[MEU 50º LIVRO]: BANCOS DE DADOS E ACESS - CURSO COMPLETO - DO BÁSICO AO VBA - 1602 páginas

Páginas: 1602 | Autor: Júlio Battisti | 40% de Desconto e 70h de Vídeo Aulas de Bônus

Você está em: PrincipalArtigosWindows 2003 Server › Capítulo 22 : 04
Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››
« Lição anterior Δ Página principal ¤ Capítulos Próxima lição »
WINDOWS 2003 SERVER - CURSO COMPLETO
Autor: Júlio Battisti


Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory - Curso Completo, 2100 Páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!

Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory

Curso Completo, 2100 páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!


Lição 188 - Capítulo 22 - Segurança e serviços de rede: A Registry do Windows Server 2003

Pré-Requisitos: Conhecimento básico do Windows Server 2003 e do processo de boot.
Metodologia: Descrição da registry do Windows Server 2003 e das ações práticas.
Técnica: Exemplos passo-a-passo de utilização da Registry.

A Registry é um banco de dados (hierárquico), onde o Windows Server 2003 armazena uma série de informações de configurações sobre o Hardware e o Software do computador. Informações importantes de inicialização do Sistema Operacional estão contidas na Registry; se o Windows Server 2003 não puder acessar estas informações, não será possível fazer a inicialização do Sistema. As informações necessárias para a inicialização de drivers de hardware, de inicialização e carga de serviços, também estão armazenadas na Registry. A maioria dos aplicativos, ao serem instalados, armazenam informações na Registry do Windows Server 2003. Estas informações são necessárias para o correto funcionamento das respectivas aplicações.

Em resumo, a Registry é um banco de dados com informações vitais para o funcionamento do Windows Server 2003 e dos aplicativos instalados.

Importante: A maioria dos usuários provavelmente não necessite ter acesso e fazer alterações na Registry. Já para o Administrador do sistema e para os técnicos de suporte a Registry é uma ferramenta importante, a qual deve ser bem conhecida. Também é importante salientar que alterações incorretas, feitas na Registry, podem fazer com que o Windows Server 2003 deixe, inclusive, de inicializar. Por isso que somente devem ter acesso a fazer alterações na Registry, os usuários com o conhecimento adequado e que saibam exatamente o significado das alterações que estão fazendo.

As informações da Registry estão armazenadas na seguinte pasta: C:\WINDOWS\system32\config. Supondo que o Windows Server 2003 esteja instalado no drive C:, na pasta C:\Windows.

A seguir descrevo algumas características gerais da Registry:

  • As informações da Registry são divididas em categorias. Por exemplo, existe uma categoria na qual estão configurações do computador, ou seja, que são aplicadas a qualquer usuário que fizer o logon no computador. Existe uma outra categoria onde estão configurações de usuários, onde é mantido um conjunto de configurações separado para cada usuário. Por isso que é possível manter um ambiente personalizado para cada usuário. Observe que esta separação entre configurações do computador e configurações do usuário é o mesmo princípio utilizado pelo recurso de Group Policy, visto no Capítulo 18. Não poderia deixar de ser desta maneira, uma vez que o recurso de GPO trabalha intimamente relacionado com a Registry. Quando as configurações de uma GPO são aplicadas a um computador ou usuário, o que está sendo feito é aplicar uma série de alterações na Registry, alterando-a de acordo com as opções que foram definidas na GPO que está sendo aplicada.
  • Os dados da Registry são gravados em arquivos binários, na pasta %Windir%\system32\config, onde %Windir%\ representa a pasta onde o Windows Server 2003 foi instalado. A única maneira de ter acesso a estes dados é utilizando o editor da Registry, conforme você aprenderá mais adiante ou usando programação. Por exemplo, em linguagens de programação como Delphi e VB.NET, dentre outras, você tem comandos para ler informações na Registry, criar novas chaves, alterar o valor de chaves existentes e assim por diante.
  • As entradas da Registry onde são armazenados os valores, são conhecidas como chaves. Cada chave é definida como de um determinado tipo de dado (que serão descritos mais adiante). Também é possível definir permissões de acesso aos elementos da Registry, de tal maneira que seja possível restringir quais usuários tem permissão a um ou mais conjuntos de chaves.

Acessando e alterando informações na Registry do Windows Server 2003.

Vamos ver um exemplo prático, no qual iremos navegar através das diversas opções da Registry e aprender a executar algumas operações.

Exemplo: Acessando a Registry do Windows Server 2003.

1.         Faça o logon como Administrador ou com uma conta do tipo Administrador do computador.
2.         Selecione o comando Start -> Run (Iniciar -> Executar). A janela Run (Executar) será aberta.
3.         No campo Abrir digite regedt32 e clique em OK.
4.         O Registry Editor (Editor do Registro) será aberto, conforme indicado na Figura 22.7.

Windows 2003 Server - Curso Completo - Julio Battisti
Figura 22.7 O editor da Registry do Windows Server 2003.

O banco de dados de Registry é um banco de dados hierárquico. Usando o Editor de Registro podemos navegar através do banco de dados da Registry, o qual é acessado na forma de uma estrutura de árvore de navegação, exatamente igual a estrutura de pastas e subpastas exibida no Windows Explorer.

O banco de dados da Registry está dividido em cinco grandes segementos, os quais são a seguir descritos. Estes segmentos são chamados de subchaves da Registry.

Descrição das subchaves da Registry:

  • HKEY_CLASSES_ROOT: É uma subchave de HKEY_LOCAL_MACHINE\Software, porém é exibida no primeiro nível para facilitar o acesso. As informações armazenadas nesta subchave garantem que o programa correto será aberto quando você abrir um arquivo usando o Windows Explorer. Em outras palavras, nesta subchave estão informações que associam uma determinada extensão de arquivo com o respectivo programa (.doc com o Word, .xls com o Excel e assim por diante). Por exemplo, quando você dá um clique duplo no ícone de um arquivo .doc, o Windows abre o Word e carrega o arquivo. Isto acontece porque o Windows associa a extensão do arquivo - .doc, com o Microsoft Word. Esta associação é feita através de informações gravadas nesta subchave, informações estas que relacionam as extensões dos arquivos com os respectivos programas. Por exemplo: arquivos .xls com o Microsoft Excel, arquivos .mdb com o Microsoft Access, arquivos .txt com o Bloco de Notas e assim por diante.
  • HKEY_CURRENT_USER: Contém a base das informações de configuração para o usuário que estiver logado no momento. As configurações de pastas, de cores de tela e do Painel de controle do usuário são armazenadas aqui. Essas informações são chamadas de perfil do usuário. Conforme descrito no Capítulo 9, o Windows Server 2003 mantém um ambiente personalizado para cada usuário que faz o logon no comutador. Este ambiente é mantido através de uma estrutura de pastas e subpastas dentro da pasta Documents and Settings, da partição onde o Windows Server 2003 está instalado. As informações que definem o ambiente do usuários são carregadas para esta subchave da Registry, quando o usuário faz o logon.
  • HKEY_LOCAL_MACHINE: Contém informações de configurações específicas do computador, independentemente do usuário que estiver logado. Por exemplo informações sobre os aplicativos instalados (HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE), sobre o control set a ser utilizado (HKEY_LOCAL_MACHINE\SYSTEM\CurrentControlSet) e assim por diante.
  • HKEY_USERS: Contém a base de todos os perfis do usuário no computador. HKEY_CURRENT_USER é uma subchave de HKEY_USERS.
  • HKEY_CURRENT_CONFIG: Contém informações sobre o perfil de hardware usado pelo computador na inicialização do sistema.

Nota: Para cada subchave destas existem dezenas, centenas de outras opções, sendo que cada opção pode levar a novas ramificações e novos valores de itens da registry. Existem livros inteiros somente sobre a Registry do Windows Server 2003.

A forma de navegação da Registry é idêntica a do Windows Explorer. Você clica no sinal de + ao lado de um chave e o Windows Server 2003 exibe as opções da respectiva chave. Algumas opções podem levar a outras. A forma de navegação é exatamente a mesma do Windows Explorer, onde vamos acessando pastas, subpastas e os arquivos de cada pasta. Ao acessar uma opção da Registry, no painel do lado direito são exibidos os diversos itens da opção selecionada. Um item, também chamado de entrada da registry, contém um valor associado. Antes de prosseguirmos, vamos definir os diversos tipos de componentes da Registry:

  • Sub-árvore (Subtree): Uma sub-árvore representa para a Registry, o mesmo conceito que a pasta raiz representam para um volume no Windows Explorer. Uma sub-árvore é uma divisão lógica da Registry. Por padrão existem as seguintes sub-árvores: HKEY_LOCAL_MACHINE e HKEY_USERS. Porém para facilitar a localização e edição das informações, o Editor de Registro exibe as informações divididas em cinco sub-árvores: HKEY_CLASSES_ROOT, HKEY_CURRENT_USER, HKEY_LOCAL_MACHINE, HKEY_USERS e HKEY_CURRENT_CONFIG. Na prática é apenas uma maneira de facilitar a visualização,já que existem sub-árvores que, na prática, são parte integrante de outras. Como por exemplo a sub-árvore HKEY_CURRENT_USER que faz parte da sub-árvore HKEY_USERS.
  • Chaves e subchaves: Cada sub-árvore pode ser dividida em chaves e subchaves. Este conceito é idêntico a divisão de um volume em pastas e subpastas. Por exemplo, existe a sub-árvore HKEY_LOCAL_MACHINE já descrita anteriormente, dentro da qual existem as chaves HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE, HKEY_LOCAL_MACHINE\SYSTEM, e assim por diante. Dentro da chave HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE podem existir outras sub-chaves e assim por diante. É esta subdivisão que caracteriza o formato hierárquico da Registry.
  • Entrada: Uma entrada é um item da Registry que possui um valor a ele associado. Dentro de uma chave ou subchave podem existir diversas entradas. Cada entrada possui um valor associado. Por exemplo considere a seguinte entrada: HKEY_CURRENT_USER\Control Panel\Keyboard\InitialKeyboardIndicators=2

Estamos na sub-árvore HKEY_CURRENT_USER, dentro da qual estamos na chave Control Panel, dentro da qual na subchave Keyboard.  Dentro da subchave Keyboard estamos considerando a entrada InitialKeyboardIndicators=2, a qual tem um valor definido como 2.

Nota: A entrada InitialKeyboardIndicators define se a tecla NumLook aparecerá ligada ou desligada durante a inicialização do Windows Server 2003. A maioria dos usuários espera que esta tecla esteja ligada durante a inicialização, principalmente para usuários que fazem o logon em uma rede baseada no Windows 2000 Server ou Windows NT Server e utilizam dígitos como parte da senha. Se a tecla NumLook estiver desligada o teclado numérico estará desabilitado, sendo que os números deverão ser digitados nas teclas numéricas do teclado tradicional. O valor 2 indica que a tecla NumLook deve ser ligada durante a inicialização do Windows Server 2003. Este exemplo nos dá uma boa noção sobre a variedade de aspectos que são controlados pela Registry. Conforme já descrito anteriormente, está fora do escopo deste livro uma ampla descrição das entradas da Registry. Existem livros, até o momento apenas em Inglês, somente sobre a Registry do Windows 2000 e outros sobre a Registry do Windows Server 2003.

Existem diferentes tipos de entradas que podem ser criadas. Para cada tipo de entrada existe um conjunto de valores possíveis. Ao definir o tipo associado com uma Entrada da Registry estamos definindo os valores que podem ser atribuídos a respectiva entrada. No Windows Server 2003 temos os seguintes tipos possíveis de entrada da Registry:

a.         REG_SZ: Define a entrada como sendo do tipo String, ou seja, esta entrada aceita valores do tipo Texto.

b.         REG_BINARY: Esta entrada deve receber um valor na forma de uma String de dígitos Hexadecimais, como por exemplo: 0C 12 B6 D4. Cada par de valores Hexadecimais é interpretado como um byte.

c.         REG_DWORD: Esta entrada deve receber um valor na forma de uma String de 1 a 4 bytes Hexadecimais, como por exemplo: 0C 12 B6 D4. Este tipo de chave é normalmente utilizado para valores do tipo ligado/desligado, on/off, onde 0 indica desligado e 1 indica ligado.

d.         REG_MULTI_SZ: Este tipo de entrada aceita múltiplos valores. Por exemplo, a lista de servidores DNS e a lista de servidores WINS, configurados nas propriedades do protocolo TCP/IP, são armazenados em uma chave do tipo REG_MULTI_SZ.

e.         REG_EXPAND_SZ: Semelhante a REG_SZ, com a diferença que este tipo de entrada pode conter um variável que é substituída pelo valor associado. Por exemplo, podemos criar uma chave deste tipo que contém a variável %CurrentUser%. Quando o usuário faz o logon, o valor desta entrada é definido como sendo o nome de logon do usuário atual, através da substituição da variável %CurrentUser% pelo respectivo nome de logon do usuário atual.

  • Hive: Uma Hive é um conjunto definido de Chaves, subchaves e as respectivas entradas, conjunto este normalmente associado a um determinado assunto, como por exemplo segurança. As entradas associadas a uma Hive são gravadas em um mesmo arquivo, na pasta %systemroot%\ System32\Config. Para cada Hive é criado um arquivo com o nome da Hive e sem extensão e um arquivo com o nome da Hive e a extensão .log. Por exemplo, para a Hive SECURITY, são criados os arquivos SECURITY e SECURITY.LOG, conforme indicado na Figura 18.2

Windows 2003 Server - Curso Completo - Julio Battisti
Figura 22.8 Arquivos associados a Hive SECURITY.

5.         Clique no sinal de + ao lado de HKEY_CURRENT_USER para exibir as opções desta sub-árvore.
6.         Nas opções que são exibidas, abaixo de HKEY_CURRENT_USER, clique no sinal de + ao lado da chave Control Panel. Serão exibidas as subchaves de Control Panel.
7.         Nas subchaves de Control Panel clique em Keyboard, para exibir as entradas desta subchave. Observe no Painel da direita que são exibidas as entradas para a subchave Keyboard, conforme indicado na Figura 22.9.

Windows 2003 Server - Curso Completo - Julio Battisti
Figura 22.9 As entradas da subchave HKEY_CURRENT_USER\Control Panel\Keyboard\.

8.         Verifique se o valor da entrada InitialKeyboardIndicators está definido em 2. Se não estiver, vamos edita-lo, a título de exemplo.
9.         Para editar uma entrada da Registry basta dar um clique duplo na respectiva entrada que o Windows Server 2003 exibe uma janela com o valor atual da entrada. Nesta janela você pode alterar o valor desejado, conforme indicado na Figura 22.10.

Windows 2003 Server - Curso Completo - Julio Battisti
Figura 22.10 Editando o valor da entrada InitialKeyboardIndicators.

10.       Se o valor estiver diferente de 2 digite 2 e clique em OK. Você estará de volta ao Editor da Registry.

Em determinadas situações pode ser que seja necessária a criação de novas chaves ou de novas entradas na Registry. Na prática, a maioria das chaves da Registry são criadas, automaticamente, pelo Windows Server 2003 e pelos aplicativos quando estes são instalados. Porém em determinadas situações pode ser necessária a criação de chaves ou entradas diretamente na Registry. Você deve tomar muito cuidado com este procedimento e somente criar chaves ou entradas quando este procedimento for recomendado pela documentação do Windows Server 2003, pela documentação do aplicativo ou pelo manual de algum dispositivo de hardware.

Para criar uma nova chave ou entrada, basta clicar com o botão direito do mouse no local onde a chave/entrada deve ser criada e selecionar o comando New(Novo). Será exibido um menu de opções onde você pode selecionar se deseja criar uma nova chave ou uma nova entrada de um dos cinco tipos descritos anteriormente, conforme indicado na Figura 22.11.

Windows 2003 Server - Curso Completo - Julio Battisti
Figura 22.11 Criando novas chaves/entradas na Registry.

Para excluir uma chave ou entrada da Registry basta clicar no elemento a ser excluído e pressionar o botão Delete. Cuidado que ao excluir uma chave, todas as suas subchaves e respectivas entradas serão excluídas. Todos os cuidados que foram recomendados para a adição e alteração de chaves e entradas também são válidas, só que em dobro, para a exclusão. Se você excluir, por engano, chaves utilizadas pelo Windows Server 2003, poderemos ter situações em que o Windows Server 2003 não poderá mais reinicializar corretamente.

Podem existir situações em que partes inteiras da Registry de um computador tenha que ser copiadas para um computador semelhante. Esta por exemplo é uma maneira rápida de copiar as configurações da registry feitas em um servidor para vários outros servidores, sem ter que repetir as configurações manualmente em cada servidor. Para copiar partes da Registry utilizamos os seguintes passos:

  • No computador de origem exporte a parte da registry a ser copiada para outro (ou outros) computador. Para exportar uma chave e suas subchaves, basta clicar com o botão direito do mouse na chave a ser exportada. No menu que é exibido clique em Export (Exportar). Será exibida a janela Export Registry File (Exportar arquivo de Registro). Nesta janela você define a pasta e o nome do arquivo onde as configurações serão salvas. As configurações são salvas em um arquivo .reg.
  • No computador de origem, onde as configurações devem ser copiadas basta abrir o Windows Explorer,  localizar o arquivo .reg, gerado no passo anterior e dar um clique duplo no arquivo. O Windows Server 2003 emite uma mensagem pedindo a confirmação para a importação das entradas contidas no arquivo .reg para a Registry do sistema, conforme indicado na Figura 22.12. Clique em Yes (Sim) e as entradas serão importadas.

Windows 2003 Server - Curso Completo - Julio Battisti
Figura 22.12 Importando as entradas de um arquivo .reg.

Existem permissões associadas com as chaves e subchaves da Registry. Através das permissões o Windows Server 2003 controla quais usuários e grupos podem acessar, alterar e, até mesmo, excluir chaves e subchaves da registry. Para configurara as permissões associadas a uma chave basta localizar a respectiva Chave, clicar com o botão Direito do mouse e, no menu que é exibido, clicar em Permissions... (Permissões). Será exibida a janela de Permissões para chave selecionada, janela esta indicada na Figura 22.13. Esta janela de permissões é semelhante a janela de permissões para pastas e subpastas, descrita no Capítulo 11. É possível, inclusive, definir auditoria em chaves da Registry, para que fique registrado quais usuários fizeram acesso e quais as operações executadas por cada usuário. A auditoria é definida para cada chave individualmente. As configurações de Auditoria são acessadas através do botão Avançado.

Windows 2003 Server - Curso Completo - Julio Battisti
Figura 22.13 Janela para definir permissões na Registry.

Você também pode se conectar com a Registry de outros computadores da rede, desde que tenha a devida permissão para isso. Para se conectar com a Registry de outro computador basta utilizar o comando File -> Connect Network Registry... (Arquivo -> Conectar registro da rede...) Será exibida a janela Selecionar computador. Digite o nome do computador do qual você deseja acessar a Registry, conforme exemplo da Figura 22.14 e clique em OK.

Windows 2003 Server - Curso Completo - Julio Battisti
Figura 22.14 Conectando com a Registry de outro computador, remotamente.

O Editor de Registro faz a conexão e exibe as informações da Registry do computador remoto, conforme indicado na Figura 22.15.

Windows 2003 Server - Curso Completo - Julio Battisti
Figura 22.15 Informações da Registry de outro computador da rede (Servidor).

11.       Feche o Editor de Registro.
12.       Reinicialize o Windows Server 2003 e verifique se a tecla NumLook é ligada automaticamente, mesmo antes de você fazer o logon no Windows Server 2003. Isto comprova que a alteração que fizemos na Registry, definindo o valor da chave HKEY_CURRENT_USER\Control Panel\Keyboard\InitialKeyboardIndicators=2 está funcionando corretamente.


Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory - Curso Completo, 2100 Páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!

Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory

Curso Completo, 2100 páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!


« Lição anterior Δ Página principal ¤ Capítulos Próxima lição »

Best Sellers de Excel do Julio Battisti

Todos com Vídeo Aulas, E-books e Planilhas de Bônus!

Aprenda com Júlio Battisti:
Excel 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos - Passo a Passo

 Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 540 | Editora: Instituto Alpha

 

[Livro]: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados, Tabelas Dinâmicas, Funções Avançadas, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

Livro: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados, Tabelas Dinâmicas, Funções Avançadas, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 952 | Editora: Instituto Alpha

 

Livro: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados, Tabelas Dinâmicas, Funções Avançadas, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

Aprenda com Júlio Battisti: Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passo

 

[LIVRO]: Aprenda com Júlio Battisti: Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1124 | Editora: Instituto Alpha

 

[LIVRO]: Aprenda com Júlio Battisti: Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passo

Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 - Curso Completo - Do Básico ao Avançado, Incluindo Macros e Programação VBA - Através de Exemplos Práticos

 

[A BÍBLIA DO EXCEL]: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 - Curso Completo - Do Básico ao Avançado, Incluindo Macros e Programação VBA - Através de Exemplos Práticos Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1338 | Editora: Instituto Alpha

 

[A BÍBLIA DO EXCEL]: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 - Curso Completo - Do Básico ao Avançado, Incluindo Macros e Programação VBA - Através de Exemplos Práticos Passo a Passo

Todos os livros com dezenas de horas de vídeo aulas de bônus, preço especial (alguns com 50% de desconto). Aproveite. São poucas unidades de cada livro e por tempo limitado.

Dúvidas?

Utilize a área de comentários a seguir.

Me ajude a divulgar este conteúdo gratuito!

Use a área de comentários a seguir, diga o que achou desta lição, o que está achando do curso.
Compartilhe no Facebook, no Google+, Twitter e Pinterest.

Indique para seus amigos. Quanto mais comentários forem feitos, mais lições serão publicadas.

Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Novidades e E-books grátis

Fique por dentro das novidades, lançamento de livros, cursos, e-books e vídeo-aulas, e receba ofertas de e-books e vídeo-aulas gratuitas para download.



Institucional

  • Quem somos
  • Garantia de Entrega
  • Formas de Pagamento
  • Contato
  • O Autor
  • Endereço

  • Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda
  • CNPJ: 08.916.484/0001-25
  • Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 Universitário
  • Santa Cruz do Sul/RS
  • CEP 96816-208
  • Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2017 ®

    [LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

    APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI