[LIVRO]: Tudo Sobre GPOs no Windows Server 2008, 2012 e 2016 - 654 páginas + 40 Brindes - CLIQUE AQUI

Páginas: 654 | Autores: Júlio Battisti e Diego Lima | 50% de Desconto e 40 Excelentes Bônus!

Você está em: PrincipalTutoriaisGersonkonnus : Wss002
Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

FILTRO DE TUTORIAIS:




WSS – Windows Sharepoint Services

 

Parte 2 – Arquitetura e Instalação

 

Objetivo

 

O planejamento e estruturação pré-configuração é um fator bastante importante para a escalabilidade do WSS.  Como vimos no artigo anterior, podemos criar desde um Web Server único, com um web site baseado em WSS até um Server Farm que permite a estruturação de uma intranet bastante complexa.

 

Veremos neste artigo algumas considerações sobre os modelos de instalação do WSS e vamos realizar uma instalação e configuração padrão para um único servidor WSS.

 

Introdução

 

Como a maioria dos aplicativos, o modo mais rápido de disponibilizar os serviços do SharePoint é realizar uma instalação típica, e no caso do WSS, some-se também o fato de não existir mais nenhum aplicativo web concorrendo com o SharePoint em nosso servidor, o que nem sempre é possível.   Relembrando o que foi dito no artigo anterior, se existirem aplicativos ou sites que dependam das extensões do FrontPage, o WSS deve ser instalado em um site diferente do Padrão (Default Web Site).   O WSS exige a desinstalação das extensões do FrontPage antes da sua instalação, o que poderá lhe causar algumas dores de cabeça indesejáveis.

 

Com a instalação típica, você não terá que interagir em quase nada.  Ela cria tudo pra você, desde os arquivos necessários às conexões com a base de dados do SQL. Nessa opção de instalação, o WSS automaticamente instala o SQL Server 2000 Desktop Engine (MSDE) e cria a database para seus web sites.  Tudo isso em minutos e sem a necessidade de interação de sua parte. Posteriormente você terá que se preocupar quase que exclusivamente com a administração da Intranet.

 

Nesse cenário, você poderá hospedar considerável quantidade de web sites que não tenha um grande overhead.

 

Para realizarmos a instalação em um site diferente do Default Web Site, devemos utilizar a opção ‘Server Farm’, durante o processo de instalação como veremos.

 

Esta opção nos dá a entender que só deve ser utilizada para grandes corporações e grandes estruturas de intranets/sites, mas na verdade pode ser utilizada para uma instalação mais ‘personalizada’, vamos assim dizer.

 

Nesse cenário de instalação ‘personalizada’, é possível ainda criar a database do WSS em uma instalação já existente do SQL Server 2000 (com SP3 ou superior), ou SQL Server 2005 ou ainda SQL 2005 Express.   É importante ressaltar que, se existe a previsão de se criar mais que 10 sites ou ainda, hospedar sites de porte considerável, procure utilizar as versões mais potentes do SQL ao invés das versões MSDE/Express. O tamanho da database sempre dependerá do número e tamanho dos web sites.  Outro requisito a considerar é o IIS e o cliente.  O IIS deve ser no mínimo a versão 6.0, ter o ASP.NET instalado e habilitado e rodar no modo de isolamento de processos worker process, já o browser, segundo as documentações oficiais, deve ser, no mínimo ou Internet Explorer 5.5 ou o Netscape Navigator 6.2 ou outro compatível.

 

Em resumo, com a opção ‘Server Farm’ você precisará entender um pouco de SQL Server e da arquitetura do próprio Sharepoint Services, o que não é de todo mal.

 

A configuração do IIS 6.0 está fora do assunto central desse artigo, mas você pode acessar nossos artigos sobre IIS caso ainda tenha dúvidas de como fazê-la.

 

Processo de Instalação

 

No processo de instalação padrão, como já dito, basta executar o programa stsvs.exe - previamente baixado do site da Microsoft em http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?displaylang=pt-br&FamilyID=B922B28D-806A-427B-A4C5-AB0F1AA0F7F9 (O legal dessa parte é que existe a versão em português do Brasil do WSS) – e clicar em NEXT até terminá-la.

 

Porém, nesse processo padrão ainda pode-se interferir em alguns processos para ajustar a instalação para nossas necessidades.

 

» Para especificar o local de instalação da database do MSDE – a opção /datadir=”path\\” deve ser adicionada na linha de comando do executável.  Por exemplo, para instalar o MSDE em E:\WMSDE\WSS_DB, deve-se excutar o comando setupsts.exe /datadir=”e:\wmsde\wss_db\\”;

 

1. Rode o stsv2.exe para extrair os arquivos de instalação;

 

2. Quando a instalação iniciar, clique em CANCEL;

 

3. Abra a caixa Run… (DICA: use o atalho ÿ + R ) e digite:

 

"c:\program files\STS2Setup_<LCID>\setupsts.exe" /datadir="<path>\\"

 

onde <LCID> é o ID da linguagem de instalação, que no caso do Brasil é 1046 e <path> já está descrito acima (Figuras 1 e 2).

 

Figura - 1 - Descompactando o pacote stsvs2.exe

 

Figura - 2 - Rodando a Instalação do WSS via linha de comando

 

4. Assinale a caixa de “Concordo” com os termos da licença e clique em AVANÇAR;

 

5. Você pode optar pela “Instalação Típica” ou pelo “Server Farm”.  Vamos realizar a Instalação Típica.

 

Figura - 3 - Instalação Típica

 

Figura - 4 - Instalação Típica (WMSDE)

 

Quando terminar, será solicitado para reiniciar seu servidor e o seu Default Web Site estará com os serviços do sharepoint instalados.  Clique em NÃO e o seu browser abrirá na sua Home Page e você poderá iniciar as configurações das opções administrativas ou até mesmo começar a adicionar os conteúdos que desejar.

 

Figura - 5 - Página Inicial do WSS

 

As principais tarefas pós-instalação após a configuração típica são:

 

» Adicionar usuários ao site – note que a página que se abriu dá a possibilidade de qualquer usuário fazer manutenções.  Por isso a necessidade de se criar usuários com permissões específicas;

 

» Padronização da Home Page e das outras páginas no site;

 

» Configuração do controle de versões de documentações;

 

Outras tarefas administrativas estão descritas na tabela de check-list abaixo.  Para configurá-las você deve utilizar o link ‘Administração Central do Sharepoint’, incluso agora em suas Ferramenta Administrativas.

 

Tabela 1 - Check-List de Administração do WSS

 

(¹) – Se você planeja utilizar vários servidores virtuais, utilize esta parte da Check-List.

 

NOTA: Conforme você vai utilizando o WSS com MSDE, pode acontecer de começar a enfrentar problemas de desempenho ou de espaço de armazenamento, o que lhe indicará a necessidade de escalonamento da solução.  Nunca é demais reafirmar a sugestão de considerar a instalação do WSS diretamente com o SQL Server 2000 ou 2005.

 

Para instalar o WSS usando o SQL Server, primeiramente verifique se a versão que você possui é a 2000 com SP3 ou superior.  Depois disso, você precisa realizar algumas tarefas de manutenção do SQL Server antes de iniciar a instalação do WSS.

 

» Habilite a Autenticação Windows (Windows Authentication) no SQL Server;

 

» Inicie a instalação do WSS com a opção remotesql=Yes na linha de comando do mesmo modo que foi descrito acima para a instalação típica direcionando a pasta de instalação da database do MSDE.  Ao invés de utilizar a opção de redirecionamento, utilize a opção remotesql;

 

» Após completar o processo de instalação, você pode configurar seu Virtual Server Administrativo, inclusive especificando um novo Application Pool para os seus processos;

 

» Conecte no SQL Server e então configure seus servidores virtuais com o WSS de acordo com a Chel-List da Tabela 1.

 

Figura - 6 - Configurando o Application Pool

 

» Na página Configurar Servidor Virtual Administrativo, na seção Pool de Aplicativos, selecione Criar novo Pool de Aplicativos;

 

NOTA: Você pode utilizar um Pool de Aplicativos (Application Pool), já criado, mas qualquer aplicativo web que o utilize em conjunto com o WSS pode alterar as databases do WSS e isso é um Risco de Segurança em potencial.

 

» Digite o nome do novo Pool de Aplicativos e especifique se utilizará uma conta pré-definida ou uma conta configurável. Clique em Ok para continuar;

 

NOTA: Uma conta pré-definida é uma conta de sistema e a configurável é de usuário existente ou no SQL ou no Windows (por exemplo, a conta SA do SQL Server é uma conta configurável).  Esta conta configurável deve ter direito de criação de databases no SQL Server, ou seja, fazer parte da Security Administrators role e da Database Creators role.

 

Depois de configurar o Servidor Virtual Administrativo, você precisa reiniciar o IIS.  Faça isso digitando iisreset na linha de comando.  Quando reiniciar, você pode clicar no link da página Pool de Aplicativos Alterado para continuar a configuração do WSS para trabalhar com o SQL Server;

 

Figura - 7 - Reiniciando o IIS via linha de comando.

 

Figura - 8 - Pool de Aplicativos alterado com sucesso

 

Figura - 9 - Definindo o servidor da Database de Configuração

 

» Na parte de configuração do Servidor de Banco de dados, digite:

 

    » O nome do servidor onde está o SQL Server;

 

    » Selecione preferencialmente a opção Usar a autenticação do Windows;

 

NOTA: Você pode também selecionar a opção Conectar ao banco de dados de configuração existente caso esteja criando um servidor que fará parte de um Server Farm.

 

    » Selecione a opção Os usuários já têm contas de domínio..., para cadastrar posteriormente usuários já existentes em sua rede corporativa;

 

Extending a Virtual Server with Windows SharePoint Services

 

After you set up the connection to SQL Server, you are ready to extend your virtual servers with Windows SharePoint Services. When you extend a virtual server, Windows SharePoint Services is applied to a virtual server and a top-level Web site is created. To extend a virtual server, you use HTML Administration pages.

 

Extend a virtual server with Windows SharePoint Services and connect to SQL Server

 

1. On the SharePoint Central Administration page, click Extend or upgrade virtual server.

 

2. On the Virtual Server List page, click the name of the virtual server to extend.

 

3. On the Extend Virtual Server page, in the Provisioning Options section, select
Extend and create a content database.

 

4. In the Application Pool section, select either Use an existing application pool or Create a new application pool.

 

Note It is recommended that you create a new application pool for each virtual
server, so that they run in separate processes. This application pool should use a domain account, but it does not need to have database creation rights in SQL Server — the administration virtual server account will create any databases required.

 

If you selected Use an existing application pool, select the application pool to use.

 

If you selected Create a new application pool, enter the new application pool
name, user name, and password to use.

 

5. In the Site Owner section, in the Account name box, type the user name for the site owner (in the format DOMAIN\username if the user name is part of a Windows
domain group).

 

6. In the E-mail address box, type the e-mail address that corresponds to the account.

 

7. In the Database Information section, select the Use default content database server check box, or type the database server name and database name to use for a new content database.

 

8. If you want to specify a path for the URL, in the Custom URL path box, type the path to use.

 

Note If you are using quotas, you can also specify the quota template to apply in the Quota Settings section.

 

9. In the Site Language section, select the language to use.

 

10. Click OK.

 

After a few moments, the virtual server is extended and a confirmation page is displayed.

 

You can open the home page for your new Web site in your browser by using a link on the Single Server Deployment Página 7 de 42 file://C:\WINDOWS\Temp\~hh354D.htm 18/06/2006 confirmation page. You can continue to extend other virtual servers or configure Self- Service Site Creation so users can create their own sites. For more information about allowing users to create their own Web sites based on Windows SharePoint Services, see.

 

Conclusão

 

Vimos aqui todo o processo de instalação e configuração de um servidor web com WSS.  Os detalhes de configuração do SQL Server não são o foco principal do artigo e devem ser pesquisados nas publicações sobre o assunto e arquivos de help do produto.

 

O processo de configuração para Server Farm é muito semelhante ao processo detalhado para utilizar o SQL 2000/2005, com a diferença de que é necessário realizar o passo de estender o Servidor Virtual como descrito na Tabela 1, porque o WSS não estende o Default Web Site por padrão como na Instalação Típica.

 

A instalação tipo Server Farm também deve ser utilizada para instalar o WSS em um servidor web que já possua aplicativos web instalados no Default Web Site que utilizem as extensões do FrontPage.

 

Mais uma vez vale a pena destacar a necessidade do planejamento pré-instalação principalmente em empresa de pequeno porte que são pequenas fisicamente, mas possuem um faturamento alto.   Muitas vezes, seus projetos de intranets começam descompromissadamente, com o objetivo de sanar algumas deficiências de controle de documentações ou centralizar algumas informações consideradas ‘banais’ como listas telefônicas, agenda de eventos etc. e é aí que ‘mora o perigo’!  Começa-se a Intranet com uma página despretensiosa e todos descobrem as facilidades do recurso e ela começa a crescer desordenadamente e quando menos percebemos já está um ‘balaio de gato’ tão grande que as informações nelas contida são desperdiçadas porque não estão funcionais ou acessíveis de forma aceitável.

 

Veremos nos próximos artigos como configurar alguns serviços práticos à corporação dentro do WSS de forma que ele se torne um serviço realmente útil e com retorno de investimento garantido.

 

Bibliografia

 

» José Miguel de Bessa Carvalho - Integração On-line com Sharepoint – Monografia do Departamento de Engenharia do Instituto de Engenharia do Porto, Portugal.  2004. 115 pgs. - http://www2.dei.isep.ipp.pt/pest/2004-2005/docs/1990309_pest_rel.pdf

 

» Microsoft Windows SharePoint Services Help 2.0 - http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkId=35839&clcid=0x409

 

» Administrator's Guide for Microsoft Windows SharePoint Services - http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?FamilyID=a637eff6-8224-4b19-a6a4-3e33fa13d230&DisplayLang=en

 

» Windows SharePoint Services V3 – SDK Documentation http://msdn2.microsoft.com/en-us/ms540025(MSDN.10).aspx

 

Best Sellers de Excel do Julio Battisti

Todos com Vídeo Aulas, E-books e Planilhas de Bônus!

Aprenda com Júlio Battisti:
Excel 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos - Passo a Passo

 Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 540 | Editora: Instituto Alpha

 

[Livro]: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados, Tabelas Dinâmicas, Funções Avançadas, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

Livro: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados, Tabelas Dinâmicas, Funções Avançadas, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 952 | Editora: Instituto Alpha

 

Livro: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados, Tabelas Dinâmicas, Funções Avançadas, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

Aprenda com Júlio Battisti: Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passo

 

[LIVRO]: Aprenda com Júlio Battisti: Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1124 | Editora: Instituto Alpha

 

[LIVRO]: Aprenda com Júlio Battisti: Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passo

Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 - Curso Completo - Do Básico ao Avançado, Incluindo Macros e Programação VBA - Através de Exemplos Práticos

 

[A BÍBLIA DO EXCEL]: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 - Curso Completo - Do Básico ao Avançado, Incluindo Macros e Programação VBA - Através de Exemplos Práticos Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1338 | Editora: Instituto Alpha

 

[A BÍBLIA DO EXCEL]: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 - Curso Completo - Do Básico ao Avançado, Incluindo Macros e Programação VBA - Através de Exemplos Práticos Passo a Passo

Todos os livros com dezenas de horas de vídeo aulas de bônus, preço especial (alguns com 50% de desconto). Aproveite. São poucas unidades de cada livro e por tempo limitado.

Dúvidas?

Utilize a área de comentários a seguir.

Me ajude a divulgar este conteúdo gratuito!

Use a área de comentários a seguir, diga o que achou desta lição, o que está achando do curso.
Compartilhe no Facebook, no Google+, Twitter e Pinterest.

Indique para seus amigos. Quanto mais comentários forem feitos, mais lições serão publicadas.

Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Novidades e E-books grátis

Fique por dentro das novidades, lançamento de livros, cursos, e-books e vídeo-aulas, e receba ofertas de e-books e vídeo-aulas gratuitas para download.



Institucional

  • Quem somos
  • Garantia de Entrega
  • Formas de Pagamento
  • Contato
  • O Autor
  • Endereço

  • Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda
  • CNPJ: 08.916.484/0001-25
  • Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 Universitário
  • Santa Cruz do Sul/RS
  • CEP 96816-208
  • Atendimento: Telefone: (51) 3717-3796 | E-mail: webmaster@juliobattisti.com.br | Whatsapp: (51) 99627-3434

    Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2017 ®

    [LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

    APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI