NUNCA MAIS PASSE RAIVA POR NÃO CONSEGUIR RESOLVER UM PROBLEMA COM O EXCEL - GARANTIDO!

UNIVERSIDADE DO VBA - Domine o VBA no Excel Criando Sistemas Completos - Passo a Passo - CLIQUE AQUI

Você está em: PrincipalTutoriaisPaulocfarias : Redesbasico015
Quer receber novidades e e-books gratuitos?

FILTRO DE TUTORIAIS:


Redes Básico – Parte XV

 

2.4.3.2 – Cabeamento

 

Como dito anteriormente, cabeamento IBM 1,2 e 3 são os utilizados em uma rede token ring.

 

A distância máxima que um computador pode ter da MSAU quando conectado com cabo Tipo 1, é de 101 metros. Com cabo STP essa distância é de 100 metros e com cabo UTP é de 45 metros. Apesar desses limites de distância, fabricantes afirmam que a comunicação entre um computador e uma MSAU pode ser confiável até a uma distância de 152 metros.

 

Figura 2.27 – Distância máxima com cabos Tipo 1, UTP e STP.

 

Cabos patch estendem a conexão entre um computador e uma MSAU. Eles podem também ligar duas MSAUs. No sistema de cabeamento IBM, esses cabos são do Tipo 6 e podem ter comprimento, limitado a 46 metros. O sistema de cabeamento IBM também especifica um cabo patch para: aumentar o comprimento de cabos Tipo 3 e conectar computadores a MSAUs diretamente.

 

Os seguintes tipos de conectores são utilizados em uma rede token ring:

 

» Conectores de interface de mídia (MICs) para conexão de cabos Tipo 1 e 2.

 

» RJ-45 para cabos Tipo 3

 

» RJ-11 para cabos Tipo 3

 

» Filtros para fazer a conexão de NICs token ring a saídas RJ-45 e RJ-11.

 

2.4.3.3 – Filtros de Mídia

 

São necessários em computadores que usam cabeamento par trançado telefônico Tipo 3, porque eles convertem os conectores do cabo e reduzem o ruído da linha.

 

2.4.3.4 – Repetidores

 

Usar repetidores pode aumentar todas as distâncias do cabo token ring. Repetidores regeneram o sinal para estender distâncias entre MSAUs na rede. Usando um par de repetidores MSAUs podem ser colocadas até uma distância de 365 metros uma da outra, usando cabeamento Tipo 3, ou 730 metros usando cabeamento Tipo 1 ou 2.

 

2.4.3.5 – NICs

 

NICs token ring estão disponíveis em ambas as velocidades de 4 e 16 Mbps. Os NICs de 16 Mbps acomodam um comprimento de frame maior que permite fazer poucas transmissões para a mesma quantidade de dados. Como possuem duas velocidades é preciso ter cuidado no uso das NICs. Uma rede de 4 Mbps, aceitará cartões de 16 Mbps, porque essas NICs podem operar na velocidade de 4 Mbps, já uma rede de 16 Mbps não suportará o uso de NICs de 4 Mbps, por elas não terem condição de operar a 16 Mbps.

 

2.4.3.6 – Cabos de fibra ótica

 

Em virtude das altas velocidades e fluxo de dados unidirecional, redes token ring se adequam bem ao uso de cabos de fibra ótica. Apesar de serem mais caros, cabos de fibra ótica podem aumentar significativamente o alcance de uma rede token ring, em até 10 vezes se comparados aos cabos de cobre.

 

2.4.4 – O futuro

 

Apesar de não serem tão populares quanto a Ethernet, redes token ring ainda estão ativas. Algumas companhias a usam para suportar aplicações de missão critica. Essas redes são redes baseadas em pontes que carregam uma variedade de protocolos, A expansão da rede é conseguida por meio da introdução de novos anéis usando pontes. Normalmente cada anel pode acomodar de 50 a 80 usuários. Porém as redes token ring estão diante dos seguintes problemas:

 

Gerenciamento, custo, complexibilidade e necessidade de espaço

 

» Congestionamento de segmento

 

» Congestionamento das pontes

 

» Atualização para tecnologias de alta velocidade

 

Um nosso conceito de redes token ring, usa switches para proporcionar alta performance.

 

A tabela abaixo sumariza as características de uma rede token ring

 

 

2.5 – Redes AppleTalk e ArcNet

 

O AppleTalk foi introduzido em 1983 pela Apple Computer, como uma arquitetura de rede proprietária para pequenos grupos. Os computadores Macintosh já possuem funções de rede, o que torna as redes AppleTalk mais fáceis de configurar do que as outras.

 

Os termos usados em um ambiente Apple podem ser confusos a principio, mas se referem a aspectos diferentes de uma rede.

 

» AppleTalk

 

» LocalTalk

 

» AppleShare

 

» EtherTalk

 

» TokenTalk

 

2.5.1 – AppleTalk

 

AppleTalk é uma arquitetura de rede apple e é incluída no sistema operacional do Macintosh, ou seja, cada Macintosh possui funções de rede embutidas.

 

Figura 2.28 – Uma rede AppleTalk

 

Quando um dispositivo conectado a uma rede AppleTalk se torna online, três coisas acontecem:

 

» O dispositivo verifica se tem armazenado o endereço de uma sessão anterior. Se não tem, ele mesmo se designa um endereço, escolhido de um pool de endereços disponíveis.

 

» O dispositivo divulga o endereço para verificar se mais alguém o está usando.

 

» Se nenhum outro dispositivo está usando aquele endereço, o dispositivo em questão armazena o endereço para ser utilizado na próxima vez em que ele estiver online.

 

2.5.2 – LocalTalk

 

Redes AppleTalk são comumente chamadas de redes LocalTalk. LocalTalk usa CSMA/CA como método de acesso em barramento, utilizando cabos UTP, STP ou fibra ótica. O fato de já estar embutida no Macintosh a torna barata. Porém sua performance é muito pequena se comparada a redes ethernet e token ring. A taxa de dados máxima é de 230 Kbps. Este fator aliado ao fato de que NICs LocalTalk para PC são obsoletas, faz com que sua utilização seja muito pequena em comparação as outras redes em ambientes empresariais.

 

Figura 2.29 – Módulo conector LocalTalk com cabo.

 

Os componentes de cabeamento de uma rede LocalTalk, incluem:

 

» Cabos

 

» Módulo conector

 

» Extensores de cabo

 

Cabeamento STP é usado em uma topologia barramento ou árvore. O número máximo de dispositivos suportados é de 32.

 

Quer receber novidades e e-books gratuitos?

Contato: Telefone: (51) 3717-3796 | E-mail: webmaster@juliobattisti.com.br | Whatsapp: (51) 99627-3434

Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda | CNPJ: 08.916.484/0001-25 | Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 - Universitário, Santa Cruz do Sul/RS, CEP: 96816-208

Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2021 ®

[LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI