 510,00, outro débito, agora na conta de ICMS a Recuperar no valor de R$ 90,00, e para finalizar o lançamento um crédito no valor de R$ 600,00 na conta de fornecedores.

 

A segunda operação foi um registro de compra também, fizemos um débito na conta de Mercadorias no valor de R$ 486,00, um débito na conta de ICMS a Recuperar no valor de R$ 114,00 e um crédito na conta bancos tendo em vista que o pagamento foi efetuado a vista.

 

A terceira operação foi a venda de 4 unidades de mercadorias, primeiro efetuamos o registro da receita, fizemos um débito na conta de Clientes no valor de R$ 400,00, outro débito na conta Bancos no valor de R$ 400,00 e um crédito na conta de Receita de Vendas no valor de R$ 800,00. Para o registro do custo da mercadoria, debitamos a conta de CMV no valor de R$ 434,40, e creditamos a conta de mercadorias no mesmo valor. Por ultimo fizemos o registro da despesa com o ICMS, de acordo com enunciado o ICMS nas saídas de mercadorias deve ser calculado a 19% sobre o valor da venda, se nossa venda foi de R$ 800,00 temos então um despesa de ICMS no valor de R$ 152,00, e para efetuarmos esse registro, fizemos um débito na conta de ICMS s/ Vendas e um crédito na conta de ICMS a Pagar, ambos no valor de R$ 152,00.

 

A quarta operação foi a devolução de 2 unidades da venda efetuada em 10/03, sendo que o valor da devolução será abatido do valor da parcela que o cliente tem a pagar, para registramos essa operação, iremos fazer 3 registros, um para retornar a mercadoria ao estoque e anular o valor que tínhamos lançado de custo da mercadoria, o segundo lançamento iremos registrar o cancelamento da receita, e diminuirmos o valor que o cliente tem a nos pagar (tendo em vista que será abatido da parcela que o mesmo tem a nos pagar), e o terceiro e último registro será para anularmos o valor que tínhamos registrado como despesa do ICMS O primeiro passo é identificar o valor do custo dessa mercadoria que esta sendo devolvida, o que podemos fazer facilmente olhando em nossa planilha de controle de estoque no dia 10/03 o valor que baixamos de custo, então identificamos que cada mercadoria dessa foi baixada de nosso estoque pelo valor unitário de R$ 108,60, logo 2 mercadorias custaram R$ 217,20, identificado o valor que temos que retornar ao nosso estoque, podemos elaborar o lançamento, então fizemos um débito na conta de mercadorias e um crédito na conta de CMV nesse valor.

 

O segundo passo é fazer o registro do cancelamento de vendas, então debitamos a conta de VENDAS CANCELADAS, e creditamos a conta de CLIENTES, pelo valor de R$ 400,00, para calcularmos esse valor, temos achar o valor unitário que vendemos essa mercadoria, se vendemos a R$ 800,00 4 unidades de mercadorias, cada mercadoria foi vendida a R$ 200,00, logo, as 2 unidades de mercadorias foram vendidas a R$ 400,00, sendo esse o valor que deve ser feito o registro do cancelamento. Agora por ultimo temos que efetuar o registro do “cancelamento” da despesa do ICMS, para tanto temos que calcular o valor que temos que anular, então se deixamos de vender R$ 400,00, deixamos de ter um despesa de ICMS de R$ 76,00 (19% de R$ 400,00), então para efetuarmos esse registro efetuamos um débito na conta de ICMS A PAGAR e um crédito na conta de ICMS S/ VENDAS.

 

A quinta operação foi a compra de 3 unidades de mercadorias pelo valor total de R$ 270,00, então fizemos um débito na conta de MERCADORIAS e um crédito na conta de fornecedores (compra a prazo), como não havia direito ao crédito de ICMS não precisamos diminuir o custo de aquisição das mercadorias.

 

A sexta operação foi a devolução de 1 unidade de mercadoria referente a compra de 02/03, sendo que o fornecedor devolveu no ato o dinheiro relativo a devolução, para registrarmos tal operação inicialmente temos que saber o valor unitário de cada unidade dessa mercadoria, para tanto basta dividirmos o valor da compra pela quantidade adquirida (600,00 : 4 = 150,00), agora temos que saber o valor pelo qual a registramos em nosso estoque, para tanto basta identificar esse registro em nossa planilha de controle de estoques que foi de R$ 121,50, então já sabemos que vamos ter que retirar do nosso estoque o valor de R$ 121,50, o restante que falta para completarmos R$ 150,00 (R$ 28,50), são de ICMS que retiramos do custo de aquisição, (19% de R$ 150,00 = 28,50), então para efetuarmos tal registro vamos debitar a nossa conta bancos no valor de R$ 150,00, e creditar a conta de mercadorias em R$ 121,50 e a conta de ICMS a Recuperar no valor de R$ 28,50.

 

A sétima operação foi outra devolução de compras de mercadorias, agora foram duas unidades referente a compra de 15/03, como essa compra não gerou direito a crédito de ICMS o valor que registramos como custo de aquisição, corresponde ao mesmo valor que pagamos (ou pagaremos) ao fornecedor, então para efetuarmos o registro da devolução basta creditarmos a conta de mercadorias e debitarmos a conta de FORNECEDORES (tendo em vista que a compra foi feita a prazo).

 

O próximo foi fazer o registro para a apuração do ICMS (“acerto de contas”), e depois o registro para a apuração do resultado, feito isso podemos elaborar o nosso balanço patrimonial, que ficaria da seguinte forma:

 

 

Nossa DRE ficaria da seguinte forma:

 

 

Certo?

 

Vamos ficar por aqui, mas antes, vejam que em nosso balanço patrimonial, temos uma conta de ICMS a Pagar e uma conta de ICMS a Recuperar, será que isso esta certo?

 

No próximo tutorial falaremos sobre isso e veremos como deve ser efetuado o registro da devolução da compra de mercadoria quando temos outros valores que alteraram o custo de aquisição tal como frete ou seguros sobre compras de mercadorias. Ok?

 

Até a próxima

 

Quer receber novidades e e-books gratuitos?

Cursos Online

  • Banco de Dados
  • Carreira
  • Criação/Web
  • Excel/Projetos
  • Formação
  • + Todas as categorias
  • Essential SSL

    Contato: Telefone: (51) 3717-3796 | E-mail: webmaster@juliobattisti.com.br | Whatsapp: (51) 99627-3434

    Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda | CNPJ: 08.916.484/0001-25 | Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 - Universitário, Santa Cruz do Sul/RS, CEP: 96816-208

    Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2020 ®

    [LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

    APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI