NUNCA MAIS PASSE RAIVA POR NÃO CONSEGUIR RESOLVER UM PROBLEMA COM O EXCEL - GARANTIDO!

UNIVERSIDADE DO VBA - Domine o VBA no Excel Criando Sistemas Completos - Passo a Passo - CLIQUE AQUI

Você está em: PrincipalTutoriaisAlmirrivas : Oracle011
Quer receber novidades e e-books gratuitos?

FILTRO DE TUTORIAIS:


Gerenciando o armazenamento do banco de dados – Parte III

 

Objetivos:

 

Este artigo trata das estruturas de armazenamento do Oracle Database 10G Express Edition explica como gerenciar e monitorar a quantidade de memória usada e disponível para as operações do banco de dados e Backup. Os seguintes itens são tratados neste artigo: Estrutura de armazenamento de banco de dados, monitorando o espaço usado, compactando o armazenamento, visualizando as tablespaces, visualizando os redo log files e gerenciando a flash recovery area.

 

Pré-requisitos:

 

Ter o Oracle 10g Database Express instalado.

 

Nota: Este tutorial faz parte do Curso: Oracle – Administração básica.

 

Estruturas relacionadas à recuperação na Flash Recovery Area (continuação)

 

Online Redo Log Files

 

A estrutura crucial para a recuperação de banco de dados é o conjunto de redo log files. Este conjunto de arquivos é conhecido coletivamente como redo log do banco de dados. O redo log é construído por um conjunto de entradas que são chamadas de redo records.

 

A função primária do redo log é armazenar toda e qualquer mudança realizada nos dados do banco de dados. Se houver alguma falha seja no servidor Oracle ou se algum dado for alterado permanentemente no banco de dados às informações podem ser recuperadas utilizando o redo log files.

 

O banco de dados grava os arquivos redo log files de forma circular. Isto significa que quando o arquivo do redo log files atual fica cheio o banco de dados passa para o próximo arquivo red file.  Os redo log files que não estão sendo usados são chamados de inativos. Quando o último arquivo do redo log file for preenchido o banco de dados volta para o primeiro, apagando informações já existentes e continuando o ciclo.

 

Multiplexed Redo Log

 

Para prevenir falhas envolvendo os próprios arquivos de Redo Log o Oracle Database XE permitem a utilização dos multiplexed redo log. Isto significa ter uma ou mais arquivos de redo log idênticos em diferentes locais. Para uma maior segurança estes locais diferentes devem ser em discos diferentes. Mesmo que os arquivos multiplexed redo log files esteja no mesmo disco e na mesma pasta estarão mais protegidos contra falhas do que arquivos simples de redo logi.

 

Multiplexed redo log é implementado criando-se grupos para os redo log files. Um grupo consiste em um Redo Log Files e suas múltiplas cópias. Cada cópia idêntica do redo log file é chamada de membro. Quando o banco de dados escreve em um arquivo do redo log files todos os seus membros são atualizados automaticamente. Cada grupo de redo log files é identificado por um número como group1, group2 e etc.

 

O arquivo redo log file corrente e o inativo  - ou seja, o redo log file corrente e os membros de seus grupo - são chamados de online redo log files desta forma eles se distinguem dos archived redo log files que serão explicados a seguir.

 

A instalação padrão do Oracle Database XE configura dois grupos de redo logs com um membro cada. Isto significa que a configuração padrão do Oracle Database XE não utiliza o Multiplexed Redo Log.

 

Você pode utilizar o multiplex redo log files para proteger os seus dados de falhas futuras.  Lembre-se que o ideal é separar os diversos membros de um redo log files multiplexado em discos diferentes. Tomando como verdade que você deseja criar arquivos de redo log files multiplexados para proteger seus dados contra falhas. Mostramos nos passos a seguir como proceder:

 

1. Move a flash recovery área para um disco diferente (Veremos isso mais adiante)

 

2. Crie um novo membro para cada grupo do redo log na mesma pasta dos datafiles

 

Localização dos arquivos de datafiles

 

 

É preferível mover a flash recovery area para um outro disco a criar um novo membro do grupo de redo log files no mesmo disco. Isto deve ser feito porque a flash area recovery contém os arquivos de backups e os backups devem ser colocados em discos diferentes dos arquivos de datafiles.

 

Observação importante: Quando você multiplexa o redo log files o banco de dados aumenta a quantidade de I/O que ele executa. Dependo da configuração do computador onde o Oracle Database XE  esta instalado isto pode ter impacto na performance do banco.

 

Archived Redo Log Files

 

O Oracle Database XE pode ser configurado para que os arquivos redo log files que forem preenchidos possam ser arquivados através de processos em segundo plano na flash recovery area antes que sejam reutilizados pelo sistema. Redo log files que são arquivados pelo sistema são chamados de archived redo log files.

 

Observação importante: Quando o arquivo de redo log é multiplexado o sistema escolhe um de seus membros para arquivá-lo. Se este arquivo este danificado ou não consegue ser acessado pelo sistema o banco seleciona outra membro para arquivá-lo.

 

Quando o banco de dados é configurado para gerar archived redo log files diz-se que o mesmo esta no modo ARCHIVELOG. Quando um banco de dados não esta configurado para trabalhar desta forma diz-se que eles esta no modo NOARCHIVELOG.

 

As vantagens de usar um banco de dado no modo ARCHIVELOG  são as seguintes:

 

» Quando uma falha no disco causar uma perda de parte ou de todos os dados de um banco de dados, o banco de dados pode ser reconstruído juntamente com todas as suas transações realizadas se você tiver o backup dos datafiles, dos control datafiles  e todos os arquivos de redo log files criados desde o último backup.

 

Os redo log files onlines e os archived contém todos os registros das operações realizadas desde o último backup. Este processo de reconstrução é chamado de media recovery.

 

» Um banco de dados que esteja no modo ARCHIVELOG pode ser backupeado quando estiver online.

 

Um banco de dados que esteja no modo NOARCHIVELOG pode ser backupeado enquanto esta montado, mas não enquanto esta em uso logo depois de um SHUTDOWN ou de um SHUTDOWN IMMEDIATE. Sua aplicação fica indisponível durante o processo de backup em um banco de dados que esteja operando no modo NOARCHIVELOG.

 

Quando um banco de dados esta no modo ARCHIVELOG os arquivos redo logs precisam de espaços na flash recovery area e a flash recovery area precisa ser monitorada para que não fique sem espaço.

 

O arquivamento de logs é desativado por padrão para simplificar o gerenciamento do banco de dados. Isto significa que o Oracle Database XE protege o seu banco de dados de falhas de instância e de falhas do sistema operacional mas não de falhas de media. A Oracle recomenda que você siga os itens abaixo para uma competa proteção de seus dados.

 

» Ative o ARCHIVELOG modo

 

» Realize backup dos dados com freqüência

 

Observação importante: Se você ativar o ARCHIVELOG modo realize backup com freqüências do banco de dados para evitar que a flash recovery area não fique sem espaço.

 

Monitorando o espaço utilizado

 

Como o Oracle Database Express Edition (Oracle Database XE) é limitado a 4 gigabytes (GB) para dados do usuário é muito importante que você monitore o total de espaço utlizado.

 

Para monitorar o espaço utilizado:

 

1. Acesse a página Database Home Page

 

2. Clique no Usage Monitor do lado direito da página e examine a Storage bar graphic.

 

 

Observação importante: Se o Usage Monitor não aparecer no canto superior da página, clique em Customize na parte superior direita da página para ativar o Usage Monitor.

 

Se você receber um aviso que o espaço em disco esta baixo siga os passos abaixo para resolver o problema:

 

1. Para cada schema

 

» Logue-se no seu schema

» Apague os objetos que não estão sendo utilizados

» Limpe a lixeira

 

2. Compacte o armazenamento

 

Observação importante: Se você conectar ao banco de dados como SYSDBA poderá apagar por completo a lixeira (todos os schemas simultaneamente).

 

Se depois disso você não conseguir espaço livre suficiente pense na possibilidade de migrar para o Oracle Database Standard Edition ou Oracle Database Enterprise Edition.

 

Compactando os objetos armazenados

 

Se você verificar que o espaço disponível para o banco de dados esta baixo você poderá compactar o banco de dados. Compactar o banco de dados significa recuperar o espaço fragmentado do banco de dados. Dependo da situação do seu banco de dados compacta-lo poderá recuperar ou não espaço.

 

A compactação do banco de dados ocorre em um processo na retaguarda por isso não há necessidade de indisponibilizar o banco de dados.  Você pode continuar a utilizar o banco de dados normalmente enquanto a operação de compactação esta sendo realizada. Você pode checar o estado da operação para verificar se ela foi finalizadas.

 

Para compactar o banco de dados:

 

1. Acesse a página Database Home Page

 

2. Clique no ícone Administration e em seguida clique no link Storage

 

Se for solicitado a você que informe o nome de usuário e senha informe um usuário e senha que tenham privilégios administrativos e em seguida clique em Login

 

A página de Storage será mostrada.

 

3. Na lista de tarefas clique no ícone Compact Storage

 

A página abaixo é mostrada:

 

 

4. Clique em Compact Storage

 

A Storage Page reaparece mostrando uma mensagem de confirmação que o serviço de compactação vai ser executado.

 

5. (Opcionalmente) Na lista de tarefas, clique em Compact Storage  para ver o status da compactação.

 

 

Se o status da compactação não for mostrado significa que a compactação foi encerrada.

 

Quer receber novidades e e-books gratuitos?

Cursos Online

  • Banco de Dados
  • Carreira
  • Criação/Web
  • Excel/Projetos
  • Formação
  • + Todas as categorias
  • Essential SSL

    Contato: Telefone: (51) 3717-3796 | E-mail: webmaster@juliobattisti.com.br | Whatsapp: (51) 99627-3434

    Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda | CNPJ: 08.916.484/0001-25 | Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 - Universitário, Santa Cruz do Sul/RS, CEP: 96816-208

    Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2020 ®

    [LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

    APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI