[MEU 50º LIVRO]: BANCOS DE DADOS E ACESS - CURSO COMPLETO - DO BÁSICO AO VBA - 1602 páginas

Páginas: 1602 | Autor: Júlio Battisti | 40% de Desconto e 70h de Vídeo Aulas de Bônus

Você está em: PrincipalArtigosWindows 2003 Server › Capítulo 14 : 02
Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››
« Lição anterior Δ Página principal ¤ Capítulos Próxima lição »
WINDOWS 2003 SERVER - CURSO COMPLETO
Autor: Júlio Battisti


Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory - Curso Completo, 2100 Páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!

Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory

Curso Completo, 2100 páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!


Lição 128 - Capítulo 14 - Know-how em: Monitoração de desempenho - conceitos básicos

Pré-Requisitos:

  • Conhecimento básico de Hardware.

Metodologia:

  • Apresentar os conceitos de monitoração de desempenho.

Monitorar a utilização dos principais recursos de um servidor  é uma tarefa importante para o administrador do sistema, principalmente em computadores que estão sendo utilizados por um grande número de usuários da rede, para acesso a recursos tais como pastas compartilhadas, impressoras, servidores Web de Intranet, servidores de banco de dados, DCs do domínio e assim por diante. Os principais elementos de hardware a serem monitorados são os seguintes:

  • Memória RAM.
  • Processador.
  • Placa de rede.
  • Sistema de discos.

Existem outros elementos que podem prejudicar o desempenho como um todo, porém estes quatro são os mais importantes. Podem existir situações, por exemplo, em que a utilização da memória RAM e do Processador esteja baixa, porém o Sistema de discos esteja sobrecarregado, e neste caso, o desempenho do sistema como um todo fica bastante prejudicado. Dependendo do tipo de função que o servidor está exercendo, um recurso de hardware pode ter mais ou menos influência no desempenho como um todo. Por exemplo, servidores de banco de dados são muito dependentes de bons processadores, já servidores de arquivos dependem de um bom sistema de disco e de uma conexão rápida com a rede.

Quando um determinado componente está sobrecarregado, dizemos que este componente representa um “gargalo” para o sistema (do termo inglês “bottleneck”), isto é, é o componente que está limitando (“engargalando”, se é que existe esta palavra.), o desempenho do sistema como um todo. Ou seja, o desempenho de um sistema é tão bom quanto for o desempenho do seu componente mais lento. Por exemplo, de que adianta vários processadores, com muita memória RAM e com um sistema de discos antigo, extremamente lento.

Dependendo do papel que o servidor esteja desempenhando na rede, a utilização de cada um destes componentes será maior ou menor. Por exemplo, computadores que atuam como Servidores de Banco de dados (com o Microsoft SQL Server, por exemplo), ou Servidores de aplicação (com o Microsoft Transaction Server, por exemplo), fazem um uso muito intensivo dos Processadores. Neste caso pode ser recomendável, dependendo do número de usuários, a utilização de servidores multi-processados. Já no caso de Servidores de arquivos, a utilização da interface de rede e do sistema de discos pode ser bastante elevada, neste caso a utilização de placas mais velozes ou até mesmo de mais de uma placa e de sistemas de discos mais rápidos, pode ser uma solução para melhorar o desempenho.

A monitoração do desempenho ajuda a determinar qual o componente que está sendo o principal limitador do desempenho do sistema (o ‘gargalo’ do sistema), além de permitir a análise da carga de trabalho a qual o respectivo componente está submetido (por exemplo, o processador está com 80% de utilização, o sistema de discos está constantemente com dados na fila de espera para leitura e gravação e assim por diante). O administrador também pode utilizar a monitoração do desempenho para fazer uma estimativa do crescimento na utilização dos componentes do sistema. Com isso fica mais fácil fazer uma previsão sobre as necessidades futuras de atualizações de Hardware. Além disso, de posse de dados de monitoração consistentes, fica mais fácil justificar o gasto envolvido na aquisição e atualização de componentes de hardware.

Conforme mostrarei nos próximos tópicos, a monitoração é feita através do console Performance (Desempenho), também conhecido como System Monitor. Este console é acessado através da opção Performance (Desempenho), no menu Administrative Tools (Ferramentas administrativas). No console de desempenho você adiciona “Objetos” a serem monitorados. Um exemplo de objeto pode ser um Processador, Memória, Disco físico, Fila de impressão, etc. Um objeto representa um elemento que pode ser monitorado pelo Windows Server 2003. Para cada objeto, estão disponíveis vários contadores que são indicativos da utilização dos recursos do sistema. Por exemplo para o objeto Processador, dentre outros, existem os seguintes contadores: “Porcentagem de tempo do processador”, “Interrupções por segundo” e assim por diante. Para o objeto Fila de impressão, existem os contadores “Total de páginas impressas”, “Trabalhos no spool”, e assim por diante.

Vários objetos e seus respectivos contadores são instalados durante a instalação do Windows Server 2003. A medida que novos serviços ou aplicativos são instalados, novos Objetos e contadores são adicionados. Por exemplo, ao instalar o Microsoft SQL Server 2000, novos objetos são adicionados. Outro exemplo, quando é instalado o servidor Web IIS, novos objetos são adicionados e assim por diante.

Saber exatamente quais objetos e quais contadores utilizar é um processo que envolve testes e muita paciência. Somente com a experiência é que o administrador saberá quais os contadores observar para verificar a existência de problemas de desempenho.

A otimização do desempenho é um processo contínuo. Muitas vezes em uma primeira análise, o administrador descobre que um dos componentes está sendo o gargalo do sistema, por exemplo, a memória RAM. Aí mais memória RAM é acrescentada ao servidor. Pode ser que outro componente passe a ser o gargalo, por exemplo a Placa de rede ou o processador. Monitorar e otimizar o desempenho é um desafio bastante grande, porém é uma necessidade. Não é possível simplesmente trocar de equipamento, toda vez que houver problemas de desempenho, pois isso seria um desperdício de dinheiro.

Também é possível configurar o console Performance (Desempenho) para que seja feita a captura de dados automaticamente. O administrador pode configurar a captura de dados para que seja feita a captura apenas de determinados contadores de determinados objetos, ou seja, somente aqueles contadores que interessam ao administrador. Com base nesta captura é possível verificar os limites normais de operação para componentes como o Processador, memória RAM e assim por diante. Entenda-se por limites normais de operação, as taxas de utilização dos diversos componentes de hardware e software, durante o horário normal de expediente. Depois faz-se o agendamento de um monitoramento contínuo e compara-se os resultados obtidos com os limites de operação obtidos durante a primeira captura. Quando um determinado componente começar a apresentar aumento na sua taxa de utilização deve ser verificado o motivo para este aumento e, se for o caso, providenciar a substituição do dispositivo antes que a sua taxa de utilização atinja limites que possam comprometer o desempenho do servidor.

No próximo tópico você aprenderá a utilizar o console Performance (Desempenho), através de exemplos práticos.


Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory - Curso Completo, 2100 Páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!

Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory

Curso Completo, 2100 páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!


« Lição anterior Δ Página principal ¤ Capítulos Próxima lição »

Best Sellers de Excel do Julio Battisti

Todos com Vídeo Aulas, E-books e Planilhas de Bônus!

Aprenda com Júlio Battisti:
Excel 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos - Passo a Passo

 Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 540 | Editora: Instituto Alpha

 

[Livro]: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados, Tabelas Dinâmicas, Funções Avançadas, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

Livro: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados, Tabelas Dinâmicas, Funções Avançadas, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 952 | Editora: Instituto Alpha

 

Livro: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados, Tabelas Dinâmicas, Funções Avançadas, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

Aprenda com Júlio Battisti: Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passo

 

[LIVRO]: Aprenda com Júlio Battisti: Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1124 | Editora: Instituto Alpha

 

[LIVRO]: Aprenda com Júlio Battisti: Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passo

Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 - Curso Completo - Do Básico ao Avançado, Incluindo Macros e Programação VBA - Através de Exemplos Práticos

 

[A BÍBLIA DO EXCEL]: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 - Curso Completo - Do Básico ao Avançado, Incluindo Macros e Programação VBA - Através de Exemplos Práticos Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1338 | Editora: Instituto Alpha

 

[A BÍBLIA DO EXCEL]: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 - Curso Completo - Do Básico ao Avançado, Incluindo Macros e Programação VBA - Através de Exemplos Práticos Passo a Passo

Todos os livros com dezenas de horas de vídeo aulas de bônus, preço especial (alguns com 50% de desconto). Aproveite. São poucas unidades de cada livro e por tempo limitado.

Dúvidas?

Utilize a área de comentários a seguir.

Me ajude a divulgar este conteúdo gratuito!

Use a área de comentários a seguir, diga o que achou desta lição, o que está achando do curso.
Compartilhe no Facebook, no Google+, Twitter e Pinterest.

Indique para seus amigos. Quanto mais comentários forem feitos, mais lições serão publicadas.

Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Novidades e E-books grátis

Fique por dentro das novidades, lançamento de livros, cursos, e-books e vídeo-aulas, e receba ofertas de e-books e vídeo-aulas gratuitas para download.



Institucional

  • Quem somos
  • Garantia de Entrega
  • Formas de Pagamento
  • Contato
  • O Autor
  • Endereço

  • Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda
  • CNPJ: 08.916.484/0001-25
  • Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 Universitário
  • Santa Cruz do Sul/RS
  • CEP 96816-208
  • Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2017 ®

    [LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

    APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI