[LIVRO]: Tudo Sobre GPOs no Windows Server 2008, 2012 e 2016 - 654 páginas + 40 Brindes - CLIQUE AQUI

Páginas: 654 | Autores: Júlio Battisti e Diego Lima | 50% de Desconto e 40 Excelentes Bônus!

Você está em: PrincipalArtigosWindows 2003 Server › Capítulo 21 : 07
Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Conheça o Júlio Battisti

Julio Battisti - Autor de mais de 25 livros de informática Júlio Battisti tem mais de 40 livros publicados, dezenas de e-books e é certificado Microsoft.

Loja Virtual do Site

Windows Server 2008 - Inscreva-se já!

Curta Nossa Fanpage

LIVROS MAIS VENDIDOS:

« Lição anterior Δ Página principal ¤ Capítulos Próximo capítulo »
WINDOWS 2003 SERVER - CURSO COMPLETO
Autor: Júlio Battisti


Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory - Curso Completo, 2100 Páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!

Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory

Curso Completo, 2100 páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!


Lição 184 - Capítulo 21 - Conclusão

Iniciei o capítulo aprofundando um pouco mais (em relação ao que foi visto no Capítulo 16) sobre a teoria de roteamento. Falei sobre os protocolos dinâmicos de roteamento: RIP e OSPF e também sobre o roteamento em grandes redes, onde o melhor exemplo é a própria Internet. Fiz uma comparação entre RIP e OSPF, mostrando as vantagens e desvantagens de cada um. O ponto principal é entender quando se utiliza um e quando se utiliza outro.

Você aprendeu que o protocolo RIP tem sérias limitações, as quais impedem o seu uso em redes de grande porte. Para redes maiores é utilizado o protocolo OSPF, onde a rede é dividida em grandes sistemas autônomos e cada sistema autônomo é dividido em áreas. Dentro de cada área, um dos roteadores OSPF é eleito como roteador designado. Existe também os roteadores de borda, que ligam a área ao backbone do sistema autônomo. Também existem protocolos que fazem o roteamento entre diferentes sistemas autônimos, como o BGP e o IGRP.

Na seqüência apresentei o conceito de Dial-in routing, algo que me arrisco a traduzir como “Roteamento de discagem sob demanda”. Mostrei que existem diferentes opções de configuração e em que situação cada uma se aplica. Por exemplo, não é aconselhável o uso de protocolos de roteamento dinâmico em uma interface de roteamento de discagem sob demanda. Pois estes protocolos trocam informações periodicamente e isso faria com que a todo instante fosse iniciada a conexão.

Na parte prática você aprendeu a configurar o RRAS para fazer o roteamento IP. Você aprendeu a instalar e a configurar os protocolos RIP v2 e OSPF. Também mostrei como habilitar estes protocolos em cada interface do servidor RRAS. Você também aprenderá a configurar o Dial-in routing.

Para finalizar o capítulo foi a vez de falar sobre o protocolo IPSec. Inicialmente apresentei a fundamentação teórica sobre IPSec, para que o leitor possa entender exatamente o que é o IPSec e quando utiliza-lo. Mostrei que este protocolo é configurado/habilitado através do uso de políticas de segurança e que existem diferentes modelos de políticas de segurança disponíveis no Windows Server 2003.

O IPSec é um conjunto de padrões utilizados para garantir uma comunicação segura entre dois computadores, mesmo que as informações estejam sendo enviadas através de um meio não seguro, como por exemplo a Internet. Observe que esta definição é parecida com a definição de VPN apresentada no Capítulo 19. Por isso que a combinação L2TP/IPSec é uma das opções para a criação de conexões do tipo VPN (veja Capítulo 19).

O IPSec é baseado em um modelo ponto-a-ponto, no qual dois computadores, para trocar informações de maneira segura, usando IPSec, devem “concordar” com um conjunto comum de regras e definições do IPSec. Com o uso do IPSEc e das tecnologias associadas, os dois computadores são capazes de se autenticar mutuamente e manter uma comunicação segura, com dados criptografados, mesmo usando um meio não seguro, como a Internet.

No próximo capítulo você aprenderá sobre assuntos relacionados ao funcionamento do Windows Server 2003, o processo de boot do Windows, a Registry e outras ações relacionados a contingência e a recuperação a desastres.


Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory - Curso Completo, 2100 Páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!

Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory

Curso Completo, 2100 páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!


« Lição anterior Δ Página principal ¤ Capítulos Próximo capítulo »

Best Sellers do Júlio Battisti

Todos os livros com dezenas de horas de vídeo aulas de bônus, preço especial (alguns com 50% de desconto). Aproveite! São poucas unidades de cada livro e por tempo limitado.

Dúvidas?

Utilize a área de comentários a seguir.

Me ajude a divulgar este conteúdo gratuito!

Use a área de comentários a seguir, diga o que achou desta lição, o que está achando do curso.
Compartilhe no Facebook, no Google+, Twitter e Pinterest.

Indique para seus amigos. Quanto mais comentários forem feitos, mais lições serão publicadas.

Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Cursos Online

  • Banco de Dados
  • Carreira
  • Criação/Web
  • Excel/Projetos
  • Formação
  • + Todas as categorias
  • Contato: Telefone: (51) 3717-3796 | E-mail: webmaster@juliobattisti.com.br | Whatsapp: (51) 99627-3434

    Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda | CNPJ: 08.916.484/0001-25 | Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 - Universitário, Santa Cruz do Sul/RS, CEP: 96816-208

    Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2018 ®

    [LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

    APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI