NUNCA MAIS PASSE RAIVA POR NÃO CONSEGUIR RESOLVER UM PROBLEMA COM O EXCEL - GARANTIDO!

UNIVERSIDADE DO VBA - Domine o VBA no Excel Criando Sistemas Completos - Passo a Passo - CLIQUE AQUI

Você está em: PrincipalTutoriaisRodrigosfreitas : Conhecendocontabilidade033
Quer receber novidades e e-books gratuitos?

FILTRO DE TUTORIAIS:


Avaliação de Mercadorias – 1.ª Parte

 

Correção do Exercício:

 

Vamos corrigir os exercícios do tutorial passado:

 

No tutorial passado ficou um exercício com um erro, e devíamos analisar a planilha de controle de estoque e o balancete e identificar qual era o erro.

 

O exercício era o seguinte:

 

A ficha de controle de estoque é essa:

 

 

O Balancete apresentado é esse:

 

 

Resposta:

 

Inicialmente, como temos um balancete de 4 colunas, temos que ver se na planilha e no balancete o valor do estoque inicial são idênticos, e são, logo o saldo inicial esta correto, tanto no balancete quanto na planilha de controle de estoques.

 

Vamos agora verificar o débito no balancete: Vejam que o valor é de R$ 3.500,00, débito numa conta de ativo (mercadoria) indica um aumento no saldo da conta, na conta de estoque logicamente indicará uma compra, assim temos que ter os mesmo R$ 3.500,00 em entradas de mercadorias, na nosso planilha. Podemos ver então que ambos estão idênticos logo corretos.

 

Na coluna de crédito no balancete temos R$ 4.000,00, indicando saídas de mercadorias, em nossa planilha temos que ter o mesmo valor a títulos de saídas, só que na planilha esse valor não confere, temos R$ 4.500,00. Já identificamos uma diferença.

 

Conseqüentemente o saldo final de nosso balancete e de nossa planilha não serão iguais.

 

Identificado o erro, temos varias hipóteses para o mesmo, a primeira poderia ser a não contabilização da venda do dia 07, cujo valor é de exatamente R$ 500,00, que é a mesma quantia que resulta a diferença entre os R$ 4.500,00 da planilha menos os R$ 4.000,00 do balancete.

 

Pode acontecer também de terem preenchido a planilha errada.

 

Ou até mesmo, de no primeiro lançamento de saída de mercadorias, do dia 05/01 terem lançado na planilha R$ 500,00 a menor.

 

O importante é verificar que com o confronto dos dois saldos, podemos identificar possíveis erros, e para identificar o que originou o erro, temos que recorrer aos documentos (as notas fiscais de saída no caso).

 

OK?

 

Vamos continuar o nosso aprendizado.

 

Métodos de Avaliação de Estoque:

 

Nos primeiros passados aprendemos como é feito o controle das mercadorias, o preenchimento das planilhas de controle de estoques, o que é um inventário, seus tipos (Permanente e Periódico), como a ficha de controle de estoque ajuda na conferencia e etc.

 

Porém como já foi dito, existem várias formas de se avaliar um estoque, cada método desses terá um impacto diferente na contabilidade.

 

O primeiro método é o que estávamos trabalhando, o chamado PEPS (Primeiro que Entra, Primeiro que Sai), onde tínhamos que dar baixa nas mercadorias vendidas, pelo valor da primeira mercadoria que entrou no estoque.

 

Vamos a partir desse tutorial conhecer as outras formas de se avaliar o estoque e como é feito o seu preenchimento na planilha, após veremos os métodos faremos uma comparação entre eles e os outros métodos.

 

O segundo método, que vamos ver agora, é chamado de UEPS (Ultimo que Entra, Primeiro a Sair)

 

Ultimo que Entra, Primeiro a Sair:

 

 

Nesse método, a mercadoria a ser dada baixa será que entrou no estoque por ultimo.

 

Vamos exemplificar para ficar mais fácil.

 

Inicialmente considere as seguintes operações, as mercadorias são camisas:

 

1 – A empresa não tem estoque inicial de mercadorias.

2 - Compra de 50 unidades a R$ 10,00, no dia 02 de Maio.

3 – Compra de 10 unidades a R$ 12,00, no dia 03 de Maio.

4 – Venda de 5 unidades, no dia 05/05.

 

Vamos ver como fica a nossa planilha preenchida:

 

 

Vejam que o nosso saldo inicial é zero.

 

Que no dia 02 de Maio fizemos uma compra de 50 unidades, a R$ 10,00 cada unidades, que totalizou R$ 500,00, como não tínhamos saldo inicial, o nosso estoque no presente momento, é o valor das compras que fizemos nesse dia, 50 unidades a R$ 10,00 cada, totalizando R$ 500,00. Até aqui sem mistérios.

 

No dia 03 de Maio tivemos mais uma compra, agora de 10 unidades a R$ 12,00 cada, totalizando R$ 120,00, percebam que nesse exato momento temos dois lotes de mercadorias, um com 50 unidades e o outro com 10 unidades.

 

Vamos agora a operação do dia 05 de Maio que a venda, aqui é que temos que prestar a atenção, pois agora estamos trabalhando com outro método de avaliação de estoque o UEPS, onde temos que dar baixa primeiro na ultima mercadoria que entrou em nosso estoque.

 

A ultima mercadoria que entrou em nosso estoque, foi a do dia 03/05 com 10 unidades a R$ 12,00. Como a nosso venda foi de 5 unidades, baixamos as unidades desse lote, e ainda ficamos com mais 5 unidades do mesmo lote no estoque. Assim na coluna de saída, em quantidade será preenchido 5, em valor unitário R$ 12,00 e em valor total R$ 60,00, e na coluna de SALDO, ficamos ainda com 2 lotes de mercadorias, o primeiro que entrou que ainda esta integralmente no estoque com as 50 unidades, e o ultimo que entrou que agora ficou com 5 unidades somente.

 

Ok?

 

Vamos continuar analisando mais algumas operações, continuando o preenchimento da planilha acima.

 

Considere agora as seguintes operações.

 

1 – Compra de mais 20 unidades a R$ 15,00, no dia 08/05.

2 – Venda de 15 unidades, no dia 09/05.

 

Nossa planilha nesse momento ficaria da seguinte forma:

 

 

Vamos analisar:

 

O nosso estoque inicial antes da operação do dia 08 era de dois lotes de mercadorias, uma com 50 e o outro com 5 unidades.

 

A operação do dia 08 foi a compra de mais 20 unidades, logo, ficamos agora com 3 lotes de mercadorias em nosso, o mais antigo com 50 unidades, depois temos um outro lote com 5 unidades, e o mais recente com 20 unidades.

 

A operação do dia 09, foi a venda de 15 unidades, lembrando que como estamos trabalhando com o método do UEPS, temos que dar baixa na mercadoria pelo valor da aquisição mais recente (ultima compra), assim demos baixa em 15 unidades no valor de R$ 15,00 cada, que é o valor unitário da compra mais recente que efetuamos.

 

Agora o nosso estoque ficou com 3 lotes de mercadorias, um com 50 unidades, e dois com 5 unidades.

 

Vamos ver mais alguns lançamentos:

 

1 – Venda de 7 unidades, no dia 10.

2 – Venda de 4 unidades, no dia 10 também

3 – Compra de 20 unidades a R$ 20,00 cada, no dia 12.

 

Nossa planilha de estoque ficaria da seguinte forma:

 

 

Vamos analisar os lançamentos:

 

Percebam que antes do dia 10/05, tínhamos 3 lotes de mercadorias em nosso estoque.

 

Vejam também que temos duas operações de vendas no mesmo dia, temos então que registra na planilha cada venda separadamente ok? O mesmo com a compra, se tivermos mais de uma compra no mesmo dia.

 

Na primeira venda do dia 10, temos que baixar 7 unidades, porem o lote mais recente só tem 5 unidades, assim sendo, damos baixa nessas 5 unidades, e complementamos com as 2 unidades que faltam o com lote anterior, assim baixamos 5 unidades a R$ 15,00 e mais 2 unidades a R$ 12,00. Nesse momento ficamos com 2 lotes de mercadorias em nosso estoque.

 

O mesmo aconteceu com a segundo venda do dia 10, tivemos que dar baixa em dois lotes diferentes de mercadorias, e nesse exato momento ficamos com somente um lote de mercadoria em nosso estoque com 49 unidades.

 

A operação do dia 12/05, foi a compra de mais 20 unidades, a R$ 20,00 cada. Feito o registro ficamos agora com lotes de mercadorias, em nosso estoque, o mais antigo com 49 unidades, e o mais recente com 20 unidades, lembrando que será desse lote que será dado baixa nas mercadorias nas próximas vendas.

 

Bom antes de deixar alguns exercícios, vou fazer um comentário importante:

 

Esse método de avaliação de estoque UEPS (Ultimo que Entra, Primeiro que Sai), não é aceito pela legislação fiscal, ou seja, a Receita Federal proíbe as empresas de avaliar seus estoques com base nesse método.

 

Vamos ver o porque disso, daqui a alguns tutoriais, quando fizermos uma comparação entre os com todos os métodos.

 

Mas rapidamente podemos dizer que esse método aumenta o CMV das mercadorias, pois suponhamos que você compre as mesma marca e modelo de borracha, a primeira compra foi a R$ 10,00 e a segunda a R$ 12,00, com base nesse método, foi lançará a baixa da mercadoria pelo valor de R$ 12,00. Se o preço de venda é R$ 20,00, pelo UEPS, você terá um lucro de R$ 8,00, e pelo PEPS (primeiro que entra, primeiro que sai), você apresentaria um lucro de R$ 10,00. E como o Imposto de Renda é calculado com base num percentual sobre o lucro, vamos supor que seja de 10%, o imposto de renda pelo PEPS, seria de R$ 1,00, e pelo UEPS de R$ 0,80. O que acontece com isso? A Receita Federal deixa de arrecadar mais, por isso ela não aceita.

 

Vocês podem estar pensando mais e se a primeira compra foi de R$ 10,00 e a ultima compra foi de R$ 8,00, utilizando o UEPS a receita federal ganharia mais.

 

Está correto, quem pensou. Porém no Brasil isso raramente acontece.

 

Voltaremos a falar dessas diferenças depois ok?

 

Vamos ao exercício.

 

Continuando o preenchimento da planilha, registre as seguintes operações:

 

1 – Venda de 30 unidades, no dia 13.

2 – Venda de 5 unidades, no dia 13.

3 – Compra de 20 unidades a R$ 22,00 no dia 14.

4 – Venda de 25 unidades, no dia 17.

5 – Venda de 5 unidades, no dia 18.

6 – Compra de 6 unidades a R$ 25,00, no dia 20

7 – Venda de 10 unidades, no dia 21.

8 – Venda de 2 unidades, no dia 22.

 

Até a próxima

 

Rodrigo

 

Quer receber novidades e e-books gratuitos?

Cursos Online

  • Banco de Dados
  • Carreira
  • Criação/Web
  • Excel/Projetos
  • Formação
  • + Todas as categorias
  • Contato: Telefone: (51) 3717-3796 | E-mail: webmaster@juliobattisti.com.br | Whatsapp: (51) 99627-3434

    Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda | CNPJ: 08.916.484/0001-25 | Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 - Universitário, Santa Cruz do Sul/RS, CEP: 96816-208

    Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2020 ®

    [LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

    APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI