NUNCA MAIS PASSE RAIVA POR NÃO CONSEGUIR RESOLVER UM PROBLEMA COM O EXCEL - GARANTIDO!

UNIVERSIDADE DO VBA - Domine o VBA no Excel Criando Sistemas Completos - Passo a Passo - CLIQUE AQUI

Você está em: PrincipalTutoriaisRodrigosfreitas : Conhecendocontabilidade014
Quer receber novidades e e-books gratuitos?

FILTRO DE TUTORIAIS:


Apurando o Resultado – 3.ª Parte

 

Correção do Exercício:

 

No tutorial passado ficou a seguinte proposta de exercícios:

 

Tente fazer um exercício parecido com o ultimo, considerando os mesmos dados iniciais do exercício passado, só que agora a empresa vendeu R$ 1.000,00 de mercadorias que tinha no estoque, por R$ 950,00 que recebeu a vista. Logo a empresa terá um prejuízo de R$ 50,00.

 

Logo os dados iniciais seriam o seguinte:

 

Ativo Passivo
Caixa 500,00 Fornecedores 1.600,00
Mercadorias 3.500,00 Patrimônio Liquido
    Capital Social 2.400,00
 
SOMA DO ATIVO 4.000,00 SOMA DO PASSIVO 4.000,00

 

Primeiro passo como sempre, é abrir os razonetes:

 

Caixa   Capital Social
500,00 (S)


2.400,00 (S)

 

Mercadorias   Fornecedores
3.500,00 (S)    
1.600,00 (S)

 

Feito isso podemos começar a efetuar os registros, faremos inicialmente o registro da venda, e depois o registro da baixa do estoque:

 

Para tal, precisamos abrir mais um razonete chamado de Receita de Vendas.

 

Logo, nossos razonetes agora ficariam assim, já com o registro da venda efetuado, lembrando que a venda foi por R$ 950,00, a vista. Os registros estão em destaque.

 

Caixa   Capital Social
500,00 (S)
950,00 (1)



2.400,00 (S)

 

Mercadorias   Fornecedores
3.500,00 (S)    
1.600,00 (S)

 

Receita de Vendas

950,00 (1)

 

O próximo passo agora, é dar baixa no estoque, e fazer o registro do Custo da Mercadoria Vendida. Logo, mais um razonete chamado de Custo das Mercadorias Vendidas será aberto, abreviadamente chamamos ele de CVM.

 

Nossos razonetes, já com os lançamento efetuados estariam da seguinte forma:

 

Caixa   Capital Social
500,00 (S)
950,00 (1)



2.400,00 (S)

 

Mercadorias   Fornecedores
3.500,00 (S) 1.000,00 (2)  
1.600,00 (S)

 

Receita de Vendas   CMV

950,00 (1)



1.000,00 (2)

 

Lembre-se que efetuamos um crédito na conta de Mercadorias, tendo em vista que mediante a venda, houve uma diminuição no saldo dessa conta, pela entrega da mercadoria ao comprador, e houve um débito na conta de CMV, para registrar o custo dessa mesma mercadoria.

 

Feito isso podemos apurar o resultado, que seria feito da seguinte forma, primeiramente abrindo uma conta de Apuração do Resultado do Exercício, abreviadamente chamamos de ARE, e transferindo todos os saldos das contas transitórias ou temporárias, assim entendidas as contas de RESULTADO, cujo objetivo dela é somente permitir que seja apurado o resultado.

 

Vamos a contabilização:

 

Caixa   Capital Social
500,00 (S)
950,00 (1)



2.400,00 (S)

 

Mercadorias   Fornecedores
3.500,00 (S) 1.000,00 (2)  
1.600,00 (S)

 

Receita de Vendas   CMV
950,00 (3)
950,00 (1)

1.000,00 (4)

1.000,00 (2)

 

ARE
1.000,00 (4)

50,00

950,00 (3)

 

Feito isso temos contabilizada a operação de apurar o resultado, veja que o saldo da conta ARE é de R$ 50,00 no lado do débito, já indicando que houve um prejuízo.

 

Vamos agora a transferência do prejuízo para a conta de Prejuízos Acumulados, e conseqüentemente fazer o balanço patrimonial.

 

Caixa   Capital Social
500,00 (S)
950,00 (1)



2.400,00 (S)

 

Mercadorias   Fornecedores
3.500,00 (S) 1.000,00 (2)  
1.600,00 (S)

 

Receita de Vendas   CMV
950,00 (3)
950,00 (1)

1.000,00 (4)

1.000,00 (2)

 

ARE   Prejuízos Acumulados
1.000,00 (4)

50,00

950,00 (3)

50,00 (5)
50,00 (5)   

 

Agora podemos fazer o balanço, lembrando que as contas com o saldo zerado não serão apresentadas no balanço que ficaria da seguinte forma:

 

Ativo Passivo
Caixa 1.450,00 Fornecedores 1.600,00
Mercadorias 2.500,00 Patrimônio Liquido
    Capital Social 2.400,00
    Prejuízos AcumuladosSocial (50,00)
 
SOMA DO ATIVO 3.950,00 SOMA DO PASSIVO 3.950,00

 

Continuação:

 

Nos tutoriais passados, vimos como é feita a apuração do lucro, e do prejuízo na contabilidade, nesse tutorial, aprenderemos, mais alguns conceitos, entre eles como é contabilizado a venda a prazo, e como é feito a contabilização de seu posterior recebimento.

 

Para tal partiremos do seguinte balanço.

 

 

A primeira operação foi a venda de R$ 1.300,00 de mercadorias, pelo valor de R$ 2.000,00, que foi recebido da seguinte forma, R$ 600,00 a vista e R$ 1.400,00 a prazo.

 

Vamos a contabilização, agora efetuaremos todos os registros nos mesmos razonetes, ou seja, de um modo direto. Após faremos o balanço.

 

Ficaria da seguinte forma:

 

 

Vamos fazer uma rápida analise:

 

Na conta Caixa, houve um débito de R$ 600,00 referente a parcela da venda que foi efetuada a vista, logo seu saldo aumentou e no momento é de R$ 1.600,00.

 

A conta Capital Social, e Fornecedores, não houve alterações.

 

A conta Mercadorias houve um crédito, em R$ 1.300,00 indicando uma redução dela, ocasionada pela venda da mercadoria, tendo em vista que você deixou de ter a mercadoria, o referido credito indica a transferência da mercadoria, ou seja, pela venda a mercadoria deixou de ser da empresa, e passou a ser do comprador. O Saldo final da conta de mercadorias, podemos dizer que é de R$ 700,00, que são os R$ 2.000,00 de estoque inicial que tínhamos, menos o registro de R$ 1.300,00 efetuado pela baixa.

 

A conta de Receita de Vendas, inicialmente teve um crédito de R$ 2.000,00 (indicado pelo numero 1 entre parênteses), posteriormente foi feita a transferência do saldo de R$ 2.000,00 que estava credor, para a conta de Apuração do Resultado do Exercício, logo, fizemos um débito nessa conta, no valor de R$ 2.000,00 e um crédito na conta de ARE, no mesmo valor, assim a conta de Receita de Vendas ficou com o saldo zerado.

 

A conta de Custo com a Mercadoria Vendida recebeu, um débito de R$ 1.300,00 que é de igual valor ao crédito que a conta de Mercadorias recebeu, indicando que houve um aumento na conta de Custo, e uma diminuição na conta de Mercadorias. Tal lançamento esta indicado com o numero 2 entre parênteses, posteriormente, foi feito um crédito na conta de CMV, para registrar a transferência para a conta de ARE, ficando então a conta de CMV com o saldo zerado.

 

A conta ARE, que recebeu os R$ 2.000,00 a crédito, transferidos da conta de Receita de Vendas, e mais R$ 1.300,00 a débito que recebeu mediante transferência do saldo que estava na conta de CMV. Logo ficou com o saldo final de R$ 700,00, indicado no razonete pela sigla Sf entre parentes, posteriormente, foi feita a transferência para a conta de Lucro do Exercício.

 

A novidade nesse lançamento é a conta Clientes, que pertence ao grupo do ativo, pois ela registra, os valores que a empresa tem a receber. Logo um direito.

 

Vejam que a conta, sendo de ativo, recebeu a débito R$ 1.400,00, referente ao registro da venda efetuada, aumento assim o seu saldo que antes era zero, porque a conta não existia no balanço.

 

Podemos notar que o registro a crédito na conta de Receita de Vendas, tem duas contras partidas, sendo elas, a conta caixa no valor de R$ 600,00 e conta clientes no valor de R$ 1.400,00, em ambas temos o numero 1 entre parênteses indicando o registro, em tal lançamento podemos indicar que houve um lançamento de 3 formula, onde há 2 registros a débito e 1 registro a crédito.

 

Nesse momento o nosso balanço ficaria da seguinte forma:

 

 

O valor da venda poderia ter sido integralmente a prazo, onde o valor total da venda seria registrado a débito na conta de Clientes pelo seu valor total, nesse caso teríamos a conta de Clientes com o saldo de R$ 2.000,00, e conta caixa com o saldo de R$ 1.000,00, podemos notar que o ativo continuaria totalizando R$ 3.700,00.

 

Conclusão:

 

Vimos na operação que empresa efetuou uma venda a prazo, fator muito comum no dia a dia, logo entendemos que a conta de Clientes, registra o valor que a empresa tem a receber referente as vendas de mercadorias (no exemplo), que foram efetuadas a prazo.

 

Exemplo:

 

Vamos agora conhecer como e feito o recebimento dessa venda, suponhamos que dos R$ 1.400,00 que a empresa tinha a receber, o cliente pagou a primeira parcela no valor de R$ 700,00 que entrou no caixa da empresa.

 

Para tal registro podemos observar que só utilizaremos duas contas a Conta de Clientes, e a Conta Caixa, para tanto por motivos de simplicidade vamos abrir somente tais razonetes, e levantaremos um balanço após a operação considerando os mesmos saldos das demais contas.

 

 

Abrimos os razonetes e indicamos os saldos iniciais, sendo estes os mesmos que constavam no balanço anterior, vamos agora efetuar o registro do recebimento propriamente dito.

 

Ficaria da seguinte forma:

 

 

Vejam que houve um crédito na conta de Clientes, no valor de R$ 700,00, sendo uma conta de ativo, como dito acima, os créditos diminuem o seu saldo. Tal crédito foi efetuado para registrar o pagamento da primeira parcela que o cliente efetuou, assim estamos demonstrando no razão que registramos um recebimento.

 

Em contra partida, houve um débito na conta Caixa, indicando um aumento no seu saldo, que é referente ao recebimento da primeira parcela da venda efetuada.

 

Nosso balanço no momento ficaria assim, considerando que vamos repetir os mesmos saldos que estavam no balanço anterior referente as contas que não utilizamos para registro na operação do recebimento.

 

 

Ok?

 

No próximo tutorial, aprenderemos como é contabilizada uma despesa, o pagamento de tal despesa, e como fica quando seu pagamento for a prazo, e aprenderemos o primeiro principio da contabilidade. O principio da Competência.

 

Até a próxima.

Quer receber novidades e e-books gratuitos?

Cursos Online

  • Banco de Dados
  • Carreira
  • Criação/Web
  • Excel/Projetos
  • Formação
  • + Todas as categorias
  • Contato: Telefone: (51) 3717-3796 | E-mail: webmaster@juliobattisti.com.br | Whatsapp: (51) 99627-3434

    Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda | CNPJ: 08.916.484/0001-25 | Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 - Universitário, Santa Cruz do Sul/RS, CEP: 96816-208

    Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2019 ®

    [LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

    APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI