[LIVRO]: Tudo Sobre GPOs no Windows Server 2008, 2012 e 2016 - 654 páginas + 40 Brindes - CLIQUE AQUI

Páginas: 654 | Autores: Júlio Battisti e Diego Lima | 50% de Desconto e 40 Excelentes Bônus!

Você está em: PrincipalTutoriaisJaquelinesilva : Biologia002
Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

FILTRO DE TUTORIAIS:




A Origem da vida

 

Objetivos:

 

Surpreender você. Esse módulo foi cuidadosamente preparado para dar-lhe informações vitais, através de uma pesquisa profunda. Após os biólogos terem aceitado a biogênese para explicar a origem do ser vivo, outra questão ainda mais capciosa os intrigou: donde veio a vida? Aqui você viajará através das teorias e dos experimentos que corroboraram a Teoria da grande explosão, aceita até hoje. E como você é bem informado saberá a possível origem do Sol, e o real formato da via Láctea descoberto recentemente.

 

Pré-requisitos:

 

Você deverá ter estudado a fundo o ultimo módulo, intitulado: “Introdução à Biologia.’’ Seguindo uma linha de raciocínio continue seus estudos acompanhado por esse módulo.Fique atento, pois as descobertas da Biologia avançam a cada dia. Mantenha-se informado. E acompanhe os próximos módulos pois estaremos aqui para ajuda-lo.

 

De onde veio a vida?

 

Após anos de pesquisas aceitaram a biogênese para explicar qual a origem de um ser vivo, essa teoria que afirma que um ser vivo só pode surgir através de outro já vivo. A partir daí, a origem da vida passou a preocupar cada vez mais os cientistas. Pois, se os organismos surgem a partir de outros preexistentes, como foi que se originou o primeiro?

 

Muitos buscam responder a essa pergunta formando várias idéias. A mais antiga de todas as idéias sobre a origem da vida é a “origem por criação divina”. Essa até hoje é aceita por fiéis de várias religiões. Tal idéia afirma que um ser superior –Deus- seja o originador de tudo o que existe no universo, incluindo a vida. Ele teria criado tudo sucessivamente e individualmente. E desde a criação tudo se mantém exatamente como no princípio, excluindo, porém a evolução das espécies.

 

Outra idéia que foi formulada para desvendar a origem da vida foi apresentada em 1908 pelo químico sueco Svante Arrhenius. É chamada de “Teoria Panspérmica”. A idéia é que uma civilização adiantada em alguma parte do universo talvez tenha deliberadamente “contaminado” a Terra com vida como experiência. Essa contaminação de vida ocorreu através de esporos aderidos a meteoros que vieram parar no nosso planeta. Essa teoria sugere que não apenas compostos orgânicos inanimados, mas até organismos vivos completos podem ter chegado do espaço.

 

Mas essa teoria não é muito esclarecedora, já que não responde a pergunta inicial sobre a origem do primeiro ser vivo. Se a vida se formou em outro planeta, como isso aconteceu?

 

Mas, logo foi aceita uma teoria que explicava mais profundamente a origem do universo e da vida. Pois, antes de os cientistas proporem como se originou a vida, ou o primeiro ser vivo, foi necessário formular teorias sobre como surgiu o universo e tudo o que há nele como as estrelas e os planetas. E Eles explicaram assim:

 

A teoria da grande explosão

 

Uma das teorias científicas mais aceita para explicar a origem do universo é a teoria do Big-Bang ou da Grande Explosão.

 

Na teoria geral da relatividade, de Albert Einstein, publicada em 1916, era implícito que o universo está se expandindo ou então se contraindo. Mas essa idéia contrariava o conceito então prevalecente de que o universo é estático,ou seja não cresce, o que também o próprio Einstein aceitava. Após inúmeras pesquisas feitas com a ajuda de telescópios os cientistas deduziram que o universo se expande de modo ordeiro.

 

Para chegarmos ao Big-Bang devemos fazer o caminho contrário. O universo se expande a cada momento. Mas em vez de expandi-lo vamos contrair todo o universo até voltarmos a um único ponto de origem.

 

Há uns 15 a 20 bilhões de anos atrás o universo não existia, nem o espaço vazio. Não existia tempo nem matéria - nada senão uma esfera extremamente pequena, do tamanho da ponta de uma agulha. E esse pontinho há cerca de 18 bilhões de anos teria se explodido e formado o universo atual. Nessa explosão houve um breve período durante a primeira minúscula fração de segundo em que o incipiente universo inflou, ou se expandiu, a uma velocidade muito maior do que a luz. Essa expansão do universo é observada até os dias de hoje, trazendo subsídios a favor da hipótese do Big-Bang.

 

Após o Big-Bang e a partir da matéria proveniente dele, teria surgido o nosso sistema solar. Os planetas teriam se formado a partir de restos de nuvem cósmica que surgiram após a grande explosão.

 

Mas como poderia vir a existir vida na Terra? Tentativas modernas de responder essa pergunta podem remontar aos anos 20 aos trabalhos do bioquímico russo Alexander Oparim. É a hipótese desenvolvida por ele da evolução gradual dos sistemas químicos.

 

As condições da Terra ante do surgimento dos primeiros seres vivos eram muito diferentes das atuais. A atmosfera primitiva era muito diferente do que é hoje, sendo formada provavelmente por metano, amônia, hidrogênio e vapores de água. A atmosfera primitiva não apresentava oxigênio, o que permitia que raios ultravioletas provenientes do sol atingissem a superfície terrestre de forma intensa. Quando os relâmpagos descarregaram sua energia e a luz ultravioleta sua radiação, gases da atmosfera primitiva devem ter reagido entre si, formando moléculas orgânicas maiores e mais complexas. Por sua vez essas moléculas escorreram para os oceanos ou para corpos de água, onde novas reações teriam ocorrido.

 

A formação de inúmeras substâncias orgânicas transformou os mares primitivos em verdadeiras “sopas nutritivas”, a qual aminoácidos, por exemplo, combinaram-se e viraram proteínas. Outros componentes os nucleotídeos, formaram cadeias e viraram ácido nucléico, como o DNA.

 

Para formar vida,alguns cientistas são até um pouco românticos e fazem uma verdadeira istória de amor : as moléculas de proteína e as moléculas de DNA encontraram-se, houve compatibilidade e elas se uniram.

 

Essa longa evolução gradual dos sistemas químicos teve a duração provável de 2 bilhões de anos.

 

O experimento de Miller

 

No início dos anos 50, os cientistas resolveram testar a teoria de Alexander Oparin. E esse teste ocorreu pela primeira vez através das mãos do químico americano Stanley L. Miller, do laboratório de seu professor Harold Urey.

 

Ele construiu um aparelho que simulava as condições da Terra primitiva. Ele tomou hidrogênio, amônia, metano e vapor de água e lacrou-os num frasco com água fervente no fundo (para representar um oceano). Nesse frasco ele simulou descargas elétricas, simulando os raios que ocorriam naquela época primitiva. Depois de uma semana apareceram vestígios de uma goma avermelhada que Miller analisou e descobriu ser rica em aminoácidos – a essência das proteínas.

 

Esse experimento demonstrou que moléculas orgânicas (aminoácidos) poderiam ter-se formado nas condições da Terra primitiva, o que reforça a hipótese da evolução gradual dos sistemas químicos.

 

O experimento de Fox

 

Em 1957, o pesquisador norte-americano Sidney Fox aqueceu uma mistura de proteínas em água levemente salgada, e obteve a formação de esferas microscopias que ele chamou de microsferas.

 

Ele propôs que essas moléculas esféricas podem ter-se aglomerado e mantido a sua organização por algum tempo. Depois esses aglomerados cresceram e se reproduziram, dando o salto definitivo para o surgimento da vida.

 

Curiosidades

 

» O nascimento do Sol

 

O nosso sistema solar está localizado em uma galáxia espiral chamada Via Láctea, constituída por mais ou menos 100 bilhões de estrelas. O sol é o centro de nosso sistema solar. Ao redor do Sol giram nove planetas, incluindo a Terra.

 

Atualmente a teoria mais aceita diz que o Sol e os planetas surgiram a partir de uma nuvem de poeira cósmica existente na Via Láctea.

 

Para chegarem a essa conclusão observaram o processo de formação de uma estrela. Veja:

 

Nuvens de poeira cósmica e gases começam a se agrupar em algum ponto de uma determinada galáxia. Cada vez mais poeira e gases se atraem formando uma matéria cada vez mais compacta. Essa matéria se aumenta enormemente, e aumenta também a temperatura no centro da estrela. Após alguns milhões de anos a temperatura aumenta cerca de 10 milhões de graus. Daí devido à temperatura uma reação ocorre, na qual núcleos de átomos de hidrogênio se fundem originando núcleos de hélio. Essa reação libera energia, emitida na forma de luz e calor. Surge assim uma nova estrela.

 

Da mesma forma nasceu o sol. A luz e o calor do sol resultam de reações que ainda estão ocorrendo no seu interior. Os cientistas calculam a idade do Sol em cerca de 5 bilhões de anos.

 

Os planetas se formaram a partir de restos da mesma nuvem cósmica que deu origem ao Sol. O que restou da nuvem cósmica tornou a forma de um disco que girava em torno do Sol.Nesses discos pontos de matéria formaram corpos cada vez maiores que hoje são os planetas.

 

Afirmam que a Terra e os outros planetas formaram-se há 4,5 e 5 bilhões de anos atrás.

 

» O formato da Via Láctea

 

Um recente estudo feito com a ajuda de um telescópio revelou que a nossa Via Láctea é um pouco diferente das outras galáxias que tem formato espiral. Esse estudo reforça a idéia de que no centro da Via Láctea há uma barra de estrelas em sua maior parte antigas e avermelhadas. O tamanho dessa barra é estimado em 27 mil anos-luz de comprimento, com uma mostra de 30 milhões de estrelas. Grande, né?

 

Best Sellers do Júlio Battisti

Todos os livros com dezenas de horas de vídeo aulas de bônus, preço especial (alguns com 50% de desconto). Aproveite! São poucas unidades de cada livro e por tempo limitado.

Dúvidas?

Utilize a área de comentários a seguir.

Me ajude a divulgar este conteúdo gratuito!

Use a área de comentários a seguir, diga o que achou desta lição, o que está achando do curso.
Compartilhe no Facebook, no Google+, Twitter e Pinterest.

Indique para seus amigos. Quanto mais comentários forem feitos, mais lições serão publicadas.

Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Cursos Online

  • Banco de Dados
  • Carreira
  • Criação/Web
  • Excel/Projetos
  • Formação
  • + Todas as categorias
  • Contato: Telefone: (51) 3717-3796 | E-mail: webmaster@juliobattisti.com.br | Whatsapp: (51) 99627-3434

    Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda | CNPJ: 08.916.484/0001-25 | Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 - Universitário, Santa Cruz do Sul/RS, CEP: 96816-208

    Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2017 ®

    [LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

    APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI