NUNCA MAIS PASSE RAIVA POR NÃO CONSEGUIR RESOLVER UM PROBLEMA COM O EXCEL - GARANTIDO!

UNIVERSIDADE DO VBA - Domine o VBA no Excel Criando Sistemas Completos - Passo a Passo - CLIQUE AQUI

Você está em: PrincipalTutoriaisHerbertgois : Memorizacao018
Quer receber novidades e e-books gratuitos?

FILTRO DE TUTORIAIS:


Curso Sobre a Memória

 

“O estudo em geral, a busca da verdade e

 da beleza são domínios em que nos é

 consentido ficar crianças toda a vida".

Albert Einstein

 

COMO ESTUDAR A GEOGRAFIA

 

Como para História, são necessários bons conhecimentos gerais antes de se poderem estudar os pormenores.

 

O que muitos estudantes não vêem é que a Geografia não é uma descrição de dados independentes. Pelo contrario, existe uma ligação entre a maioria dos fatos que se tem de aprender.

 

A geografia física, quando bem compreendida, permite quase que imediatamente você consiga deduzir que os recursos agrícolas e os minerais dão lugar a indústrias bem determinadas. O conjunto dos recursos naturais e os da indústria condicionam, quase automaticamente o comércio que terá por finalidade a exportação dos produtos do país e a importação daqueles que lhe faltem (deduzidos por exclusão de partes).

 

Por conseqüência, o mais importante para compreender bem a geografia é estudar a fundo a Geografia Geral (programa do ginásio ou das escolas técnicas).

 

Conhecendo a Geografia Geral, o estudo de cada país ou região, ou de qualquer ramo especifico da geografia torna-se mais fácil.

 

Você também usará os quadros sinópticos no estudo da Geografia, destacando os encadeamentos lógicos sempre que possível.

 

Eis um exemplo:

 

MADAGÁSCAR

 

Generalidades:

 

» Grande ilha de 585.000 km².

 

» Fragmento de um continente desaparecido (com o Decão e a Austrália).

 

» Portanto: terrenos antigos.

 

 

Conclusão: produções variadas, vastas possibilidades, mas sub-exploradas em virtude do clima.

 

Em geografia é importante compreender bem as “ordens de grandeza”. Isso facilita a fixação dos números que se tem que conhecer, elaborando associações ou comparações.

 

Por exemplo:

 

Fixe que o Reno e o Elba tem o mesmo comprimento: 1127 km. É também o comprimento do Gâmbia na África.

 

O Nilo, o Mississipi-Missouri e o Amazonas ultrapassam os 6000 Km.

 

Com esses pontos de referencias você evitará erros enormes.

 

Poderá em seguida e mais facilmente reter outros números: o Mosela 550 km (apenas 400 a menos que o Mosa ou mais ou menos a metade do Reno).

 

O Pó na Itália tem 650 km ou seja, 100 a mais que o Mosela.

 

O Douro em Portugual tem 850 km, ou seja, 200 a mais que o Pó ou menos 100 que o Mosa.

 

Não hesite em arredondar: vale mais conhecer os comprimentos de 30 rios com aproximação de alguns quilômetros que conhecer somente 4 ou 5 exatamente.

 

O que acabei de dizer em relação aos rios é evidentemente válido para montanhas, lagos, superfícies de paises, produções de trigo, de carvão, etc..

 

Para fixar sem dificuldade um certo numero de dados com algarismos que lhe servirão de referencia, pode utilizar o método das articulações numéricas que será exposto mais adiante.

 

A seguir temos listas de nomes e produtos para fixar.

 

Para isso utilizaremos o método das associações de imagens e as concatenações.

 

Eis um exemplo de concatenação:

 

Em Geografia Geral começa-se por estudar os 9 planetas do sistema solar:

 

Mercúrio, Vênus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Urano, Netuno, Plutão.

 

Podemos formar a seguinte frase usando a primeira letra de cada planeta:

 

Mãe, Vê, Tenho Memória: Já Sei Uns Nove Planetas.

 

Para o ajudar a fazer as indispensáveis revisões, você arranjará um caderno de geografia onde reunirá ou agrupará os quadros sinópticos, concatenações e outras frases mnemônicas que tiver criado. Este caderno vai lhe servir para aplicar o método cumulativo-repetitivo, já abordado.

 

Você vai ficar surpreso ao verificar o que poderá fixar seguindo estes métodos.

 

Em alguns meses, poderá acumular uma soma considerável de conhecimentos. Note também que o método repetitivo-cumulativo lhe evitará, pratica e efetivamente, a “carga” intensiva que 95% dos estudantes fazem no período que antecede os exames e que, desnecessário dizer é imensamente prejudicial, sob todos os aspectos.

 

EXERCICIO Nº 45

 

Pegue um manual escolar e aplique o método preconizado ao estudo de uma lição de geografia: a região do norte do Brasil, ou a região do sul do Brasil, ou a produção mundial do trigo, etc..

 


Confira todos os artigos de Memorização:

Quer receber novidades e e-books gratuitos?

Cursos Online

  • Banco de Dados
  • Carreira
  • Criação/Web
  • Excel/Projetos
  • Formação
  • + Todas as categorias
  • Contato: Telefone: (51) 3717-3796 | E-mail: webmaster@juliobattisti.com.br | Whatsapp: (51) 99627-3434

    Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda | CNPJ: 08.916.484/0001-25 | Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 - Universitário, Santa Cruz do Sul/RS, CEP: 96816-208

    Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2020 ®

    [LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

    APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI