[MEU 50º LIVRO]: BANCOS DE DADOS E ACESS - CURSO COMPLETO - DO BÁSICO AO VBA - 1602 páginas

Páginas: 1602 | Autor: Júlio Battisti | 40% de Desconto e 70h de Vídeo Aulas de Bônus

Você está em: PrincipalArtigosWindows 2003 Server › Capítulo 06 : 07
Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››
« Lição anterior Δ Página principal ¤ Capítulos Próxima lição »
WINDOWS 2003 SERVER - CURSO COMPLETO
Autor: Júlio Battisti


Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory - Curso Completo, 2100 Páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!

Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory

Curso Completo, 2100 páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!


Lição 071 - Capítulo 06 - Fundamentos em: Migração do Windows 2000 Server para o Windows Server 2003

Pré-Requisitos: Conhecimento de Active Directory, domínios, OUs e relações de confiança.

Metodologia: Considerações sobre a migração do Windows 2000 Server para o Windows Server 2003.

A migração do Windows 2000 Server para o Windows Server 2003 deve ser, pelo menos em tese, bem mais simples do que a migração do NT Server 4.0 para o Windows Server 2003. A principal diferença é que em uma rede baseada no Windows 2000 Server já está instalado e configurado o Active Directory. Ou seja, a empresa já tem uma infra-estrutura de rede e uma estrutura de domínios baseada no Active Directory e no DNS. Esta é uma diferença fundamental por vários motivos:

  • O projeto da estrutura de domínios será bem mais simplificado, sendo que na maioria dos casos simplesmente não haverá mudanças na estrutura de domínios.
  • O DNS já está instalado e configurado em toda a rede, pois é uma exigência do Active Directory.
  • A equipe de TI já tem uma boa experiência com o Active Directory, e com os conceitos relacionados, tais como: DNS, GPOs, Unidades Organizacionais, árvore de domínios, florestas, schemas e assim por diante. Já para uma equipe que nunca ou pouco trabalhou com o Windows 2000 Server, a migração do NT Server 4.0 diretamente para o Windows Server 2003, exige a aprendizagem de muitos conceitos e tecnologias novas em um curto espaço de tempo. Pior, em um espaço de tempo que coincide com o projeto de migração.

Por estes motivos já é possível ver que a migração do Windows 2000 Server para o Windows Server 2003 é bem mais tranquila do que a migração do NT Server 4.0 para o Windows Server 2003. Mesmo assim existem algumas considerações que devem ser feitas e que irão ajudá-lo a conduzir da melhor maneira possível este processo de migração.

Migrar ou não migrar?

Embora tecnicamente possa ser bem mais simples a migração do Windows 2000 Server para o Windows Server 2003, no campo das justificativas para a migração ocorre justamente o contrário. Conforme descrevi na introdução deste livro, o Windows Server 2003 representa uma “evolução” do Windows 2000 Server e não uma “revolução”, como foi o que aconteceu em relação a migração do NT Server para o Windows 2000 Server.

Muito bem, em não sendo uma revolução, ou seja, em não tendo uma série de novidades e de recursos “ansiosamente aguardados” e que justifiquem o investimento, as dificuldades iniciam justamente em justificar os investimentos necessários para a migração do Windows 2000 Server para o Windows Server 2003.

É claro que sempre existirão grupos radicais, sendo dois destes grupos os mais típicos. O primeiro é a turma do “se não está quebrado, então não mexe” ou de outra maneira “se está funcionando (mesmo que não muito bem), deixa assim, nada de inventar moda”. Já o outro extremo dirá que é preciso migrar a qualquer custo, pois é fundamental estar em dia com os avanços tecnológicos e com as últimas novidades.

Evidentemente que nenhum dos grupos está com a razaão. Evidentemente que o caminho correto está, como sempre, no bom senso e no equilíbrio. Se está funcionando, não significa que não existam pontos que devam ser analisados e que não existam melhorias que possam trazer grandes benefícios para a empresa. Ao mesmo tempo, não se justifica a migração apenas para estar em dia com os últimos lancamentos, com as novidades da tecnologia. O que tem que ser feito é uma análise criterios, tendo sempre em mente os chamados objetivos do negócio (descritos no início do capítulo). Feita uma análise com critério, se chegou-se à conclusão que os novos recursos trarão benefícios para a impresa a um custo razoável, faz-se a migração. Se ao contrário, chegou-se à conclusão que não existem justificativas para a migração, continua-se com o Windows 2000 Server até que chegue o momento em que a migração para o Windows Server 2003 se mostre realmente necessária.

Eu faço estes comentários porque é muito provável, para não dizer certo, que sejam apresentados, no mínimo, questionamentos em relação a real necessidade de se fazer a migração do Windows 2000 Server para o Windows Server 2003. Você e a equipe responsável pelo processo de migração deverão estar preparados para dar respostas convincentes, baseadas em necessidades do negócio e não em questões somente tecnológicas. Caso não seja possível dar estas respostas, é muito provável que o projeto de migração seja adiado.

O projeto de migração envolve todos os passos descritos no início do capítulo, desde um inventário completo de hardware e software, passando para a fase do projeto propriamente dita, seguido por um protótipo e um projeto piloto e para finalizar a implementação propriamente dita e o treinamento necessário. O treinamento será necessário desde as primeiras etapas do processo, principalmente para a equipe de TI que será responsável pela migração.

Considerações sobre hardware

Quando se trata do hardware para a migração existem diferentes abordagens que podem ser utilizadas. Se os servidores atuais estão trabalhando com folga nos recursos de hardware ou se ainda tem uma boa capacidade de expansão é recomendada a manutenção dos atuais servidores, apenas fazendo a atualização do Windows 2000 Server para o Windows Server 2003, o que também conhecido como “Inplace Upgrade”.

Já para servidores que estão no limite da utilização do hardware e para os quais não seja mais viável fazer atualizações de hardware, a única alternativa é a substituição por novos servidores. Nesta situação, o Windows Server 2003 é instalado em um novo servidor e os sistemas vão sendo migrados do servidor antigo para o novo servidor. Esta abordagem tem a vantagem de que o servidor antigo, fica como uma espécie de backup, ou seja, qualquer problema que houver com o novo servidor, o antigo poderá ser utilizado como contingência. A desvantagem é que todos os sistemas terão que ser reinstalados e configurados nos novos servidores.

Evidentemente que o que acontece na prática é uma combinação destas alternativas, ou seja, alguns servidores serão mantidos, nos quais será feita uma atualização para o w3k, talvez apenas sendo feitas algumas atualizações de hardware. Já outros servidores serão substituídos por novos equipamentos. Obviamente que o que se busca é um equilíbro entre as necessidades da empresa e os “sempre escassos” recursos.

A migração também é uma oportunidade para fazer a consolidação de servidores. É uma tendência muito forte hoje em dia a consolidação dos serviços de vários servidores de menor capacidade em poucos servidores de maior capacidade. Esta abordagem facilita o gerenciamento e a administração dos servidores, sem contar a economia com o número de licenças do Windows Server 2003 (embora a licença para um servidor com vários processadores possa tornar-se até mesmo mais cara do que várias licenças para servidores de menor porte).

Fazendo a migração de um member server.

Pode parecer que a migração de um member server seja bem mais simples do que a migração dos DCs, porém nem sempre é assim. O que acontece na prática, é que uma série de serviços e sistemas são instalados nos servidores configurados como member servers. Muitas vezes sistemas e serviços vitais para  funcionamento da empresa, tais como a Intranet da empresa (em servidores com o IIS instalado), aplicações, servidores de banco de dados e assim por diante.

Com isso, a migração destes servidores torna-se uma questão crítica no processo de migração. Após a migração é fundamental que todos os serviços continuem funcionando normalmente. Você deve fazer as devidas verificações, para certificar-se que o hardware e o software do servidor que está sendo migrado, são totalmente compatíveis com o Windows Server 2003.

O uso do comando winnt32 /checkupgradeonly, conforme descrito anteriormente, é uma das ferramentas mais importantes para a detecção de possíveis incompatibilidades com o Windows Server 2003. Uma consulta a HCL – Hardware Compatibility List do Windows Server 2003 também é recomendada, especialmente para a migração de servidores mais antigos, em uso a alguns anos na empresa. A HCL é uma lista de todo o hardware testado e homologado pela Microsoft, como sendo completamente compatível com o Windows Server 2003.

O comando winnt32 /checkupgradeonly faz a verificação de compatibilidade de hardware e também de software. Ao final do processo de verificação um relatório detalhado é exibido, apontando possíveis incompatibilidades e indicando os passos para solucionar as incompatibilidades detectadas.

Pode acontecer de algum serviço ou aplicativo crítico não ser compatível com o Windows Server 2003. Neste caso você pode manter um ou mais servidores com o Windows 2000 Server, para dar suporte aos aplicativos e/ou serviços não compatíveis. Na medida em que estes serviços e/ou aplicativos sejam adaptados para o Windows Server 2003, os servidores poderão também ser migrados para o Windows Server 2003.

Também é importante lembrar os caminhos de atualização possíveis. O Windows 2000 Server pode ser migrado para o Windows Server 2003 Standard Edition ou para o Windows Server 2003 Enterprise Edition. O Windows 2000 Advanced Server somente pode ser migrado para o Windows Server 2003 Enterprise Edition. Somente o Windows 2000 Datacenter Server Edition pode ser migrado para o Windows Server 2003 Datacenter Server

Para fazer o upgrade de um member server basta inserir o CD de instalação do Windows Server 2003 no drive e seguir as etapas do assistente de instalação. Cuidado especial deve ser tomado na etapa onde é solicitdado que você informe se será feita uma nova instalação ou uma atualização da versão existente. Nesta etapa selecione a opção Upgrade (Recommended). Depois é só seguir as etapas do assistente de instalação.

Fazendo a preparação para a migração dos controladores de domínio – DCs.

A migração dos DCs merece algumas considerações especiais. Quando é feita a migração dos member servers, você pode manter, enquanto necessário, alguns servidores com o Windows 2000 Server e outros com o Windows Server 2003. Nos DCs também é possível manter esta “convivência” com DCs baseados no Windows 2000 Server e DCs baseados no Windows Server 2003. Porém, é importante salientar que a maioria das novas funcionalidades do Active Directory somente estão disponíveis quando todos os DCs forem migrados para o Windows Server 2003 e o modo de funcionalidade do domínio e da floresta forem configurados como Windows Server 2003.

Nota: Para detalhes sobre os diferentes níveis de funcionalidade para o domínio e para a floresta, consulte o Capítulo 5.

Antes de fazer a migração para o Windows Server 2003, certifique-se de ter instalado o último Service Pack disponível para o Windows 2000 Server. Quanto mais problemas forem corrigidos, com a aplicação do último service pack, menor as probabilidades de problemas durante a migração.

Para que possa ser instalado o primeiro DC com o Windows Server 2003, o schema precisa ser “preparado” para dar suporte as novas funcionalidades exigidas pelo Windows Server 2003. A floresta também precisa ser adaptada, sendo feitas alterações em algumas configurações de segurança, para que seja possível introduzir um DC com o Windows Server 2003. Felizmente você não precisa se preocupar em fazer estas alterações manualmente. No CD de instalação do Windows Server 2003 é fornecido um utilitário encarregado de fazer a preparação do schema e da floresta, para a migração para o Windows Server 2003: adprep.

Este utilitário irá extender a definição do schema (adicionará novas classes e atributos), para incluir as extensões exigidas pelo Windows Server 2003 e fazer as alterações de segurança necessárias. Este utilitário é utilizado em com os parâmetros: /forestpret e /domainprep, para fazer a preparação da floresta e de cada domínio, para a migração para o Windows Server 2003. O utilitário adprep está disponível na pasta i386 do CD de instalação do Windows Server 2003.

Para preparar a sua rede (floresta, domínios e schema), para ser migrada para o Windows Server 2003, use o comando adprep, execute os passos indicados a seguir:

1.         Execute o comando adprep /forestprep no servidor que é o Schema Master da floresta. Conforme descrito anteriormente, somente um servidor em toda a floresta, tem uma cópia do schema que pode ser alterada. Os demais servidores contém cópias somente leitura. O servidor que tem a cópia que pode ser alterada é conhecido como Schema master. O comando adprep /forestprep deve ser executado no schema master.

2.         O schema será extendido (244 novos objetos serão adicionados). As alterações feitas no schema serão replicadas do Schema Master para os demais DCs da floresta.

3.         O próximo passo é fazer a preparação do domínio. Isso é feito com o comando adprep /domainprep. Este comando deve ser executado no DC que desempenha o papel de Operations Master no domínio, em cada domínio existente na floresta de domínios.

Nota: No Capítulo 18 você aprenderá sobre os DCs que desempenham papéis especiais em um domínio e na floresta como um todo, tais como o Schema Master e o Operations Master.

Uma vez executados estes comandos, a sua rede e o Active Directory estarão prontos para que seja feita a migração para o Windows Server 2003.

Fazendo a migração dos controladores de domínio – DCs.

Feita a preparação da floresta e dos domínios, você já pode iniciar a migração dos DCs para o Windows Server 2003. O processo de migração de um DC é praticamente igual a migração de um member server. Basta inserir o CD de instalação do Windows Server 2003 no driver e seguir os passos do assistente, apenas tomando o cuidade de selecionar a opção de upgrade  não a opção de nova instalação.

Quando é feito o upgrade de um DC com o Windows 2000 Server para o Windows Server 2003, o servidor é mantido como DC e após o upgrade o Active Directory continua instalado e funcionando. Já quando você instala um novo servidor (por exemplo, suponha que o servidor de um DC antigo foi substituído por um novo equipamento), o Windows Server 2003 é instalado como Member Server. Em seguida você deve executar o comando dcpromo para instalar o Active Directory e transformá-lo em um DC. Ou seja, exatamente o mesmo processo de instalação de um DC no Windows 2000 Server.

Operation Master Roles.

O Active Directory funciona em um esquema de multi-master replication, ou seja, todos os DCs tem uma cópia completa do Active Directory, cópia esta que pode ser alterada. Alterações feitas em uma das cópias são replicadas para todas as demais. Não existe o papel do DC principal ou master, como era no caso do NT Server 4.0, onde existia o PDC (onde podiam ser feitas alterações) e os BDCs (que tinham cópias somente leitura).

Porém existem algumas funções específicas do domínio e da floresta que são executadas em um único servidor. Estas funções são conhecidas como Operations Master (OM) ou também como Flexible Single Master Operation (FSMO). O exemplo mais conhecido de OM é o Schema Master, já descrito anteriormente. No Capítulo 18 você aprenderá em detalhes sobre os Operations Maste e a função de cada um. São eles:

  • Schema Master;
  • Domain Naming Master;
  • RID Master;
  • PDC Emulator;
  • Infraestructure Master.


Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory - Curso Completo, 2100 Páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!

Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory

Curso Completo, 2100 páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!


« Lição anterior Δ Página principal ¤ Capítulos Próxima lição »

Best Sellers de Excel do Julio Battisti

Todos com Vídeo Aulas, E-books e Planilhas de Bônus!

Aprenda com Júlio Battisti:
Excel 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos - Passo a Passo

 Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 540 | Editora: Instituto Alpha

 

[Livro]: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados, Tabelas Dinâmicas, Funções Avançadas, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

Livro: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados, Tabelas Dinâmicas, Funções Avançadas, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 952 | Editora: Instituto Alpha

 

Livro: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados, Tabelas Dinâmicas, Funções Avançadas, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

Aprenda com Júlio Battisti: Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passo

 

[LIVRO]: Aprenda com Júlio Battisti: Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1124 | Editora: Instituto Alpha

 

[LIVRO]: Aprenda com Júlio Battisti: Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passo

Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 - Curso Completo - Do Básico ao Avançado, Incluindo Macros e Programação VBA - Através de Exemplos Práticos

 

[A BÍBLIA DO EXCEL]: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 - Curso Completo - Do Básico ao Avançado, Incluindo Macros e Programação VBA - Através de Exemplos Práticos Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1338 | Editora: Instituto Alpha

 

[A BÍBLIA DO EXCEL]: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 - Curso Completo - Do Básico ao Avançado, Incluindo Macros e Programação VBA - Através de Exemplos Práticos Passo a Passo

Todos os livros com dezenas de horas de vídeo aulas de bônus, preço especial (alguns com 50% de desconto). Aproveite. São poucas unidades de cada livro e por tempo limitado.

Dúvidas?

Utilize a área de comentários a seguir.

Me ajude a divulgar este conteúdo gratuito!

Use a área de comentários a seguir, diga o que achou desta lição, o que está achando do curso.
Compartilhe no Facebook, no Google+, Twitter e Pinterest.

Indique para seus amigos. Quanto mais comentários forem feitos, mais lições serão publicadas.

Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Novidades e E-books grátis

Fique por dentro das novidades, lançamento de livros, cursos, e-books e vídeo-aulas, e receba ofertas de e-books e vídeo-aulas gratuitas para download.



Institucional

  • Quem somos
  • Garantia de Entrega
  • Formas de Pagamento
  • Contato
  • O Autor
  • Endereço

  • Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda
  • CNPJ: 08.916.484/0001-25
  • Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 Universitário
  • Santa Cruz do Sul/RS
  • CEP 96816-208
  • Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2017 ®

    [LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

    APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI