[A BÍBLIA DO VBA NO ACCESS]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO ACCESS - CURSO COMPLETO

Páginas: 1164 | Autor: Júlio Battisti | 50% de Desconto e 21 Super Bônus

Você está em: PrincipalTutoriaisJorgeasantos : Informaticaconcursos008
Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

FILTRO DE TUTORIAIS:




Informática para Concursos– 8ª Parte

Conhecimentos Básicos de Microinformática – Noções Gerais sobre Internet

 

Nesta oitava parte, prossegue com a série de tópicos sobre noções básicas de informática, bem como definições sobre o mundo tecnológico. Serão abordados assuntos tais como: computação, microinformática, noções de redes de computadores, componentes básicos dos computadores, funções dos componentes, noções de sistema operacional Windows, serviços de Internet, instalação física dos computadores, mais alguns temas que são abordados quase sempre na maioria das provas em concursos que são realizados em todo o Brasil. Você aprenderá desde saber o que é um computador até meios de transmissão de dados e redes de computadores.

Neste tutorial segue as características básicas deste mundo virtual tecnológico chamado “internet”. Serão mostrados alguns conceitos iniciais, visão geral, surgimento, algumas tecnologias de acesso à internet. Será visto as características de alguns meios de acesso a grande rede de computadores, bem como alguns equipamentos básicos para acessar a internet.

Noções Gerais sobre Internet

Visão geral

A internet é uma grande rede de redes plugadas por meio de cabos, linhas discadas (telefônicas), tecnologia de micro-ondas, satélites de comunicações e etc.

Cada rede é composta por um conjunto de computadores conectados entre si de modo que qualquer um deles possa usufruir dos recursos dos outros.

A internet atualmente conecta bilhões de pessoas por todo o mundo, fazendo com que um verdadeiro mundo digital tem vida própria e seja altamente veloz nas mudanças.

Nesta rede há milhões de máquinas que trabalham fornecendo informações, máquinas estas que estão conectadas formando um pool de computadores e são conhecidas como máquinas hospedeiras ou servidores.

Hoje pessoas, fazem as mais diversas atividades pela internet, desde compra simples a compras de automóveis, transações bancárias envolvendo bilhões de dólares. Os bancos trabalham na Internet com uma intensidade grande, assim como outros setores da economia e da sociedade, tem na internet um ponto de apoio e expansão de conhecimento e comércio.

Surgimento da Internet

Há mais de 30 anos uma empresa de consultoria americana recebeu uma tarefa de planejar e implementar um sistema de comunicação para as autoridades militares americanas, o qual deveria ter a missão de permanecer em funcionamento mesmo no caso de haver uma guerra nuclear.

O Engenheiro desta consultoria deu a seguinte solução: “Criar uma rede comunicações, em que todos os “nós”, ou seja, todos os computadores teriam o mesmo status de funcionamento."

Cada um destes “nós” poderia passar mensagens, recebê-las e até mesmo criar suas próprias mensagens. As mensagens desta empresa de consultoria iria se dividir em pacotes, cada pacote receberia um endereço separado e seria enviado para o endereço de destino. Um dado pacote faria seu próprio percurso através de rede.

Se a parte da conexão tivesse sido destruída, a portadora do pacote iria procurar outro caminho.

Por volta do ano de 1969, alguns pesquisadores implementaram o primeiro protótipo deste conceito. Tratava-se de uma rede, constituída por quatro computadores, que recebeu o nome de ARPANET. Foi por meio da ARPANET que foi utilizado o supercomputador denominado CRAY 1, que ficava situado em Boulder, Estado do Colorado – USA.

Apenas algumas pessoas usavam o CRAY 1, para fazer a computação à distância, a maioria o utilizava para enviar artigos, ficar de “fuxicos”, fazer discussões sem sentidos ou mesmo enviar correspondências diversas.

É claro que o sentido inicial desta rede chamada ARPANET, foi totalmente desviado, e os militares americanos responsáveis decidiram, então, transformar a parte militar da ARPANET em uma rede independente, que foi denominada de MILNET.

O fato é que os militares ao fazer isto, não perceberam que concretizando esta separação tornaria inútil a finalidade principal do sistema, que era de resistir a um ataque atômico.

Alguém, contudo, percebeu o erro cometido e propôs que se utilizasse o protocolo TCP/IP para viabilizar a comunicação entre a ARPANET e a MILNET.

O protocolo TCP/IP existe desde 1977, foi a partir de 1983 que este protocolo se tornou quase um padrão para as conexões entre redes. A existência deste quase padrão fez com que viesse surgir, em meados de 1988, a grande rede que se tornou a palavra INTERNET, palavra esta que já apareceria no nome do protocolo pois TCP/IP significa (Transmission Control Protocol/Inter-net Protocol.

O que é o Protocolo TCP/IP

Para enviar informações de um computador para outro, é utilizado o protocolo TCP/IP, este é protocolo central quando se usa a Internet.

Este protocolo pode ser definido basicamente em 04 etapas:

1 – A informação é empacotada em vários pacotes;

2 – Os pacotes são colocados em envelopes;

3 – Os envelopes são endereçados para um computador destino;

4 – O computador que recebe as informações faz a checagem de cada um dos pacotes e reconstrói a informação contida.

Os pacotes de dados contém as informações abaixo:

O fato é que para usar a internet, o usuário não precisa saber nada sobre o sistema do protocolo TCP/IP e suas funcionalidades.

Existe um controlador da Internet

O mundo digital chamado Internet ou a “grande rede” de computadores é administrada pela Internet Society.

Trata-se de uma organização internacional sem fins lucrativos e agentes governamentais, que faz o acompanhamento e a devida promoção da Internet, regulamentando atividades, divulgando e expandindo informações, dando sugestões em padrões de funcionamento, e etc.

Este sociedade foi fundada para estabelecer e coordenar o desenvolvimento de tecnologias de conexão entre redes.

Os membros da Internet Society são escolhidos refletindo as tendências e as amplitudes de interesses existentes na internet.

O principal foco da Internet Society é tornar a internet e as tecnologias associadas a ela disponíveis a pessoas, organizações e profissões, facilitando a colaboração entre os mais diversos setores de atividades.

Os objetivos principais da Internet Society são desenvolvimento, manutenção e evolução dos padrões da internet, gerenciamento dos processos necessários para o funcionamento da Internet e a construção de redes, harmonização das atividades internacionais para aumentar o desenvolvimento e disponibilidade da Internet, divulgação de informações relacionadas com a internet. Esta sociedade foi fundada em 1992 e fica nos Estados Unidos.

A Internet Society é ligada a outras organizações tipo: IAB (Internet Architecture Board), responsável pelas questões técnicas da rede mundial, a ICANN (Internet Corporation for Assigned Names and Numbers), responsável pelos domínios e endereços de rede, entre outros.

A fonte pagadora da Internet

A internet de uma visão bem sintética é mantida da seguinte forma:

  1. Os provedores de backbone, chamados de provedores classe A e B.
  2. Os provedores locais, chamados de provedores de classe C.
  3. Os usuários finais.

O termo “backbone” pode ser definido como redes capazes de transmitir grandes volumes de dados, e são contidos por vários computadores.

O backbone principal de toda estrutura da internet fica nos Estados Unidos, sendo mantidos por empresas.

Algumas empresas privadas e públicas mantêm os backbones secundários, pagando para pela conexão ao backbone principal.

Os provedores locais pagam para acessar os backbones secundários e, finalmente, os usuários finais pagam para os provedores locais, pelo acesso a internet.

Como se conectar a Internet?

Para acessar a grande rede de computadores “Internet”, há basicamente três alternativas:

1) Via provedores de acesso

Em quase toda cidade de porte médio, existem provedores de acesso à internet. Entre estes provedores estão as universidades, empresas de telefonia e empresas que se dedicam tão somente a fornecer acesso à internet.

Para utilizar os serviços de qualquer um destes provedores o usuário necessita de um equipamento chamado “modem”, ou uma placa PCI de fax modem, de uma linha telefônica, de um contrato assinado com o provedor e de um pacote de software, que será fornecido pelo provedor.

a – Placa PCI de fax modem

b – Fax modem

As principais vantagens do provedor são:

- suporte em todas as fases de conexão e acesso a maioria dos recursos da internet.

As desvantagens do acesso via provedor são:

- As principais desvantagens do acesso via provedor é que eles controlam seu acesso aos recursos da internet. Além disso, se for um usuário compulsivo, ou seja, que goste de navegar, os serviços do provedor podem ficar caro, pois além do pagamento da mensalidade ao provedor ainda há o consumo telefônico. A grande parte dos provedores não cobram mais por excessos de navegação, e muitos provedores são gratuitos, porém a questão de consumo telefônico é de total responsabilidade do usuário.

2) Via redes locais

Neste caso o acesso é feito via rede local de computadores de empresas, que por sua vez está conectada a internet via linha dedicada de dados ou ADSL ou a tecnologia adotada pela empresa.

Para ter esta solução é necessário o seguinte equipamento:

  1. uma placa de rede para conectar o computador a rede local com protocolo TCP/IP.
  2. configuração padrão da rede local.
  3. uma pilha TCP/IP, que configure o computador para utilizar aplicativos TCP/IP.

As vantagens do acesso via rede local:

- A principal vantagem deste tipo de acesso é velocidade, que se torna rápida, possibilitando o uso de áudio, vídeo e processamento de computação gráfica. Além, é claro, do correio eletrônico ser entregue diretamente ao computador e praticamente não haver limites de serviços usados.

As desvantagens deste acesso:

- O preço que ainda não é barato e a instalação e configuração.

De qualquer forma se o usuário tem uma empresa em qualquer lugar, ou um escritório, vale apena este tipo de acesso, pois o custo benefício é viável, e a praticidade de soluções fica mais acessível.

3) Via conexão ADSL

O termo ADSL significa (Asymmetrical Digital Subscriber Line).

O funcionamento neste tipo de conexão para a internet atua fazendo a reserva de um espaço de linha telefônica exclusivamente para o tráfego de dados.

A ADSL começou todo o processo do sistema chamado “banda larga”. Com este tipo de acesso a internet o usuário pode explorar os recursos de multimídia da internet sem restrições. Conteúdo como vídeos, jogos e músicas podem ser acessados rapidamente com a tecnologia ADSL.

Os equipamentos necessários são: uma placa de rede, um modem ADSL, uma linha telefônica que comporte este serviço, e uma assinatura do serviço junto aos provedores de acesso a internet.

 

A – modem ADSL

As vantagens do acesso via ADSL:

- principalmente a velocidade. Pode chegar a ser superior a 30 vezes a velocidade obtida pelo acesso convencional discado.

- outra grande vantagem é que a linha telefônica fica disponível para uso, por tanto não deixando o telefone ocupado na hora do uso do acesso. Na forma de acesso à internet discada o telefone fica somente para uso do serviço.

- O custo mensal é fixo, não variando conforme quantidade de horas a mais ou a menos de uso.

Este tipo de acesso vem conquistando cada vez mais adeptos e está em alta expansão, tanto usuários domésticos como empresas estão adotando este tipo de tecnologia como soluções para acesso a internet e assim tendo melhores benefícios com esta modalidade de acesso.

Nesta oitava parte do tutorial, vimos as informações iniciais sobre a grande de rede de computador chamada “Internet”. Foi mostrada sua origem, principais meios de acesso à internet, bem como suas características básicas.

Nos próximos tutoriais serão vistos mais assuntos relacionados à informática para concursos.

Até a próxima.

Livros Que O Júlio Battisti Indica:

Todos com excelentes bônus e pode parcelar no cartão!

Windows Server 2012 R2 e Active Directory

 Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 2100 | Editora: Instituto Alpha

 

[Livro]: Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

Universidade Redes

Curso Online: Universidade de Redes

 

Autor: André Stato | Carga horária: 170h

 

Curso Online: Universidade de Redes

A Bíblia do Excel

 Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1338 | Editora: Instituto Alpha

 

[Livro]: Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

Macros e VBA no Access 2010

 Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1164 | Editora: Instituto Alpha

 

[Livro]: Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

Macros e VBA no Excel 2010

 Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1124 | Editora: Instituto Alpha

 

[Livro]: Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

Universidade Java

 Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

 

Autor: Neri Zeritzke | Duração: 250h | Aulas: 1922

 

[Livro]: Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

Todos os livros com dezenas de horas de vídeo aulas de bônus, preço especial (alguns com 50% de desconto). Aproveite. São poucas unidades de cada livro e por tempo limitado.

Dúvidas?

Utilize a área de comentários a seguir.

Me ajude a divulgar este conteúdo gratuito!

Use a área de comentários a seguir, diga o que achou desta lição, o que está achando do curso.
Compartilhe no Facebook, no Google+, Twitter e Pinterest.

Indique para seus amigos. Quanto mais comentários forem feitos, mais lições serão publicadas.

Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Novidades e E-books grátis

Fique por dentro das novidades, lançamento de livros, cursos, e-books e vídeo-aulas, e receba ofertas de e-books e vídeo-aulas gratuitas para download.



Institucional

  • Quem somos
  • Garantia de Entrega
  • Formas de Pagamento
  • Contato
  • O Autor
  • Endereço

  • Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda
  • CNPJ: 08.916.484/0001-25
  • Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 Universitário
  • Santa Cruz do Sul/RS
  • CEP 96816-208
  • Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2017 ®

    [LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

    APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI