NUNCA MAIS PASSE RAIVA POR NÃO CONSEGUIR RESOLVER UM PROBLEMA COM O EXCEL - GARANTIDO!

UNIVERSIDADE DO VBA - Domine o VBA no Excel Criando Sistemas Completos - Passo a Passo - CLIQUE AQUI

Você está em: PrincipalTutoriaisAlmirrivas : Oracle008
Quer receber novidades e e-books gratuitos?

FILTRO DE TUTORIAIS:


Gerenciando conexões à rede – Parte III

 

Gerenciando a memória de banco de dados – Parte I

 

Objetivos:

 

Este artigo trata do gerenciamento de conexões de rede ao banco Oracle Database Express Edition. O trabalho do listener o do Oracle Net. Como iniciar e para o listener, como verificar se status e suas propriedades. Como mudar suas portas de comunicação. Como ativar a conexão remota ao Oracle Database XE via http. E uma introdução ao gerenciamento de memória do banco de dados.

 

Pré-requisitos:

 

Ter o Oracle 10g Database Express instalado.

 

Nota: Este tutorial faz parte do Curso: Oracle – Administração básica.

 

Mudando o número da porta do listener (continuação)

 

Mudando a porta do listener para requisições http

 

Quando você mudar a porta de requisição http certifique-se que no futuro todo requisição http   utilize a nova porta.

 

Por exemplo, se você mudar a porta de requisições HTTP para 8087 certifique-se que a próxima vez que você tentar acessar a Database Home Page local você utilizará o seguinte endereço:

 

http://127.0.0.1:8087/apex

 

Observações importantes: Quando você muda a porta de requisições HTTP a o link Go To Database Home Page do menu Oracle Database 10g Express Edition não abrirá mais a página Database Home Page. O procedimento seguinte contém passos opcionais que você pode executar para reconfigurar que o link volte a acessar a Database Home Page.

 

Para mudar a porta de requisição HTTP siga os seguintes passos:

 

1. Faça uma das seguintes ações abaixo

 

» No Linux: Inicie uma sessão de terminal e log no servidor Oracle Database XE com a conta oracle

 

» No Windows: Logue-se no servirdor Oracle Database XE com o usuário que utilizou para instalar o Oracle Database XE

 

2. Somente no Linux: Certifique-se que as variáveis de ambiente estão definidas corretamente

 

3. Certifique-se de que o listener esta funcionando

 

4. Entre com o seguinte comando na linha de comando para iniciar o SQL COmmand Line (SQL Plus)

 

sqlplus /nolog

 

5. No SQL Command Line (SQL Plus) digite o seguinte commando

 

connect system/password

 

Onde password é a senha que você cadastrou quando instalou o Oracle Database 10g Express Edition

 

6. No SQL Command Line (SQL Plus) entre com o seguinte commando:

 

EXEC DMBS_XDB.SETHTTPPORT(nnnn);

 

Onde nnnn representa o novo número da porta usada para receber as requisições HTTP. Tenha certeza que você escolheu uma porta que ainda não esta em uso.

 

Por exemplo, para usar a porta 8087 para as requisições HTTP entre com o seguinte comando:

 

EXEC DMBS_XDB.SETHTTPPORT(8087);

 

Se o commando for executado com sucesso a seguinte mensagem será mostrada:

 

 

7. Sai do SQL Command Line (digitando exit na linha de comando) e verifique o status do listener

 

8. (Opcional) Para permitir que o atalho Go Database Home Page continue a executar a Database Home Page faz-se necessário mudar a porta no script que executado quando o atalho é acionado. A tabela a seguir mostra o script que você deve mudar em cada plataforma

 

 

Ativando conexão remota via HTTP ao banco de dados

 

Depois da instalação do Oracle Database 10g Express Edition apenas o computador local acessará ao banco de dados via http. Isto significa que o usuário remoto não acessará a interface gráfica do Oracle Database 10g Express Edition. Como administrador você pode ativar o acesso ao http remotamente permitindo assim ao usuário remoto acessar a interface gráfica do Oracle Database 10g Express Edition.

 

Observação importante: Quando o acesso via HTTP é disponibilizado para usuário remotos todos os dados que trafegam entre um computador e outro são feitos de forma insegura. Sem criptografia. Isto significa que dados como senha e nome de usuário  transitam na rede sem nenhuma segurança.

 

Há dois caminhos para ativar a conexão HTTP ao Oracle Database 10g Express Edition

 

» Através da página Manage HTTP Acess na inteface gráfica do Oracle Database 10g Express Edition

 

» No SQL Command Line (SQL Plus) usando um pacotes de procedures PL/SQL.

 

Ativando o acesso remoto via HTTP utilizando a página Manage HTTP Access

 

Para ativar o acesso via HTTP utilizando a página Manage HTTP Acess siga os seguinte passos:

 

1. Acesse a Database Home Page

 

2. Clique no ícone Administration

 

A página da administração será exibida

 

3. Na lista de tarefas do lado direito da página clique em Manage HTTP Access

 

Se lhe for solicitada as credenciais do administrador digite o usuário system e a senha configurada por você no momento da instalação do Oracle Database 10g Express Edition e clique em Login.

 

A página Manage HTTP Access será exibida

 

 

4. Selecione a opção Available from local server and remote clients e clique em Apply Changes

 

Ativando o acesso remoto via HTTP utilizando o SQL Command Line

 

Para  ativar o acesso remoto via HTTP utilizando o SQL Command Line

 

1. Inicie o SQL Command Line e conecte ao banco de dados usando o usuário SYSTEM e a senha que você escolheu quando instalou o Oracle Database 10g Express Edition.

 

2. Na linha de comando do SQL Command Line entre com o seguinte comando:

 

exec dbms_xdb.setlistenerlocalaccess(false);

 

Gerenciando a memória do banco de dados – Parte I

 

Esta seção proporciona um conjunto de informações para gerenciamento de memória do Oracle Database 10g Express Edition e descreve como ajustar a alocação de memória.

 

Sobre o gerenciamento de memória

 

Visão geral da alocação de memória

 

Para suportar as operações de banco de dados o Oracle Database XE precisa iniciar um conjunto de processos chamados processos de background e precisa alocar alguma memória para o computador que hospeda o Oracle Database 10g Express Edition. Os processos de background e a alocação de memória juntos fazem a Oracle instance.

 

A dois tipos de memória que o Oracle Instance aloca:

 

» System Global Área (SGA) - A memória compartilhada que contém data buffers e controla as informações das instâncias. O SGA é dividido em área de buffer a pools de dados.

 

» Program Global Área (PGA) – A área de memória usada por um único processo do servidor Oracle. Um processo do servidor Oracle é um serviço que um cliente requisita. O Oracle Database XE cria um novo processo de servidor  cada vez que uma requisição de nova conexão é efetuada.

 

A figura abaixo ilustra a alocação de memória do Oracle Databse XE

 

 

O total de memória alocada para o SGA e PGA afeta diretamente a performance do seu banco de dados. O tamanho SGA e PGA são configurados no momento da instalação do Oracle Database XE.

 

Componentes SGA

 

Existem no SGA diversos componentes que são listados na tabela abaixo. O Oracle Database XE configura automaticamente o tamanho de cada uma destes componentes no momento da instalação.

 

 

Quer receber novidades e e-books gratuitos?

Cursos Online

  • Banco de Dados
  • Carreira
  • Criação/Web
  • Excel/Projetos
  • Formação
  • + Todas as categorias
  • Essential SSL

    Contato: Telefone: (51) 3717-3796 | E-mail: webmaster@juliobattisti.com.br | Whatsapp: (51) 99627-3434

    Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda | CNPJ: 08.916.484/0001-25 | Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 - Universitário, Santa Cruz do Sul/RS, CEP: 96816-208

    Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2020 ®

    [LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

    APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI