NUNCA MAIS PASSE RAIVA POR NÃO CONSEGUIR RESOLVER UM PROBLEMA COM O EXCEL - GARANTIDO!

UNIVERSIDADE DO VBA - Domine o VBA no Excel Criando Sistemas Completos - Passo a Passo - CLIQUE AQUI

Você está em: PrincipalTutoriaisRodrigosfreitas : Conhecendocontabilidade031
Quer receber novidades e e-books gratuitos?

FILTRO DE TUTORIAIS:


Operações com Mercadorias – 6.ª Parte

 

Correção do Exercício:

 

Vamos corrigir os exercícios do tutorial passado:

 

O exercício era o seguinte:

 

Continuando a mesma tabela acima, continue a preencher a ficha de estoque conforme operações a seguir.

 

Dia 17/05 – Venda de 4 unidades.

Dia 18/05 – Venda de 3 unidades.

Dia 20/05 – Compra de 15 unidades a R$ 10,00 cada.

Dia 21/05 – Compra de 20 unidades a R$ 12,00 cada.

Dia 22/05 – Venda de 17 unidades.

Dia 23/05 – Venda de 5 unidades.

Dia 24/05 – Compra de 10 unidades a R$ 13,00 cada.

 

Inicialmente vamos reproduzir a tabela para que possamos continuar a correção.

 

A tabela era essa:

 

 

A primeira operação foi a venda de 4 unidades no dia 17/05. Nossa tabela nesse momento ficaria da seguinte forma:

 

 

Observação: Reproduzi somente a parte da tabela que nos interessa no momento, por questões de espaço.

 

Percebam que baixamos do nosso estoque 4 unidades, como estamos trabalhando com o método PEPS, temos que dar baixa na mercadoria mais antiga que consta em nosso estoque, então demos baixa nas 4 unidades referentes a compra do dia 10.

 

A ultima linha preenchida da nossa planilha nos indica quanto de mercadorias ainda temos em estoque no momento, ou seja, 5 unidades que custaram R$ 10,00 cada , que totaliza R$ 50,00. Esse lote de mercadoria será o próximo a ser dado baixa.

 

Vamos apresentar agora a planilha preenchida por completo.

 

 

 

Temos assim todas as operações registradas na nossa planilha de estoque.

 

Temos que observar sempre que quando vendemos mais mercadorias do que o primeiro lote em nosso estoque, temos que dar a baixa em dois lotes diferentes e que sempre que comprarmos mais mercadorias, e já existir mercadorias em nosso estoque temos que abrir um novo lote. Qualquer erro nessa operação fará com que toda a nossa planilha fique errada.

 

Ok?

 

Vamos agora continuar o nosso estudo.

 

Abrindo uma nova planilha

 

Vamos supor agora que acabou o mês de maio, e temos que começar a registrar as operações do mês de Junho, logo, teremos que fazer uma nova planilha para o mês de Junho, a consideração importante a ser feita aqui, é observar o estoque final que tivemos no mês de Maio, olhando a planilha acima, podemos identificar que ficamos com dois lotes de mercadorias em nosso estoque, um com 15 unidades a R$ 12,00 cada, totalizando R$ 180,00 e o outro com 10 unidades, a R$ 13,00 cada, totalizando R$ 130,00.

 

Ora, se partimos do pressuposto que não tivemos mais operações com mercadorias, no mês de maio, essas mercadorias, continuaram no estoque no inicio do mês de Junho certo?

 

Então esse lote de mercadorias é chamado de estoque inicial, e ele deve ser assim representado na planilha:

 

 

Ok?

 

E devemos continuar desse ponto o registro das operações que ocorrerão em Junho.

 

Isso porque existe uma lógica em separar a planilha por mês.

 

Sabemos que temos na planilha 4 colunas: DATA, ENTRADAS, SAIDAS E SALDO.

 

E que as 3 últimas colunas, tem uma sub-coluna chamada TOTAL, no final do mês, vamos efetuar uma soma na ultima linha para somar esses valores, pois eles nos serviram para conferencia. Veremos isso com mais detalhes adiante.

 

E para facilitar essa soma vamos modificar o modo de fazermos a nossa planilha.

 

Nova formatação da Planilha

 

A partir de agora vamos fazer uma planilha mais técnica, isso porque, na verdade essa linha de MERCADORIAS EM ESTOQUE NO MOMENTO não existe na prática, isso estávamos fazendo para facilitar na hora de identificar qual o lote de mercadoria mais antigo, na prática temos que olhar para a planilha e saber qual o lote temos que dar baixa.

 

Então nossa planilha mais técnica ficaria da seguinte forma:

 

 

Vejam que eliminamos uma grande quantidade de linhas em nossa planilha, o detalhe agora ficará na interpretação da planilha, pois como dito, não temos mais a distinção, como antes, de cada lote que temos após cada operação.

 

Em programas de computador, essa informação pode até continuar aparecendo a cada operação, mas não é muito comum.

 

O importante será vocês saberem interpretar as duas planilhas.

 

Vamos fazer algumas explicações importantes.

 

No primeiro lançamento:

 

 

Podemos notar logo de cara, que não tínhamos nenhuma mercadoria em estoque, e que fizemos uma compra de 80 unidades, a R$ 10,00 cada, totalizando R$ 800,00, vejam que o estoque final agora aparece na mesma linha do lançamento que indica a compra, destaquei ele na tabela acima, para melhor identificarem.

 

Vamos ao segundo lançamento:

 

 

O segundo lançamento foi a compra de 20 unidades, a R$ 15,00 cada, totalizando R$ 300,00, vejam que agora na mesma linha do lançamento referente a compra do dia 03, temos o primeiro lote do estoque (destaquei em azul).

 

E logo abaixo temos a linha que identifica o segundo lote de mercadorias, que foi o referente a compra do dia em questão destaquei em vermelho.

 

Isso quer dizer o que? Que você sempre demonstrará que o primeiro lote de mercadorias, é o que esta na linha do seu lançamento, e que ele deverá ser dado baixa primeiro.

 

Vamos a terceira operação:

 

 

Agora a operação foi a venda de 50 unidades, já sabemos que trabalhando o método PEPS, temos que dar baixa nas primeiras unidades que entraram em nosso estoque.

 

Percebam que na linha do lançamento do dia 4, que antes era 80 unidades agora virou 30, isso quer dizer que do primeiro lote, após o registro dessa operação ainda restaram 30 unidades que devem ser as primeiras a serem baixadas do estoque (destaque em azul) e que ainda sobram 20 unidades, do segundo lote para se dado baixa, ou seja.

 

Vamos agora analisar a quarta operação:

 

 

A quarta operação, dia 08/05, foi a venda de 40 unidades, temos que nos atentar que conforme o nosso preenchimento da planilha da operação anterior, o primeiro lote só tem 30 unidades, então vamos baixar as 30 unidades dele, e complementar com o que falta, das mercadorias que constam no segundo lote.

 

Vejam que na linha do lançamento do dia 08, o saldo final ficou zerado, indicando que aquele lote, que constavam como primeiro, foi zerado no próprio dia 08, pela saída registrada (destaque em azul) e que do segundo lote, onde tínhamos 20 unidades, agora só temos 10, pois baixamos 10 unidades, referentes a venda do dia (destaque em vermelho).

 

Vamos analisar agora a quinta e a sexta operação.

 

 

A quinta operação foi do dia 10/05, fizemos uma compra de 10 unidades, a R$ 18,00 cada, totalizando R$ 180,00, ficamos agora com dois lotes de mercadorias diferentes, ambos com 10 unidades, mas cada um com o seu próprio preço unitário e logicamente com o seu total, percebam que o primeiro lote, ficou na mesma linha do lançamento da compra do dia 10, indicando que esse lote deverá ser baixado primeiro. (destaque em vermelho)

 

A sexta operação foi uma outra compra agora no dia 11/05, nesse momento ficamos então com 3 lotes de mercadorias distintos. (destaque em azul)

 

Vamos agora analisar o lançamento do dia 16.

 

 

Pelo preenchimento da  planilha acima podemos ver que a operação nesse dia foi a venda de 16 unidades, o primeiro passo foi identificar quantos lotes de mercadorias tínhamos, sabemos que na operação do dia anterior (dia 11), tínhamos 3 lotes de mercadorias, dois lotes com 10 unidades, e um lote com 5 unidades, temos que dar baixa em 16 unidades, então demos baixa no lote de 10 unidades mas antigos, e ainda faltavam 6 unidades, que demos baixa no outro lote de 10 unidades. Nesse momento ficamos somente com 2 lotes de mercadorias, um com 4 unidades, e o outro com 5 unidades. (destaque em vermelho)

 

Vamos a operação do dia 17, vimos que foi a venda de 4 unidades, como o nosso lote mais antigo tem somente 4 unidades, basta baixarmos esse valor e indicar na mesma linha do lançamento que esse estoque foi zerado. (destaque em azul) Ficamos ainda com 1 lote com 5 unidades.

 

Os demais lançamentos seguirão essa regra.

 

É um modelo simples de planilha, em programas de computador ou até mesmo outras planilhas, podem ser inseridos alguns outros dados, tais como numero do nota fiscal de venda, no caso de saída de mercadoria, ou numero da nota fiscal de entrada, no caso de compras.

 

Pode aparecer ainda o saldo de mercadoria após cada lançamento em linhas separadas e etc.

 

O importante é sabermos olhar para a planilha e identificar o que aconteceu, e em qual mercadoria temos que dar baixa.

 

Outro detalhe importante é que na coluna de saída, temos que nos atentar que o preenchimento dela, não será com o valor da venda e sim com o valor que a mercadoria constava no lote que esta sendo baixado. Esse é um erro muito comum no inicio.

 

Acima eu disse que esse modo de preenchimento, facilita a nossa conferencia, para demonstrarmos isso e no próximo tutorial já vermos o outro método de contabilização de estoque, vou deixar um exercício para ser feito com pouco lançamento que servirão somente como suporte a explicação que será dada . Ok?

 

O exercício é o seguinte:

 

Considere o seguinte balanço:

 

 

As operações foram:

 

1 – Recebimento de R$ 500,00 de clientes no banco.

2 – Pagamento de R$ 400,00 ao fornecedor com cheque.

3 – Compra de R$ 500,00 de mercadorias.

4 – Venda de R$ 250,00 de mercadorias, por R$ 600,00 a prazo.

5 – Venda de R$ 100,00 de mercadorias, por R$ 300,00 a vista.

 

Façam as contabilizações, como antigamente, ao final da contabilização elabore um balancete de 4 colunas. No próximo tutorial estaremos corrigindo e partiremos dele para ver como que a planilha de estoque nos ajudará a conferir.

 

Ok?

 

Até a próxima

 

Rodrigo

 

Quer receber novidades e e-books gratuitos?

Cursos Online

  • Banco de Dados
  • Carreira
  • Criação/Web
  • Excel/Projetos
  • Formação
  • + Todas as categorias
  • Contato: Telefone: (51) 3717-3796 | E-mail: webmaster@juliobattisti.com.br | Whatsapp: (51) 99627-3434

    Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda | CNPJ: 08.916.484/0001-25 | Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 - Universitário, Santa Cruz do Sul/RS, CEP: 96816-208

    Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2020 ®

    [LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

    APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI