NUNCA MAIS PASSE RAIVA POR NÃO CONSEGUIR RESOLVER UM PROBLEMA COM O EXCEL - GARANTIDO!

UNIVERSIDADE DO VBA - Domine o VBA no Excel Criando Sistemas Completos - Passo a Passo - CLIQUE AQUI

Você está em: PrincipalArtigos › ASP 3.0 › Capítulo 06 : 03
Quer receber novidades e e-books gratuitos?
« Lição anterior Δ Página principal ¤ Capítulos Próxima lição »
SITES DINÂMICOS COM ASP 3.0 - CURSO COMPLETO
Autor: Júlio Battisti


Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory - Curso Completo, 2100 Páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!

Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory

Curso Completo, 2100 páginas.

Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!

MAIS DETALHES | COMPRAR ESTE LIVRO


Lição 047 - Capítulo 06 - Alguns detalhes finais sobre o objeto Connection

Agora veremos mais alguns detalhes importantes sobre o objeto Connection. Conforme mostrado nos exemplos práticos, para conectar uma página ASP com uma fonte de dados, estamos utilizando os seguintes passos:

  • Criamos um objeto do tipo Connection e conectamos este objeto com uma fonte de dados, quer seja via ODBC (como nos exemplos do Capítulo 5), quer seja via OLE DB (como nos exemplos deste capítulo).
  • Criamos um objeto do tipo RecordSet e executamos uma instrução SQL. Feito isto, o objeto RecordSet conterá os dados retornados pela fonte de dados.

Uma vez obtidos os dados, utilizamos código ASP para exibir os resultados desejados. Esta metodologia funciona sem maiores problemas, porém existem alguns aspectos importantes a serem considerados, tais como o encerramento de uma conexão e o nível de acesso aos dados oferecido por uma determinada conexão.

O método Close.

O método Close é utilizado para fechar/encerrar uma Conexão e quaisquer outros objetos que sejam dependentes da conexão. Por exemplo, se criamos um objeto RecordSet que obteve dados a partir da conexão que está sendo encerrada, o objeto RecordSet também será encerrado.

A sintaxe deste método é bastante simples. Vamos supor que tenhamos criado uma conexão chamada Clientes, para encerrá-la, poderíamos utilizar o seguinte código:

<% Clientes.Close %>

Ao fecharmos um objeto, estaremos liberando os recursos computacionais que o mesmo utilizava, tais como conexões e uso do processador. Porém o objeto continua na memória, com isso podemos utilizar o método Open para abrir novamente a conexão e voltar a utilizá-la. No exemplo abaixo, fechamos o objeto Clientes e depois voltamos a abrí-lo, utilizando o método Open.

<%

      Clientes.Close

      Clientes.Open

%>

Neste caso poderíamos voltar a utilizar o objeto Clientes. Para remover um objeto, em definitivo, da memória, devemos definir o seu valor como “Nothing”, conforme indicado no exemplo:

<% Set Clientes = Nothing %>

Feito isso, somente poderemos voltar a utilizar o objeto se o mesmo for novamente criado, utilizando o seguinte código:

Set Clientes = Server.CreateObject("ADODB.Connection")

Observe que pelo fato de Clientes ser um Objeto (do tipo Connection) e não simplesmente uma variável, devemos utilizar o operador Set. Se tentássemos criar ou remover um objeto, sem a utilização do operador Set, obteremos uma mensagem de erro e a página não será exibida.

“Pool” de Conexões.

Quando um usuário fecha uma conexão, através da utilização do método Close,. Porém, conforme descrito anteriormente, esta conexão é mantida na memória e a conexão é adiciona a um “Pool” de conexões inativas. Da próxima vez que o mesmo usuário, ou qualquer outro usuário for abrir uma nova conexão, o OLE DB primeiro verifica se no Pool de conexões inativas, existe uma conexão exatamente igual ao que o usuário está solicitando. Se for encontrada uma conexão no Pool de conexões inativas, a mesma será utilizada, caso contrário uma nova conexão será criada e enviada para o usuário que solicitou.

O OLE DB mantém um Pool de conexões, porque o processo de criar uma conexão é o que mais exige recursos do Servidor Web. Sempre que uma conexão puder ser reaproveitada, a partir do Pool de conexões, estaremos economizando recursos do Servidor.

As conexões inativas não permanecem indefinidamente no Pool de conexões, após um período padrão sem utilização, as mesmas são removidas, de tal forma a não onerar os recursos do Servidor Web, sem que as mesmas estejam sendo utilizadas.

A utilização de Pool de conexões é de grande importância, principalmente para Servidores Web muito acessados, em que novas conexões estão sendo criadas e fechadas a todo instante. Neste caso o Pool de conexões representa um alívio na carga de recursos como Memória RAM e Processador.


Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory - Curso Completo, 2100 Páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!

Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory

Curso Completo, 2100 páginas.

Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!

MAIS DETALHES | COMPRAR ESTE LIVRO


« Lição anterior Δ Página principal ¤ Capítulos Próxima lição »
Quer receber novidades e e-books gratuitos?

Cursos Online

  • Banco de Dados
  • Carreira
  • Criação/Web
  • Excel/Projetos
  • Formação
  • + Todas as categorias
  • Contato: Telefone: (51) 3717-3796 | E-mail: webmaster@juliobattisti.com.br | Whatsapp: (51) 99627-3434

    Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda | CNPJ: 08.916.484/0001-25 | Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 - Universitário, Santa Cruz do Sul/RS, CEP: 96816-208

    Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2019 ®

    [LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

    APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI