[LIVRO]: Tudo Sobre GPOs no Windows Server 2008, 2012 e 2016 - 654 páginas + 40 Brindes - CLIQUE AQUI

Páginas: 654 | Autores: Júlio Battisti e Diego Lima | 50% de Desconto e 40 Excelentes Bônus!

Você está em: PrincipalTutoriaisJuliosabreu : Logicaphp001
Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

FILTRO DE TUTORIAIS:




Lógica em PHP

 

Objetivos:

 

Neste tutorial veremos algumas particularidades da linguagem php. Veremos características dos tipos de variáveis e suas estruturas de controle. Este tutorial também é uma boa revisão de lógica de programação, pois os pontos tratados aqui podem ser usados na maioria das linguagens, bastando apenas adequar a sintaxe específica.

 

Pré-requisitos: Ter acompanhado o primeiro tutorial da série. (“Introdução ao PHP”).

 

TIPOS SUPORTADOS

 

Em PHP uma variável pode conter diferentes tipos de dados em diferentes momentos da execução, pois a linguagem utiliza checagem dinâmica de tipos, ou seja o interpretador decidirá qual o tipo daquela variável, checando seu conteúdo durante o tempo de execução.

 

Portanto, em PHP, as variáveis não precisam ser declaradas ou prototipadas.

 

O PHP suporta os seguintes tipos de dados:

 

Inteiros

 

Em PHP não precisamos especificar Integer ou Long, pois o interpretador se encarrega desta tarefa.

 

Podemos utilizar Inteiros da seguinte maneira:

 

$num = 25; //Atribuímos um inteiro positivo na base decimal

 

$num = -13; //Atribuímos um inteiro negativo na base decimal

 

$num = 0423; //Atribuímos um inteiro na base octal, identificado pelo prefixo 0

 

$num = 0x23; //Atribuímos um inteiro na base Hexadecimal, identificado pelo prefixo 0x

 

Ponto Flutuante

 

Da mesma maneira que não precisamos especificar os inteiros, também não precisamos diferenciar double de float.

 

Podemos utilizar os números em ponto flutuante da seguinte maneira:

 

$num = 7.893; //Atribuímos o valor 7,893 à variável

 

$num = 7e5; //Atribuímos o valor 7,00000 à variável

 

Strings

 

Podemos utilizar Strings de duas maneiras:

 

$texto = ‘Adoro este tutorial’; // Com aspas simples.

 

Desta maneira será atribuído à variável exatamente o que se encontra entre os as aspas, com exceção de caracteres especiais que estudaremos mais a frente.

 

Ou

 

$texto = “ Este tutorial é muito bom”; //Com aspas duplas

 

Assim podemos inserir variáveis dentro da string, que serão expandidas antes da atribuição.

 

Por exemplo:

 

$nome = ‘João’;

 

$texto = “ O nome dele é $nome”;

 

O resultado que será atribuído à variável $texto é: “O nome dele é João”.

 

Arrays

 

Em PHP os arrays são vetores indexados onde podemos ou não nomear os índices.

 

Por padrão os arrays são criados com índices inteiros positivos começando do zero.

 

Ex.:

 

$alunos[0] = “João”;

 

$alunos[1] = “Maria”;

 

$alunos[2] = “José”;

 

Podemos também nomear os ídices:

 

$nome[“cachorro”]= “Rex”;

 

$nome[“gato”]= “Felix”;

 

$nome[“papagaio”]= “Louro”;

 

Estruturas de Controle

 

As estruturas vistas a seguir são comuns a maioria das linguagens, mudando somente a sintaxe, vamos analisar como se comportam no PHP.

 

Condicionais

 

Executam comandos ou blocos de comandos dependendo do resultado de testes condicionais deitos durante a execução.

 

if

 

Este comando nos permite executar um teste e se a resposta for verdadeira executa o bloco ou comando seguinte, da seguinte maneira:

 

if (condição)

comando;

 

ou

 

if (condição)

{

comando;

comando;

comando;

}

 

Exemplo

 

if ($num<0)

{

echo (“Número Negativo”);

}

 

if else

 

O comando else é um complemento do if, ele acontecerá caso a condição seja falsa.

 

if (condição)

{

comandos;

}

else

{

comandos;

}

 

Exemplo

 

if($nome == “”)

{

echo (“Nome não preenchido”);

}

else

{

echo($nome);

}

 

switch

 

Este comando compara uma variável com uma série de valores pré-definidos pelo programador e dependendo do valor executa um comendo ou bloco.

 

switch($var)

{

case 0:

comando;

break;

case 1:

comando;

break;

case 2:

comando;

break;

 

}

 

Exemplo

switch($num)

{

case 0:

echo (“ZERO”);

break;

case 1:

echo (“UM”);

break;

case 2:

echo (“DOIS”);

break;

 

}

 

Note que sempre para encerrar cada um dos comandos case, devemos utilizar o comando break.

 

Logo após cada case deve seguir o valor a ser testado, por exemplo se a quiséssemos testar se a variável é igual a palavra cão, usaríamos case “cão”:

 

Repetição

 

while

 

O comando while testa uma condição, e, enquanto ela não for verdadeira repete um bloco de comandos:

 

while (condição)

{

comandos;

}

 

Exemplo

 

$num = 0;

while ($num<=10)

{

echo ($num);

$num++;

}

 

O comando acima vai imprimir na tel o valor de $num até que este alcance o valor 10, ou seja até que a condição seja satisfeita. Note que o comando $num++, está incrementando o valor de $num em 1 a cada execução do bloco (loop), pois se $num não fosse incrementado, a condição nunca seria satisfeita.

 

do while

 

O comando do while funciona da mesma maneira que o while, com apenas uma diferença, no do while a condição é testada no fim da execução do bloco.

Vamos reescrever o exemplo anterior:

 

$num = 0;

 

do

{

echo ($num);

$num++;

}

while ($num<=10)

 

Esta mudança de ordem pode ser muito útil na prática, mais a frente veremos exemplos das mudanças implicadas por usar while ou do while.

 

for

 

O comando for é bastante utilizado em todas as linguagens, e também é o que tem a sintaxe mais alterada de linguagem para linguagem.

 

Nele podemos iniciar a variável, testar a condição e incrementa-la, tudo na mesma linha.

 

for(<inicaliza>,<compara>,<incrementa>)

{

comandos;

}

 

Vamos reescrever os exemplos anteriores:

 

for($num=0;$num<=10;$num++)

{

echo($num);

}

 

Conclusão:

 

Neste tutorial mostramos os comandos básicos para programar em PHP, assim como suas respectivas sintaxes, particularidades e regras. Com estes comandos é possível realizar todo o tipo de processamento, bastando saber utiliza-los e combina-los da melhor maneira.

Best Sellers de Programação do Julio Battisti

Todos com Vídeo Aulas, E-books ou Exemplos de Brinde!

Aprenda com Júlio Battisti: SQL Server 2008 R2

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1164 | Editora: Instituto Alpha

 

Macros e Programação VBA no Excel 2010

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1124 | Editora: Instituto Alpha

 

Access 2010 Avançado, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 828 | Editora: Instituto Alpha

 

 

Todos os livros com dezenas de horas de vídeo aulas de bônus, preço especial (alguns com 50% de desconto). Aproveite. São poucas unidades de cada livro e por tempo limitado.

Dúvidas?

Utilize a área de comentários a seguir.

Me ajude a divulgar este conteúdo gratuito!

Use a área de comentários a seguir, diga o que achou desta lição, o que está achando do curso.
Compartilhe no Facebook, no Google+, Twitter e Pinterest.

Indique para seus amigos. Quanto mais comentários forem feitos, mais lições serão publicadas.

Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Novidades e E-books grátis

Fique por dentro das novidades, lançamento de livros, cursos, e-books e vídeo-aulas, e receba ofertas de e-books e vídeo-aulas gratuitas para download.



Institucional

  • Quem somos
  • Garantia de Entrega
  • Formas de Pagamento
  • Contato
  • O Autor
  • Endereço

  • Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda
  • CNPJ: 08.916.484/0001-25
  • Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 Universitário
  • Santa Cruz do Sul/RS
  • CEP 96816-208
  • Atendimento: Telefone: (51) 3717-3796 | E-mail: webmaster@juliobattisti.com.br | Whatsapp: (51) 99627-3434

    Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2017 ®

    [LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

    APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI