[A BÍBLIA DO VBA NO ACCESS]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO ACCESS - CURSO COMPLETO

Páginas: 1164 | Autor: Júlio Battisti | 50% de Desconto e 21 Super Bônus

Você está em: PrincipalTutoriaisSergiocastro : Compactacao001
Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

FILTRO DE TUTORIAIS:




Compactação e Descompactação de Arquivos

Visão Geral

 

Imagine que você seja um produtor de algodão e necessite transportar sua safra para lugares distantes. Agora pense no trabalho que isso daria se fosse transportado de modo natural, isto é, como o algodão é colhido, iríamos precisar de grandes estruturas de transportes, ter mais gastos e levar mais tempo até que o serviço fosse concluído, tudo isso pelo grande volume e a dificuldade de movimentação do Algodão. Felizmente existe solução para este aparente problema, porque o algodão pode ser prensado (compactado) visando reduzir grandemente o seu volume e, com isso teremos um produto mais denso, consequentemente ocupando menos espaço e facilitando o transporte. Observe que o produto é compactado, mas não perde sua qualidade, pois é um processo reversível. Ao chegar ao destino, descompacta-se o Algodão, e teremos o produto igual ao seu estado inicial.

 

Há ainda produtos que precisamos apenas reuni-los em pacotes para facilitar o transporte, visto que a compactação deste é inviável, o arroz é um exemplo. Existem outros que não podem ser muito compactados, mas a pouca compactação que é feita ajuda no transporte e também na reunião destes em pacotes.

 

Com os arquivos de computadores não acontece de maneira diferente, alias, podemos fazer uma analogia das soluções em computadores e situações reais, iremos observar que a maioria das soluções digitais são procedente de soluções reais já existentes, ou seja, apenas são digitalizadas.

 

Bem, existem arquivos de computadores de vários tipos, grandes, pequenos, moderados, exageradamente grande, os que podem ser altamente compactados, pouco comprimidos ou ainda que nem modificam seu tamanho. Assim como os produtos mencionados no início, precisam ser transportados, os arquivos de computador ficam com sua utilidade limitada quando estão em apenas uma máquina, devido aos grandes serviços de redes hoje existente. Para que estes arquivos sejam compartilhados com agilidade é preciso que sejam compactados para reduzir o seu tamanho. Muitas vezes agrupar grande quantidade em um só arquivo também facilita o seu transporte, mesmo que estes não sofram grandes compactações. Um exemplo típico são os arquivos de imagens do tipo “.jpeg” e “.gif”, os quais reduzem muito pouco o seu tamanho quando compactados. Isso ocorre fato de já ser um formato de arquivo compactado, mas que facilita muito o transporte quando são agrupados.

 

Quando os arquivos são compactados ou agrupados, é criado um outro arquivo, porém este no formato compactado. Existem vários formatos de arquivos compactados ou conjunto de arquivos em um só, tais como: .zip; .rar; .cab; .ace; .arj; .bz2; .cab; .gz; .iso; .jar, entre outros, porém iremos dá atenção apenas para os dois primeiros, .zip e .rar.

 

Mas para a compactação ou descompactação de arquivos ser realizada, é preciso que alguém faça esta tarefa e, é nesta cena que entra os programas compactadores e descompactadores, que criam e gerenciam este tipo de arquivos. Assim como tem vários formatos destes arquivos, a diversidade dos programas também é enorme: WinZip, WinRAR, BraZip, WinACE, PowerArchiver, etc, no entanto trabalharemos aqui apenas com os dois mais populares, o WinZip (www.winzip.com) e o WinRAR (www.rarlab.com), nas versões 9.0 e 3.42 respectivamente.

 

Provavelmente todo internauta ao passear pela Internet já encontrou programas que apesar de saber qual a sua função só consegue utilizar suas funções básicas ou mesmo nem isto. Talvez, porque estes estão em inglês e sem manual em português. Com esse tutorial, e outros que virão, você vai poder conhecer todas as funções do WinZip e WinRAR, bem como dos arquivos Zip e RAR.

 

Sobre os formatos dos arquivos

 

Quando se fala em compressão de arquivos não se pode esquecer o formato .zip, pois este é dono de grande popularidade na Internet. Isto se deve ao fato de que o algoritmo de compressão deste tipo de arquivo não é proprietário, por isto será mais fácil você “topar” com um deles por ai, do que com seu concorrente, o .rar. Tendo em vista a questão a cima, fica mais viável você mandar um arquivo ZIP para alguém, do que um RAR, isso pode economizar esforço dos neurônios caso a pessoa não conheça esta última versão. Mas também fica a dica: você manda um link deste estudo e pronto, o problema deixa de existir.

 

Outra vantagem dos arquivos ZIP é a sua rapidez de compressão, pois geralmente são mais rápidos que os RAR. Como citado acima, por não ser proprietário o algoritmo de compressão, existe uma infinidade de programas para trabalhar com os ZIPs. Por outro lado tem as seguintes limitações:

  • Número máximo de arquivos é de 65 535.
  • Tamanho máximo do arquivo zip é de 4 Gigabytes.

Isso significa que dentro de um arquivo ZIP você vai poder adicionar no máximo 65 535 arquivos, desde que não ultrapasse o limite de 4 Gb (4096 Mb).

 

No entanto quando se trata dos arquivos RAR, pode se observar que eles oferecem mais compressão que os ZIPs, além desta vantagem pode ser observado o seguinte:

  • Suporte para arquivos multi-volumes.
  • Permite recuperação de dados fisicamente danificados.
  • Bloqueio de arquivos para prevenir modificações acidentadas.
  • Número de arquivos limitado pela memória disponível no sistema.
  • Já o limite de tamanho é praticamente ilimitado - 8.589.934.591 Gb.

O suporte a arquivos multi-volume é suportado apenas pelo formato RAR. Este tipo suporte consiste em dividir um arquivo principal em tamanhos menores e, isso é feito geralmente para adaptar os arquivos a mídias removíveis, tais como CDs e disquetes. O primeiro volume recebe a extensão .rar, o segundo .r00, o terceiro .r01, o quarto .r02, e assim em diante.

 

Além dos formatos ZIP e RAR você pode usar o módulo SFX do WinRAR ou o Self-Extracting do WinZip para criar arquivos executáveis, arquivos estes que podem ter desde configurações simples, como o título da janela, até comando para executar certas funções. A vantagem deste tipo de arquivos é que o destinatário não precisa ter o programa para descomprimi-lo, pois ele se auto-descomprime, no entanto fica um pouco maior que os formatos convencionais.

 

As tabelas a seguir mostram que os programas determinam o tempo e a taxa de compressão, em condições normais.

 

WinZip
Arquivo (em Kb) Tipo Tempo de compressão (em segundo) Arquivo comprimido (em Kb) Tipo de compressão
10.508 PDF c/ imagens 11 10.117 ZIP
104 DOC Só texto X 24 ZIP
763 BMP imagem X 37,7 ZIP

 

WinRAR
Arquivo (em Kb) Tipo Tempo de compressão (em segundo) Arquivo comprimido (em Kb) Tipo de compressão
10.508 PDF c/ imagens 6 10.114 ZIP
104 DOC Só texto X 24 ZIP
763 BMP imagem X 37,2 ZIP
         
10.508 PDF c/ imagens 50 10.103 RAR
104 DOC Só texto X 22 RAR
763 BMP imagem X 36,8 RAR

 

Observe que, quando se faz uma comparação entre WinZip e WinRAR com arquivos ZIPs, o segundo oferece uma maior taxa de compressão aliada a uma maior rapidez e ao comparar os dois formatos o RAR perde no tempo, que é de quase 5 vezes mais que o ZIP,mas ganha na compressão que visivelmente o arquivos fica bem menor.

 

Com as particularidades de cada formato citadas anteriormente fica mais fácil você definir com que tipo de arquivo irá trabalhar, ou até mesmo utilizar os dois, porém esta escolha é sua.

 

Sobre os programas

 

WinZip

 

O WinZip é o mais popular compactador/descompactador de arquivos do mundo, este pode ser baixado em www.winzip.com e usado por um período de experiência de 21 dias, após este período você precisa adquirir a licença que custa US$ 21,00.

 


Veja a interface do WinZip 9.0 SR-1 na imagem abaixo.

 

A versão 9.0 SR-1 trouxe algumas mudanças, vejamos elas:

  • Criptografia Avançada - Suporte a criptografia AES com chaves de 128 e 256 bits.
  • Suporte a extensão de 64-bits para arquivos Zips, com isso as limitações do arquivo passa a ser os recursos do sistema. Porém é recomendado usar sempre o formato de arquivo original, a menos que você necessite deste recursos.
  • Método de compressão “Enhanced Deflate”, método este que comprime o arquivo muito mais do que o método padrão, no entanto não é suportado pelas versões anteriores.
  • Suporte Anti-Vírus – O WinZip pode ser configurado para trabalhar com a maioria dos anti-vírus.
  • Anexar arquivos em e-amil – O WinZip permite que você anexe arquivos nos seus e-mails com apenas alguns clicks.
  • Quando instalado numa máquina com Windows XP pode ser usado por todos os usuários do computador.
  • Por defaut o WinZip não mostra comentários automaticamente quando se abre arquivos que contenha comentários, agilizando assim as tarefas.

Bem, estas são algumas das características do WinZip 9.0 SR-1, este programa é extremamente fácil de ser usado, você pode comprimir e descomprimir arquivos usando a interface “Classic”; “Wizard” ou ainda pelos menus de contexto no Windows Explorer.

 

A interface Classic é uma padrão e tem aparência normal como a maioria dos programas para Windows, com barra de título, de menus, de ferramentas e de status. Nesta interface você pode acessar os comandos através dos menus ou das ferramentas disponíveis. Esta interface pode ser observada na imagem de apresentação do programa, logo acima no inicio do tópico.

 

A interface Wizard é uma espécie de guia para quem não tem grande familiaridade com o programa ou quem gosta de usar assistentes. Para acessar esta interface basta você ir no menu “File” e selecionar “Wizard...”, você pode também acessar diretamente pelo atalho “Shift+W”, que serve para alternar de uma interface para outra. Veja a interface abaixo.

 


Através desta interface você pode compactar e descompactar seus arquivos seguindo opções do assistente até o processo final de sua tarefa.

 

O WinZip é um ótimo programa compactador/descompactador de arquivos, fica a seu critério o uso de uma das suas interfaces que serão ambas abordadas em detalhes nos próximos passos.

 

WinRAR

 

Após o WinZip, o WinRAR é o programa compactador/descompactador de arquivos mais utilizado, principalmente pela sua facilidade de uso e também por ter disponível uma versão em português. Este programa é distribuído na Internet (www.rarlab.com) na forma de “Shareware”, programa com um número de dias limitados para avaliação. No caso do WinRAR, sua limitação é de 40 dias e após este período é preciso adquirir uma licença que custa $29 dólares americanos, existe ainda um plano para quem deseja adquirir mais de uma licença.

 

O WinRAR quando utilizado com o formato RAR tem algumas vantagens particulares sobre os ZIPs:

  • Testar – Verifica se os arquivos não contém algum tipo de erro.
  • Localizar – Busca arquivos através de alguns parâmetros, como nome do arquivos; disco em que o arquivos se encontra e tipo de arquivo.
  • Assistente – Semelhante ao WinZip Wizard, este assistente ajuda você a fazer as tarefas básicas do WinRAR.
  • Informações – Exibe informações gerais sobre o arquivo.
  • Recuperar – Esta opção recupera arquivos danificados baseado numa função exclusiva do WinRAR, antes de usar esta opção é aconselhado usar a opção Testar que indicará se o arquivo contém erros.
  • Antivírus – Permite acessar diretamente o antivírus instalado em sua máquina, o qual verificará o arquivos atual.
  • SFX – Este módulo especial tem a função de criar arquivos auto-extraíveis contendo desde funções simples, como definir o local da extração, até definir nome para a janela de extração, ícone, atalho e execução de arquivos.

 

Interface do WinRAR 3.42 em português.

 

Além das vantagens apresentadas acima, o WinRAR, oferece um velocidade de compressão muito mais rápida do que o WinZip, quando se compara os arquivos ZIPs e uma maior compressão ao se usar o formato RAR. Estas vantagens podem ser comparadas no gráfico acima o qual mostra relação entre os formatos de arquivos.

 

Nos próximas etapas iremos ver funções específicas de cada programa.

 

Agora a tarefa é sua, os dois programas são excelentes e com algumas funções particulares, não importa qual deles você vai usar, (você pode usar até mesmo os dois) estaremos colocando informações valiosas ao seu alcance e depois disto, compactar e descompactar arquivos vai ser moleza pra você.

 

Abraços,

 

Sergio de Castro

Best Sellers de Excel do Julio Battisti

Todos com Vídeo Aulas, E-books e Planilhas de Bônus!

Aprenda com Júlio Battisti:
Excel 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos - Passo a Passo

 Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 540 | Editora: Instituto Alpha

 

[Livro]: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados, Tabelas Dinâmicas, Funções Avançadas, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

Livro: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados, Tabelas Dinâmicas, Funções Avançadas, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 952 | Editora: Instituto Alpha

 

Livro: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados, Tabelas Dinâmicas, Funções Avançadas, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

Aprenda com Júlio Battisti: Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passo

 

[LIVRO]: Aprenda com Júlio Battisti: Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1124 | Editora: Instituto Alpha

 

[LIVRO]: Aprenda com Júlio Battisti: Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passo

Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 - Curso Completo - Do Básico ao Avançado, Incluindo Macros e Programação VBA - Através de Exemplos Práticos

 

[A BÍBLIA DO EXCEL]: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 - Curso Completo - Do Básico ao Avançado, Incluindo Macros e Programação VBA - Através de Exemplos Práticos Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1338 | Editora: Instituto Alpha

 

[A BÍBLIA DO EXCEL]: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 - Curso Completo - Do Básico ao Avançado, Incluindo Macros e Programação VBA - Através de Exemplos Práticos Passo a Passo

Todos os livros com dezenas de horas de vídeo aulas de bônus, preço especial (alguns com 50% de desconto). Aproveite. São poucas unidades de cada livro e por tempo limitado.

Dúvidas?

Utilize a área de comentários a seguir.

Me ajude a divulgar este conteúdo gratuito!

Use a área de comentários a seguir, diga o que achou desta lição, o que está achando do curso.
Compartilhe no Facebook, no Google+, Twitter e Pinterest.

Indique para seus amigos. Quanto mais comentários forem feitos, mais lições serão publicadas.

Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Novidades e E-books grátis

Fique por dentro das novidades, lançamento de livros, cursos, e-books e vídeo-aulas, e receba ofertas de e-books e vídeo-aulas gratuitas para download.



Institucional

  • Quem somos
  • Garantia de Entrega
  • Formas de Pagamento
  • Contato
  • O Autor
  • Endereço

  • Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda
  • CNPJ: 08.916.484/0001-25
  • Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 Universitário
  • Santa Cruz do Sul/RS
  • CEP 96816-208
  • Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2017 ®

    [LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

    APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI