NUNCA MAIS PASSE RAIVA POR NÃO CONSEGUIR RESOLVER UM PROBLEMA COM O EXCEL - GARANTIDO!

UNIVERSIDADE DO VBA - Domine o VBA no Excel Criando Sistemas Completos - Passo a Passo - CLIQUE AQUI

Você está em: PrincipalTutoriaisRodrigosfreitas : Conhecendocontabilidade056
Quer receber novidades e e-books gratuitos?

FILTRO DE TUTORIAIS:


Cancelamento de Vendas – 3.ª Parte

 

No tutorial passado deixamos no ar a seguinte questão:

 

Porque efetuamos um lançamento de estorno na nossa planilha de controle de estoque (lançamento invertido na coluna de saídas, indicando uma entrada), ao invés de fazermos um lançamento normal de entrada. Não seria mais fácil fazermos um lançamento na coluna de entrada?

 

Mas isso tem uma lógica, pensem porque que esse registro tem que ser assim, o motivo já foi dito nos tutoriais passados, no próximo tutorial estaremos “corrigindo”.

 

Para facilitar estou reproduzido a planilha abaixo com o valor em destaque.

 

 

E ai? Alguém conseguiu descobrir porque fizemos um lançamento invertido?

 

No tutorial sobre descontos comerciais – parte final, onde falamos sobre descontos obtidos nas compras de mercadorias, simulamos uma situação onde tínhamos comprado um determinado produto, na cor azul escura, porem nosso fornecedor nos enviou na cor azul turquesa, estão lembrando?

 

Naquela ocasião, o nosso fornecedor, nos concedeu um desconto no valor de R$ 50,00, e procedemos ao registro do desconto em nossa planilha de controle de estoques de seguinte forma:

 

 

Ambas as situações são muito parecidas.

 

Na planilha acima não fizemos o registro da entrada das mercadorias devolvidas na coluna de entradas, porque na verdade não se trata de um registro de entrada (compra) de mercadoria, e sim de um lançamento de ajuste, onde estamos ajustando o valor da saída da mercadoria, para que ela corresponda a realidade certo?

 

E também temos o seguinte:

 

Esse quadradinho destacado abaixo:

 

 

Deve ser idêntico ao saldo da conta de Custo das Mercadorias Vendidas, não?

 

E a única forma de conseguirmos fazer isso é justamente fazendo um lançamento de estorno em nossa planilha, para melhor compreensão se fizéssemos o lançamento na coluna de entradas, ficaria assim:

 

 

Vejam que o valor que aparece no quadradinho que deve corresponder ao nosso custo da mercadoria vendida na confere com o valor que tínhamos de saldo na conta de CMV, não é?

 

Vejamos o nosso razonete da referida conta para melhor compreensão:

 

 

O saldo que temos na conta acima é de R$ 61,65 (123,30 – 61,65).

 

Vamos continuar o nosso aprendizado?

 

Impostos nos Cancelamento de Vendas:

 

Quando vendemos uma mercadoria pagamos impostos, isso já foi visto nos tutoriais passados, certo?

 

E quando uma dessas vendas é cancelada?

 

O valor que pagamos de impostos foram perdidos?

 

Claro que não, temos o direito de recuperá-los, afinal o fato gerador do impostos em outras palavras é a venda da mercadoria, logo, se houve um cancelamento da venda, tem de haver um “cancelamento do imposto” também.

 

Vamos ver como deve ser efetuado o registro dessa recuperação do imposto?

 

Para tanto vamos fazer um exercício.

 

Considere o seguinte balanço patrimonial:

 

 

O estoque apresentado no balanço acima, é composto de 10 unidades, e são avaliados pelo método do custo médio.

 

A cada venda a empresa paga, os seguintes impostos, PIS – alíquota de 1%, COFINS - alíquota de 3%, e ICMS - alíquota de 20%, sobre o valor total da venda.

 

O registro do ICMS, será efetuado a cada lançamento da venda, já o registro do PIS e COFINS será registro somente no final do exercício, ok?

 

As operações são as seguintes:

 

Dia 05/01 – Venda de 8 unidades de mercadorias, pelo valor total de R$ 2.000,00, sendo metade do valor da venda recebidos no ato, e o restante a prazo.

 

Dia 09/01 – Devolução de 3 unidades de mercadorias pelo cliente, referente a venda efetuada no dia 05/01. O valor da devolução dessa mercadoria foi paga no ato ao cliente, ou seja, no mesmo momento em que o cliente entregou a mercadoria, nossa empresa lhe entregou um cheque com o valor correspondente.

 

Após os registros dessas operações faremos, o zeramento das contas de resultado, o balanço patrimonial e a demonstração do resultado do exercício. Ok?

 

Vamos lá?

 

A primeira operação ficaria da seguinte forma:

 

No controle de estoques:

 

 

Nos razonetes ficariam assim:

 

 

Temos assim contabilizada a primeira operação, para melhor identificação, o registro da venda, foi identificado com número 1.1 ao lado do lançamento, e o registro do ICMS sobre a venda foi identificado com o número 1.2 ao lado do lançamento. Como dito acima o registro dos demais impostos, PIS e COFINS, será efetuado no final do exercício.

 

Vamos agora ao registro da devolução.

 

A operação era a seguinte:

 

Dia 09/01 – Devolução de 3 unidades de mercadorias pelo cliente, referente a venda efetuada no dia 05/01. O valor da devolução dessa mercadoria foi paga no ato ao cliente, ou seja, no mesmo momento em que o cliente entregou a mercadoria, nossa empresa lhe entregou um cheque com o valor correspondente.

 

Sabemos que o registro acima deve ser efetuado em partes, vamos primeiro fazer o registro da devolução da mercadoria e depois faremos o registro do cancelamento da venda.

 

Para fazermos o registro da entrada dessa mercadoria que esta sendo devolvida, primeiro temos que saber quantas unidades de mercadorias estamos retornando ao nosso estoque, pelo próprio enunciado podemos identificar que foram 3 unidades, agora temos que valoriza-las, identificar o custo da mesma e estornar o valor.

 

Analisando a planilha de estoques, podemos facilmente identificar que cada unidade dessa mercadoria foi baixada de nosso estoque, no ato da venda, pelo valor unitário de R$ 70,00. Logo, 3 unidades dessa mercadoria equivalem a  R$ 210,00. Sendo esse o valor que devemos retornar ao nosso estoque de mercadoria.

 

Esse registro em nossa planilha de controle de estoques ficaria da seguinte forma:

 

 

Em nosso razonete essa operação ficaria da seguinte forma:

 

 

Vejam que fizemos um débito na conta de mercadorias para registrar o aumento nessa conta, em função de que recebemos mercadoria, logo, estamos aumentando nosso estoque, e fizemos um crédito na conta de CMV, para registrar a diminuição no saldo dessa conta.

 

Vamos agora ao registro da recuperação do cancelamento da venda.

 

Primeiro passo é saber em valores quanto o nosso cliente esta cancelando de vendas, bom, se vendemos 8 unidades pelo valor total de R$ 2.000,00 cada unidade equivale a R$ 250,00, e se nosso cliente esta nos devolvendo 3 unidades, o valor do cancelamento equivale a R$ 750,00 (250,00 x3).

 

O registro desse cancelamento em nosso razonetes ficariam da seguinte forma:

 

 

Fizemos um débito na conta de VENDAS CANCELADAS, e um crédito na conta BANCOS, no valor de R$ 750,00.

 

O crédito na conta BANCOS efetuamos porque conforme dito no enunciado, o valor do cancelamento foi pago no ato ao cliente (isso não é muito comum de acontecer), na prática seria mais fácil deduzir do valor que o cliente ainda tem que nos pagar. Seria como se a venda tivesse sido no valor de R$ 1.250,00, sendo que cliente só pagou no ato (como entrada) R$ 250,00, ficando ainda R$ 1.000,00 para ser pago.

 

Vamos ficar por aqui, no próximo tutorial terminaremos esse exercício, vendo como fica o registro do cancelamento do ICMS e o registro dos demais impostos que ainda não efetuamos, e logo depois faremos o zeramento das contas de resultados e os demonstrativos solicitados (BP e DRE).

 

Até a próxima.

 

Quer receber novidades e e-books gratuitos?

Cursos Online

  • Banco de Dados
  • Carreira
  • Criação/Web
  • Excel/Projetos
  • Formação
  • + Todas as categorias
  • Essential SSL

    Contato: Telefone: (51) 3717-3796 | E-mail: webmaster@juliobattisti.com.br | Whatsapp: (51) 99627-3434

    Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda | CNPJ: 08.916.484/0001-25 | Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 - Universitário, Santa Cruz do Sul/RS, CEP: 96816-208

    Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2020 ®

    [LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

    APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI