[MEU 50º LIVRO]: BANCOS DE DADOS E ACESS - CURSO COMPLETO - DO BÁSICO AO VBA - 1602 páginas

Páginas: 1602 | Autor: Júlio Battisti | 40% de Desconto e 70h de Vídeo Aulas de Bônus

Você está em: PrincipalArtigosWindows 2003 Server › Capítulo 14 : 04
Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››
« Lição anterior Δ Página principal ¤ Capítulos Próxima lição »
WINDOWS 2003 SERVER - CURSO COMPLETO
Autor: Júlio Battisti


Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory - Curso Completo, 2100 Páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!

Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory

Curso Completo, 2100 páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!


Lição 130 - Capítulo 14 - Know-how em: Utilização do console Performance (Desempenho) - Parte 2

Exemplo 1: Configurar o serviço de logs e alertas para monitorar a taxa de ocupação do Processador.

Serão monitorados os seguintes contadores:

  • %Processor Time
  • Interrupts/sec

Os dados deverão ser obtidos em intervalos de 05 segundos e salvos em um arquivo do tipo texto. Os dados deverão ser gravados no arquivo C:\Monitora o processador_000001.csv.

Para fazer o acompanhamento proposto e gerar o arquivo de log, siga as seguintes etapas:

1.            Faça o logon como Administrador, ou com uma conta com permissão de administrador.

2.            Abra o console Performance (Desempenho): Start -> Administrative tools -> Performance (Iniciar -> Ferramentas administrativas -> Desempenho).

3.            No painel da esquerda, clique no sinal de + ao lado da opção Performance Logs and Alerts (Logs e Alertas de Desempenho). Serão exibidas as opções indicadas na Figura 14.10.


Figura 14.10 Opções de configuração para logs e alertas de desempenho.

4.            Clique na opção Counter Logs (Logs do Contador). Observe que, por padrão, já existe um log configurado. Este log, chamado System Overview (Visão geral do sistema), coleta dados de um conjunto de objetos/contadores, os quais fornecem uma visão geral do desempenho do servidor. Você pode iniciar a coleta de dados para este log, clicando nele para marca-lo e depois selecionando o comando Action -> Start (Ação -> Iniciar) ou clicando no botão Start (botão com o desenho de um pequeno triângulo para a direita).

5.            Neste exemplo você irá criar um novo log. Para criar um novo log clique na opção Counter Logs (Logs do contador) e selecione o comando Action -> New Log Settings (Ação -> Novas configurações de log). . Surge uma janela solicitando o nome do novo Log. Digite Monitora o processador, conforme indicado na Figura 14.11 e clique em OK.


Figura 14.11 Definindo um nome para o novo log.

Nota: Não pode haver nenhum log selecionado, senão a opção New Log Settings não será exibida no menu Action. Se esta opção não estiver sendo exibida, clique novamente na opção Counter Logs, no painel da esquereda. Isso fará com que qualquer log que estivesse marcado, seja desmarcado.

Surge a janela Monitora o processador, na qual nos temos as seguintes guias:

  • General (Geral): Esta guia é utilizada para definir quais objetos/contadores farão parte do log, definir uma descrição para o log, definir o intervalo de coleta dos dados e definir se o log executará no contexto do usuário padrão do sistema ou no contexto de uma conta de usuário específica.
  • Log Files (Arquivos de Log): Nesta guia você define o formato para o arquivo de log, a forma de nomeação dos arquivos, um comentário e se os arquivos existentes devem ser sobrescritos ou mantidos. Você somente poderá acessar esta guia se tiver adicionado pelo menos um objeto ou contador, usando a guia General (Geral).
  • Schedule (Agendar): Nesta guia o administrador pode definir um agendamento para a coleta. Por exemplo, de segunda a sexta-feira, das 8:00 as 18:00.

Agora você adicionará os contadores  %Processor Time e Interrupts/sec, do objeto Processor (Processador).

6.            Clique na guia General (Geral). Clique no botão Add Counters... (Adicionar Contadores...). Será exibida a janela Adicionar contadores que você já utilizamos nos exemplos anteriores. Adicione os contadores %Processor Time e Interrupts/sec, do objeto Processor e clique em Close (Fechar).

7.            No campo Interval (Intervalo), defina um intervalo de 5 segundos para a coleta dos dados. A guia General (Geral) deve estar conforme indicado na Figura 14.12.


Figura 14.12 Configurações da guia General (Geral), para o exemplo proposto.

8.            Clique na guia Log Files (Arquivos de Log). Para o formato selecione Text File (Comma delimited) [Arquivo de texto (separado por vírgulas)]. Clique no botão Configure... (Configurar...) para definir o local onde será criado o arquvio de log e um tamanho máximo.

9.            Ao clicar no botão Configurar será exibida a janela Configure Log Files (Configurar Arquivos de Log). Defina as configurações indicadas na Figura 14.13.


Figura 14.13 Definindo configurações para o arquivo de log.

10.          Clique em OK para fechar a janela Confgurar arquivos de log.

11.          Você estará de volta à guia Log Files (Arquivos de Log). Clique na guia Schedule (Agendar).

12.          Defina um agendamento para que a coleta seja iniciada e encerrada. Por exemplo, configure o log para iniciar em uma data e horário específicos, conforme exemplo indicado na Figura 14.14. Nesta guia você também pode definir o que deve ser feito, caso o arquivo de log atinja o seu tamanho máximo. Estão disponíveis as seguintes opções: Start a new log file (Iniciar um novo arquivo de log) ou Run this command (Executar este comando).


Figura 14.14 Definindo um agendamento para a coleta de dados.

13.          Clique em OK. Você estará de volta ao console Desempenho. O log Monitora o processador foi criado e iniciará a coleta de dados no horário determinado, conforme configurações definidas na guia Schedule (Agendar). Observe que o logo Monitora o processador já aparece na lista de logs, juntamente com o log System Overview (Visão Geral do Sistema), sendo que este último é automaticamente criado pelo Windows Server 2003, conforme descrito anteriormente.

Nota: Se você precisar alterar alguma configuração de um log, basta dar um clique duplo no respectivo log que será exibida a janela com as propriedades do log, onde você terá acesso às guias General (Geral), Log Files (Arquivos de Log) e Schedule (Agendar).

14.          O administrador pode fazer com que o log inicie a coleta de dados imediatamente, independente do agendamento definido. Para isso clique no log Monitora o processador para marca-lo e selecione o comando Action -> Start (Ação -> Iniciar).

15.          O log será inicializado e os dados começarão a ser capturados e salvos no arquivo C:\Monitora o processador_000001.csv. Aguarde uma meia-hora para que o Windows Server 2003 possa coletar uma boa quantidade de dados. Observe que após ser inicializado, o pequeno ícone, ao lado do nome do log alterna para a cor verde. Este é um indicativo de que o log está em execução.

16.          Para suspender a execução do log e a coleta dos dados, basta clicar no log a ser suspenso e depois selecionar o comando Action -> Stop (Ação -> Parar). Você também pode clicar com o botão direito do mouse no log e, no menu que é exibido, clicar na opção Stop (Parar).

Nota: Além do menu Action (Ação), você também pode utilizar o botão direito do mouse, clicando no respectivo log, para ter acesso aos comandos Start (Iniciar) e Stop (Parar). Na barra de ferramentas do console Desempenho, existe o botão Start (Iniciar - botão com o desenho de um pequeno triângulo) e o botão Stop (Parar - botão com o desenho de um pequeno quadrado).

17.          Após meia-hora de coleta, suspenda a execução do log.

Agora vamos analisar os dados obtidos, os quais foram gravados no arquivo C:\Monitora o processador_000001.csv.

18.          Feche o console desempenho.

Exemplo 2: Analisando os dados obtidos com o log Monitora o processador, criado no exemplo anterior.

Para abrir o arquivo com os dados obtidos, faça o seguinte:

1.            Faça o logon como Administrador ou com uma conta do tipo Administrador do computador.

2.            Abra o Bloco de notas.

3.            Abra o arquivo C:\Monitora o processador_000001.csv.

4.            Na listagem a seguir temos uma amostra dos dados de monitoração que foram salvos:

"05/01/2002  16:31:04.511","99.99991106930112","237.43538236310363","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:31:09.518","3.0029057285789862","281.7091259002674","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:31:14.526","2.2029296933507747","250.63934155863382","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:31:19.533","2.6029177109648804","240.65353587347821","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:31:24.540","2.0029356845437163","233.86324638545705","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:31:29.548","1.0029656405084575","230.06868469153261","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:31:34.555","2.6029177109648804","236.65902223849881","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:31:39.562","3.0029057285789862","245.64630670524917","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:31:44.570","1.0029656405084575","232.46519458083583","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:31:49.577","18.602438415529178","298.36987599426584","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:31:54.584","31.602048987987665","277.20116678260399","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:31:59.592","3.0029057285789862","237.8575213706925","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:32:04.599","3.4028937461930919","238.45647244632733","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:32:09.607","2.0029356845437163","232.46529833970988","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:32:14.614","2.4029237021578331","233.66353396326622","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:32:19.621","2.4029237021578331","235.86035744808296","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:32:24.629","1.2029596493155048","229.66911893931493","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:32:29.636","2.8029117197719389","237.45805673646964","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:32:34.643","1.802941675736669","235.46093262598629","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:32:39.651","2.6029177109648804","235.26065580456452","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:32:44.658","2.8029117197719389","240.25447283770185","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:32:49.665","6.6027978871059485","330.12472597415723","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:32:54.673","4.4028637902283618","238.25672027892747","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:32:59.680","3.6028877550001503","239.85475287258555","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:33:04.687","2.2029296933507747","235.26124646664911","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:33:09.695","3.0029057285789862","248.0428006830586","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:33:14.702","1.6029476669296105","234.86158573592209","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:33:19.709","1.802941675736669","240.8528989677138","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:33:24.717","1.6029476669296105","237.05892288973411","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:33:29.724","3.0029057285789862","237.25834432542132","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:33:34.731","2.6029177109648804","241.45210288853528","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:33:39.739","2.8029117197719389","242.45101580959104","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:33:44.746","2.2029296933507747","243.8488266800569","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:33:49.754","0.80297163170139907","238.05704786936531","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:33:54.761","2.4029237021578331","237.05864514051027","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:33:59.768","3.2028997373860446","238.65630457220965","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:34:04.776","2.0029356845437163","234.06288045367026","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:34:09.783","2.8029117197719389","236.06013571127014","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:34:14.790","3.6028877550001503","240.25373559434755","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:34:19.798","3.6028877550001503","239.45538124481718","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:34:24.805","1.802941675736669","234.46240981460366","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:34:29.812","2.8029117197719389","235.86018637754623","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:34:34.820","3.8028817638072088","291.58010386253267","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:34:39.827","2.0029356845437163","234.66201751967793","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:34:44.834","2.4029237021578331","236.85895914831343","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:34:49.842","3.2028997373860446","239.8546458154506","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:34:54.849","3.0029057285789862","238.85597698173174","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:34:59.856","3.2028997373860446","242.65053880935429","Monitora  o processador"
"05/01/2002  16:35:04.864","2.6029177109648804","241.85174327309008","Monitora  o processador"
***************************************************************************

A listagem apresenta dados para cerca de 4 minutos, com início em 16:31:04.511 e término em 16:35:04.864. A primeira coluna representa o horário da coleta do dado, a segunda coluna é o valor correspondente ao contador %Processor Time, a terceira coluna é o valor correspondente ao contador Interrupts/sec. A quarta e última coluna é o nome do log, nome este que é definido pelo usuário quando da criação do log, conforme visto anteriormente.

Observe que existe um intervalo de 5 segundos entre uma linha e outra, que é exatamente o intervalo que você configurou no exemplo de criação do log.

5.            Feche o Bloco de Notas.

Com os dados no formato .csv, você pode importa-los facilmente para o Excel ou para o Access, para fazer uma série de análises, usando as ferramentas destes programas. Por exemplo, você pode utilizar os dados para calcular a taxa média de ocupação do processador, ou o número médio de interrupções por segundo. O formato .csv pode ser aberto diretamente no Excel e é facilmente importado pelo Microsoft Access.

A seguir coloco uma lista resumida (em relação a lista apresentada anteriormente) dos contadores mais comumente utilizados para verificação do desempenho do computador como um todo e que são candidatos a serem configurados para coleta automática, utilizando logs de desempenho. Esta lista é obtido na documentação oficial do Windows Server 2003.

Contadores para identificar gargalos em recursos de memória:

  • Memória\Bytes disponíveis
  • Memória\Páginas/s

Contadores para identificar gargalos em recursos de disco:

  • PhysicalDisk -> % tempo de disco e % Tempo ocioso
  • PhysicalDisk -> Leituras de disco/seg e Gravações de disco/seg
  • PhysicalDisk -> Comprimento médio da fila de disco
  • LogicalDisk  -> % de espaço livre

Monitore contadores de memória para determinar se a paginação excessiva está sobrecarregando o disco. Quando o computador tem pouca memória, o Windows Server 2003 é obrigado a utilizar intensivamente o arquivos de paginação (Swap). O arquivo de trocas fica na raiz do disco C:, com o nome de pagefile.sys ou pode também ficar em outros discos e até mesmo distribuídos em dois ou mais discos, conforme configurações efetuadas pelo administrador. Com o uso intensivo do arquivo de trocas, as taxas de utilização do disco rígido aumentam significativamente, porém o problema não é com o sistema de discos e sim devido a falta de memória (que é a causa da paginação excessiva). Ao acrescentar mais memória RAM, você estará reduzindo a utilização do arquivo pagefile.sys e, conseqüentemente, reduzindo as taxas de utilização do disco rígido.

Contadores para identificar gargalos em recursos do processador:

  • Processador -> Interrupções por segundo
  • Processador -> % tempo de processador
  • Processo (processo) -> % tempo de processador
  • Sistema -> Comprimento da fila de processador

Nota: Um número muito elevado de Interrupções por segundo pode ser causado por problemas em um dispositivo de Hardware, conforme descrito anteriormente.

Contadores para identificar gargalos em recursos de rede:

  • Interface de rede ->Total de bytes/segundo, Bytes enviados/s e Bytes recebidos/s
  • Objeto_de_camada_de_protocolo -> Segmentos recebidos/s, Segmentos enviados/s, Quadros enviados/s e Quadros recebidos/s
  • Servidor -> Total de bytes/segundo, Bytes recebidos/s e Bytes enviados/s

Contadores para identificar gargalos em recursos de impressora:

  • Fila de impressão -> Bytes impressos/s
  • Fila de impressão -> Erros de trabalhos

Montando gráficos de desempenho a partir de informações de arquivos de log.

É possível utilizar o console Performance (Desempenho) para acessar as informações gravadas em um arquivo de log, como o que criamos no exemplo anterior. Ao abrir o arquivos podemos especificar para quais contadores queremos montar o gráfico. Quando abrimos um arquivo de log, evidentemente, somente estarão disponíveis os contadores para os quais foram salvas informações no arquivo.

Vamos a um exemplo prático, onde acessaremos informações do arquivo C:\Monitora o processador_000001.csv, criado no exemplo anterior.

Exemplo: Acessando os dados de um arquivo de log já existente.

Para acessar os dados do arquivo C:\Monitora o processador_000001.csv, siga os seguintes passos:

1.            Faça o logon como Administrador, ou com uma conta com permissão de administrador.

2.            Abra o console Performance (Desempenho): Start -> Administrative tools -> Performance (Iniciar -> Ferramentas administrativas -> Desempenho).

3.            Será aberto o console de monitoração de desempenho, com alguns indicadores já adicionados, conforme descrito anteriormente.

4.            Para limpar as configurações atuais clique no botão New Counter Set (Novo Conjunto de Contadores), que é o primeiro botão da barra de ferramentas ou pressione Ctrl+E. Todos os contadores serão excluídos. Agora você irá carregar o arquivo de log C:\Monitora o processador_000001.csv, criado anteriormente.

5.            Clique no botão View Log Data (Exibir dados de logs), que é o quarto botão da esquerda para a direita, na barra de ferramentas, ou pressione Ctrl+L. Será exibida a janela System Monitor Properties (Propriedades do Monitor do Sistema), com a guia Source (Fonte) já selecionada. Você utiliza a guia Fonte para informar o arquivo de log a ser carregado.

6.            Na guia Fonte clique na opção Log files (Arquivos de log) e depois clique no botão Add... (Adicionar...). Será aberta a janela Select Log File (Selecionar Arquivo de Log). Selecione o arquivo C:\Monitora o processador_000001.csv, conforme indicado na Figura 14.15.


Figura 14.15 Selecionando o arquivo de log a ser carregado.

7.            Clique no botão Open (Abrir). Você estará de volta a guia Source (Fonte) com o arquivo C:\Monitora o processador_000001.csv já selecionado.

8.            Clique em OK e o arquivo de log será carregado. Por padrão ainda não estão sendo exibidas informações sobre os contadores do arquivo de log. Esta é a próxima etapa, dentre os contadores que existem no arquivo de log, para qual ou quais queremos exibir informações??

9.            Clique no botão Add (Adicionar - botão com um sinal de +) ou pressione Ctrl+I. Será exibida a janela Adicionar contadores. Abra a lista objeto de desempenho. Observe que somente aparece o objeto Processor (Processador). Isto acontece porque, no arquivo de log que abrimos, somente existem informações sobre os contadores %Processor Time e Interrupts/sec do objeto Processor.

10.          Na lista Select counters from list (Selecione contadores da lista), selecione o contador %Processor Time e clique no botão Add (Adicionar).

11.          Clique em Close (Fechar).

12.          Você estará de volta ao console Desempenho. Observe que foi montado um gráfico com os valores do contador %Processor Time, para o período contido no arquivo de log, que conforme podemos observar na Figura 14.16 é de 5 minutos e 55 segundos.


Figura 14.16 Gráfico montado com informações do arquivo de log.

Você pode fazer com que o gráfico seja baseado apenas em um determinado período e não em toda a janela de tempo do arquivo de log. Agora você aprenderá a limitar o período de tempo no qual o gráfico é baseado.

13.          Clique com o botão direito do mouse em qualquer parte do gráfico. No menu de opções que é exibido clique em Properties (Propriedades).

14.          Na janela de propriedades que é exibida, dê um clique na guia Source (Fonte).

15.          Na parte de baixo da janela existem dois controles deslizantes, que você pode deslocar para definir uma janela de tempo na qual o gráfico será baseado, conforme exemplo da Figura 14.17.


Figura 14.17 Definindo uma janela de tempo.

16.          Defina uma janela de tempo e clique em OK.

17.          Você estará de volta ao console Desempenho.

18.          Observe que o período dos dados já foi limitado, conforme pode ser conferido no campo Duração, nos campos logo abaixo do gráfico.

19.          Agora você irá configurar algumas propriedades do gráfico.

20.          Clique com o botão direito do mouse em qualquer parte do gráfico. No menu de opções que é exibido clique em Properties (Propriedades).

20.          Na janela de propriedades que é exibida, dê um clique na guia Graph (Gráfico). Nesta guia você pode definir um título para o gráfico, se serão exibidas grades verticais e horizontais, bem como definir a escala do eixo vertical. Defina as opções conforme indicado na Figura 14.18.


Figura 14.18 Configurando opções do gráfico.

21.          Clique em OK e observe que as alterações já são aplicadas ao gráfico.

22.          Veja que o gráfico fica com um aspecto bem melhor, conforme indicado na Figura 14.19.


Figura 14.19 O gráfico após as formatações.

23.          Feche o console Desempenho.

Utilizando Alertas para monitorar situações limite.

O administrador pode configurar alertas com base em contadores de desempenho. Por exemplo, posso configurar um alerta que é disparado sempre que um determinado contador atinge um valor limite. Podem ser configuradas diferentes ações como resposta a um alerta: Enviar uma mensagem para um usuário, normalmente o Administrador, Gravar um evento no log de eventos do Windows Server 2003, executar um programa ou iniciar a captura de dados de desempenho, com base nas configurações de um log pré-definido.

A seguir apresento um exemplo prático de criação de um alerta com base no valor limite de um contador.

Exemplo: Criar um alerta que será disparado sempre que o contador %Processor Time ultrapassar 5%.

Como resposta ao alerta, uma mensagem deve ser enviada para o usuário Administrador.

Nota: Evidentemente que 5% é um valor muito baixo. Estou utilizando este valor apenas para forçar que o alerta seja disparado e com isso você possa conferir se a mensagem está realmente sendo enviada para o Administrador.

Para criar o alerta proposto siga os seguintes passos indicados a seguir:

1.            Faça o logon como Administrador, ou com uma conta com permissão de administrador.

2.            Abra o console Performance (Desempenho): Start -> Administrative tools -> Performance (Iniciar -> Ferramentas administrativas -> Desempenho).

3.            No painel da esquerda, clique no sinal de + ao lado da opção Performance Logs and Alerts (Logs e Alertas de Desempenho).

4.            Clique na opção Alerts (Alertas). Observe que, por padrão, nenhum Alerta é criado.

5.            Vou criar um novo Alerta para monitorar o contador %Processor Time

6.            Para criar um novo Alerta selecione o comando Action -> New Alert Settings... (Ação -> Novas Configurações de Alerta...).

7.            Surge uma janela solicitando que você digite um nome para o Alerta que está sendo criado. Digite Alerta-Teste, conforme indicado na Figura 14.20 e clique em OK.


Figura 14.20 Definindo o nome do Alerta que está sendo criado.

7.            Será exibida a janela Alerta-Teste com as guias General (Geral), Action (Ação) e Schedule (Agendar), na qual você define as características do Alerta que está sendo criado.

8.            O primeiro passo é adicionar o contador (ou os contadores) que serão monitorados. Na guia General (Geral) dê um clique no botão Add... (Adicionar...). Será exibida a janela Add Counters (Adicionar Contadores), a qual já foi utilizada algumas vezes. Na lista de objetos selecione Processor (Processador) e na lista de contadores selecione %Processor Time. Clique no botão Add (Adicionar) e depois clique no botão Close (Fechar). Você estará de volta à guia General (Geral) da janela do alerta.

9.            Na guia General (Geral) você também pode definir um comentário e o valor limite para o contador que foi adicionado. No nosso exemplo digite 5, no campo Limit (Limite) e certifique-se de que na lista Alert when the value is (Alertar quando o valor for), esteja selecionado Over (Superior a). Com isso estou configurando o alerta para ser disparado quando o contador %Processor Time atingir um valor superior a 5%. Suas configurações devem estar conforme indicado na Figura 14.21.


Figura 14.21 Configurações da guia Geral.

10.          Dê um clique na guia Ação. Nesta guia você define uma ou mais ações que serão executadas quando o Alerta for disparado. Para o nosso exemplo quero apenas que uma mensagem seja enviada para o usuário Administrador. Defina as configurações conforme indicado na Figura 14.22.


Figura 14.22 Configurações da guia Ação.

11.          Clique em OK e o Alerta será criado e já será inicializado. Alertas podem ser iniciados e parados, assim como Logs para a captura automática de dados que também podem ser iniciados e parados. Para parar um Alerta que está em andamento, clique no botão Stop (Parar - botão com o desenho de um quadradinho) ou clique com o botão direito do mouse no Alerta e, no menu de opções que é exibido, clique em Stop (Parar). A ação associada ao Alerta somente será disparada enquanto o Alerta estiver em execução.

12.          Na Figura 14.23 mostro o exemplo da mensagem que é enviada para o usuário Administrador quando o Alerte deste exemplo é disparado, ou seja, quando o contador %Processor Time atingir mais do que 5%. Esta mensagem foi enviada na estação de trabalho onde o administrador estava logado, que no exemplo era uma estação de trabalho com o Windows XP Professional. Ou seja, a mensagem é enviada para onde o administrador estiver logado, independente do servidor onde está configurado o alerta.


Figura 14.23 Mensagem enviada em resposta ao Alerta.

13.          Feche o console Desempenho.

Salvando um console de monitoramento para acesso via Web.

Você pode, facilmente, salvar um console de monitoramento (com um conjunto de contadores adicionados e sendo monitorados) em um servidor Web, baseado no IIS. O processo de salvar é extremamente simples. Ao salvar o console, o Windows Server 2003 cria uma página, na qual o console é acessado via Browser.

Para salvar um console no formato de página Web e acessa-lo via browser, siga os passos indicados a seguir:

1.            Faça o logon como Administrador, ou com uma conta com permissão de administrador.

2.            Abra o console Performance (Desempenho): Start -> Administrative tools -> Performance (Iniciar -> Ferramentas administrativas -> Desempenho).

3.            Adicione os contadores que você quer que façam parte do console de monitoramento e faça as configurações desejadas, conforme exemplos apresentados anteriormente.

4.            Clique com o botão direito do mouse em qualquer local do gráfico. No menu de opções que é exibido clique em Save As... (Salvar Como...). Será aberta a janela Save As (Salvar Como). Você já deve selecionar uma pasta que faça parte da estrutura de pastas do servidor Web. Na lista Save as type (Salvar como tipo), selecione Web page. Defina um nome para o arquivo, conforme exemplo da Figura 14.24:


Figura 14.24 Salvando o console como uma página Web.

5.            Clique em Save (Salvar).

6.            Agora é só acessar a página usando o navegador.

Nota: Para detalhes sobre a criação e publicação de páginas Web e sobre a formação de endereços em servidores Web, consulte o Capítulo 22.

7.            No exemplo que estou utilizando, acesso o console de desempenho usando o seguinte endereço: http://servidor/ConsoleMonitora.htm

8.            Ao utilizar este endereço a página com o console de desempenho é aberta no navegador, conforme exemplo da Figura 14.25:


Figura 14.25 O console aberto como página Web.

9.            Feche o navegador e feche o console desempenho.


Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory - Curso Completo, 2100 Páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!

Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory

Curso Completo, 2100 páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!


« Lição anterior Δ Página principal ¤ Capítulos Próxima lição »

Best Sellers de Excel do Julio Battisti

Todos com Vídeo Aulas, E-books e Planilhas de Bônus!

Aprenda com Júlio Battisti:
Excel 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos - Passo a Passo

 Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 540 | Editora: Instituto Alpha

 

[Livro]: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados, Tabelas Dinâmicas, Funções Avançadas, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

Livro: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados, Tabelas Dinâmicas, Funções Avançadas, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 952 | Editora: Instituto Alpha

 

Livro: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados, Tabelas Dinâmicas, Funções Avançadas, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

Aprenda com Júlio Battisti: Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passo

 

[LIVRO]: Aprenda com Júlio Battisti: Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1124 | Editora: Instituto Alpha

 

[LIVRO]: Aprenda com Júlio Battisti: Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passo

Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 - Curso Completo - Do Básico ao Avançado, Incluindo Macros e Programação VBA - Através de Exemplos Práticos

 

[A BÍBLIA DO EXCEL]: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 - Curso Completo - Do Básico ao Avançado, Incluindo Macros e Programação VBA - Através de Exemplos Práticos Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1338 | Editora: Instituto Alpha

 

[A BÍBLIA DO EXCEL]: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 - Curso Completo - Do Básico ao Avançado, Incluindo Macros e Programação VBA - Através de Exemplos Práticos Passo a Passo

Todos os livros com dezenas de horas de vídeo aulas de bônus, preço especial (alguns com 50% de desconto). Aproveite. São poucas unidades de cada livro e por tempo limitado.

Dúvidas?

Utilize a área de comentários a seguir.

Me ajude a divulgar este conteúdo gratuito!

Use a área de comentários a seguir, diga o que achou desta lição, o que está achando do curso.
Compartilhe no Facebook, no Google+, Twitter e Pinterest.

Indique para seus amigos. Quanto mais comentários forem feitos, mais lições serão publicadas.

Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Novidades e E-books grátis

Fique por dentro das novidades, lançamento de livros, cursos, e-books e vídeo-aulas, e receba ofertas de e-books e vídeo-aulas gratuitas para download.



Institucional

  • Quem somos
  • Garantia de Entrega
  • Formas de Pagamento
  • Contato
  • O Autor
  • Endereço

  • Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda
  • CNPJ: 08.916.484/0001-25
  • Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 Universitário
  • Santa Cruz do Sul/RS
  • CEP 96816-208
  • Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2017 ®

    [LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

    APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI